Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,141
Bovespa 74.538,54
CDI 8,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Euro R$ 3,723
Libra R$ 4,227
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do Dólar Hoje e Euro hoje


Mercado de trabalho continua otimista, mas sinaliza recuperação lenta


São Paulo, 06/09 (Enfoque) –

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 1,1 ponto em agosto, atingindo 90,2 pontos, o maior patamar desde maio de 2011 (90,4 pontos). A sexta alta consecutiva do corrobora a continuidade da tendência de atenuação do ritmo de queda de pessoal ocupado na economia brasileira nos próximos meses.
 
O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) recuou -1,0 ponto em agosto, para 95,8 pontos. O gráfico da página seguinte ilustra como, apesar de aparentar favorável pelo resultado na ponta, a tendência deste indicador tornou-se incerta ao longo do ano.
“Os dados de agosto reforçam a perspectiva de geração de emprego no futuro com base no crescimento do IAEmp que atingiu níveis próximos aos de 2011. No entanto, o otimismo futuro quanto a geração de postos de trabalho não se reflete no ICD, que ilustra a situação atual do mercado de trabalho, e mostra recuperação mais lenta. O elevado nível do ICD indica que os consumidores não percebem uma melhora imediata do mercado de trabalho. Com isso, os índices continuam apresentando tendência de elevação da taxa de desemprego no curto prazo e retomada da criação de emprego no médio e longo prazo.”, afirma Fernando de Holanda Barbosa Filho, Economista da FGV/IBRE.
Destaques do IAEmp e ICD
Os componentes que mais contribuíram para a alta do IAEmp em agosto foram os indicadores que medem a grau de otimismo com a evolução dos negócios nos seis meses seguintes e o grau de satisfação com a situação atual dos negócios, ambos da Sondagem de Serviços,com variações de 9,7 e 2,9 pontos, respectivamente.
 

Em relação ao ICD, as classes de renda familiar que mais contribuíram para a queda do indicador foram as dos consumidores com rendimentos familiares mensais até R$ 2.100,00 e entre R$ 2.100,01 e R$ 4.800,00, cujo Indicador de percepção de facilidade de se conseguir emprego (invertido) variou -2,5 e -1,8 ponto, respectivamente.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 06/09/2016 08:05:18

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

Mais lidos

Ibovespa realiza lucros e cai 1,26% com piora no cenário externo
SÃO PAULO  -  O cenário internacional foi o principal motivo que levou os investidores a desenca...
Dólar sobe quase 1% e marca R$ 3,15 pela primeira vez em setembro
SÃO PAULO  -  O dólar superou o nível de R$ 3,15 pela primeira vez no mês de setembro. A alta ...
Juros futuros têm alta, sob efeito de fatos externos
SÃO PAULO  -  Os juros futuros voltaram a ter uma sessão de alta firme nesta segunda-feira. O si...
Dólar supera R$ 3,15 pela primeira vez em setembro; bolsa cai
SÃO PAULO  -  O dólar voltou a subir nesta segunda-feira (25) e chegou a tocar o patamar de R$ 3...
Dólar ronda nível de R$ 3,14 e juros operam em alta
SÃO PAULO  -  O dólar e os juros mais longos operavam em alta no fim da manhã desta segunda-fei...
Cautela na cena internacional e doméstica força correção do Ibovespa
SÃO PAULO  -  Influenciado mais uma vez pela possibilidade de correção após fortes altas, o Ib...

Publicidade