Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,132
Bovespa 74.538,54
CDI 8,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Euro R$ 3,753
Libra R$ 4,234
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do Dólar Hoje e Euro hoje


Focus: Mercado vê IPCA mais perto do centro da meta em 2017


São Paulo, 23/01 (Enfoque) –

O Banco Central divulgou mais uma edição do Relatório Focus nesta segunda-feira, a primeira edição elaborada em 2017 e com dados também de 2018. O documento reduziu a projeção do IPCA no ano de 2017 de 4,80% para 4,71%, ficando assim dentro do teto da meta do BC. Já a projeção para o final de 2018 foi de 4,50%.

As apostas do BC para a cotação do dólar apresentaram estabilidade para 2017 em R$ 3,40. Para o próximo ano, a estimativa é de R$ 3,50 . Depois da surpreendente queda da Selic na semana anterior, o mercado estima agora que a taxa deve fechar o ano a 9,50% e não mais a 9,75%. No caso de 2018, a projeção é de juros a 9,38%.

Em relação ao Produto Interno Bruto de 2017, o mercado manteve a projeção em 0,50%, sendo que também houve manutenção da taxa de crescimento de 2018, a 2,20%.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 23/01/2017 08:31:58

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

Mais lidos

Bolsa a 100 mil pontos entra no radar
Mesmo depois de ter renovado a máxima histórica, os analistas de ações não só mantêm o otimis...
Otimismo do investidor com Brasil pode ser um sonho
As ações brasileiras têm se saído muito bem neste ano. O índice Ibovespa acumula valorização ...
Ibovespa mostra força e fecha em leve queda, aos 75.974 pontos
SÃO PAULO  -  Em dia de baixa das ações do setor de siderurgia e minério de ferro em queda, o ...
Ibovespa mostra força e fecha com leve queda, aos 75.974 pontos
SÃO PAULO  -  Em dia de baixa das ações do setor de siderurgia e minério de ferro em queda, o ...
Dólar fecha próximo da máxima do dia e mantém patamar de R$ 3,13
SÃO PAULO  -  O câmbio doméstico teve desempenho marginalmente melhor que de pares emergentes n...
Juros futuros caem, com apostas de Selic abaixo do previsto pelo Focus
SÃO PAULO  -  O mercado financeiro acredita numa desaceleração da inflação ainda mais acentua...

Publicidade