Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,169
Bovespa 65.099,55
CDI 10,14% a.a
Poupança 0,5461%
Euro R$ 3,679
Libra R$ 4,118
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do Dólar Hoje e Euro hoje


Instituições financeiras esperam que Selic caia para 12,25% ao ano


São Paulo, 20/02 (Enfoque) –

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam que a taxa básica de juros, a Selic, caia dos atuais 13% ao ano para 12,25% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), marcada para esta terça e quarta-feira (22).

Com a inflação em queda e a economia em recuperação, as instituições financeiras esperam por mais cortes na taxa básica nas reuniões seguintes do Copom. Para o mercado financeiro, a Selic encerrará 2017 em 9,5% ao ano e 2018 em 9% ao ano.

A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isto gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

Estimativas para a inflação

A projeção de instituições financeiras para a inflação, neste ano, continua a cair. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu pela sétima semana consecutiva, ao passar de 4,47% para 4,43%.

A estimativa está abaixo do centro da meta de inflação, que é 4,5%. A meta tem limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2018, a estimativa para o IPCA segue em 4,5%.

A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país), este ano, foi mantida em 0,48%. Para o próximo ano, a expectativa é que a economia cresça 2,3%, a mesma estimativa da semana passada.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 20/02/2017 12:33:01

CVC - Hoteis - Finance One

Mais lidos

Bolsas de NY fecham em alta, com S&P 500 e Nasdaq em novas máximas
SÃO PAULO  -  O foco nos resultados corporativos do segundo trimestre dominou os negócios nesta ...
Recuperação no exterior faz dólar ter maior alta do mês frente ao real
SÃO PAULO  -  O dólar deu sequência ao ajuste recente e fechou em alta pelo terceiro pregão co...
Ibovespa sobe pelo terceiro pregão puxado por commodities
SÃO PAULO  -  A alta no preço das commodities fez com que o Ibovespa marcasse o terceiro pregão...
Receio sobre meta fiscal pressiona contratos longos de juros futuros
SÃO PAULO  -  As renovadas preocupações com a situação fiscal brasileira e a condução da po...
Ibovespa avança com alta de minério e petróleo; dólar passa de R$ 3,17
SÃO PAULO  -  A bolsa de valores brasileira termina a primeira etapa do expediente desta terça-f...
Ibovespa tem alta sustentada por Vale, siderúrgicas e Petrobras
SÃO PAULO  -  A bolsa de valores brasileira opera no terreno positivo nesta terça-feira, sustent...

Publicidade