Câmio – Dólar terá dia de ajuste de olho nos EUA e no Copom


São Paulo, 02/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com desvalorização de 1,4% com a divisa encerrando a R$ ,39440, voltando assim a ficar abaixo do patamar de R$ 4,00 em um cenário positivo do ponto de vista externo e também interno.

Para hoje, a tendência indica ser de ajuste na cotação da divisa, com o clima externo misto após a queda expressiva da moeda americana na véspera. Os números do mercado externo nesta quarta-feira não permitem traçar um cenário claro para a divisa.  

Cenário Externo

A agenda desta quarta-feira reserva indicadores de destaque, como o de Vagas de Trabalho do Setor Privado e o Livro Bege. São dados importantes que podem indicar quais serão os próximos passos da autoridade monetária americana. Uma melhora os dados podem levar o banco central americano a elevar os juros.  

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, os aspectos políticos e as questões envolvendo a Operação Lava Jato podem mudar os rumos dos negócios. Destaque para a reunião do Copom, que divulgará na noite de hoje a o resultado de sua reunião.

Swap

O Banco Central agendou para esta quarta-feira (2), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Se mantiver o ritmo e vender a oferta integral até o penúltimo pregão do mês, como de praxe, o BC rolará integralmente o lote de abril, equivalente a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 02/03/2016 08:34:48

Ricardo Eletro - Finance One
LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Câmbio – Cenário externo pode levar a nova desvalorização do dólar


São Paulo, 01/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com valorização de 0,1% com a divisa encerrando a R$ 4,0010, voltando assim ao patamar de R$ 4,00 em um cenário incerto do ponto de vista externo, mas ainda positivo no interno.

Para hoje, a tendência indica ser de uma queda para a cotação da divisa, com o clima externo animando os investidores, com o desempenho das bolsas europeias e asiáticas indicando o dia favorável ao real.

Cenário Externo

A agenda desta terça-feira reserva poucos indicadores de destaque para a economia americana. Com isso, os dados da Europa e Ásia tem papel importante. No entanto, os investidores estão de olho nos dados do mercado de trabalho e no Livro Bege, que serão divulgados na quarta-feira.

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, os aspectos políticos e as questões envolvendo a Operação Lava Jato podem mudar os rumos dos negócios.

Swap

O Banco Central agendou para esta terça-feira (1), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 01/03/2016 08:25:07

Ricardo Eletro - Finance One
LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Cenário Cambial – Livro Bege e Copom ditam rumos do dólar durante a semana


São Paulo, 29/02 (Enfoque) –

No decorrer da última semana, o dólar comercial teve uma forte alta no início da semana, mas nos dias seguintes a divisa apresentou uma tendência de desvalorização, mas mesmo assim fechou o período com leve valorização de 0,1%, encerrando a R$ 3,9960.  

A semana reserva alguns indicadores de destaque da zona do euro, como o PMI industrial e também o composto, além de dados do mercado de trabalho, vendas do varejo e inflação ao consumidor. Na China, destaque para o PMI de Serviços, enquanto nos EUA as atenções estão voltadas para o Livro Bege.

No cenário local, os investidores estão atentos aos dados internacionais, mas a reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central será fundamental para que os mercado tenha uma noção mais clara dos próximos passos do BC.  

Fique de olho

29/2 – Vendas do Varejo – Alemanha
29/2 – CPI – Alemanha e Itália
29/2 – PMI Manufacturing – China
1/3 – PMI Manufacturing – zona do euro, França e Alemanha
1/3 – Taxa de Desemprego – zona do euro e Alemanha
2/3 – PPI – zona do euro
2/3 – Vagas de Trabalho no Setor Privado – EUA
2/3 – Livro Bege – EUA
2/3 – PMI Services – China
2/3 – Copom – Brasil
3/3 – Taxa de Desemprego – França
3/3 – PMI Composto – França, Alemanha e zona do euro
3/3 – Vendas do Varejo – zona do euro
4/3 – Vagas de Trabalho e Taxa de Desemprego – EUA

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 29/02/2016 08:04:59

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

Câmbio – Dia mais tranquilo no mercado externo abre espaço para nova queda do dólar


São Paulo, 26/02 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com desvalorização de 0,2% com a divisa encerrando a R$ 3,9450, permanecendo abaixo de R$ 4,00 em um cenário melhor do ponto de vista externo, mas ainda negativo e incerto no interno.

Para hoje, a tendência indica ser de uma nova queda para a cotação da divisa, com o clima externo animando os investidores, o que pode levar a divisa para uma nova desvalorização.

Cenário Externo

A agenda desta sexta-feira reserva indicadores como o do PIB do último trimestre do ano passado e também o de renda pessoal e gastos dos consumidores. A expectativa da reunião do G-20 e a cotação do petróleo também afetam os negócios.

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, os aspectos políticos e as questões envolvendo a Operação Lava Jato podem mudar os rumos dos negócios.

Swap

O Banco Central agendou para esta sexta-feira (26), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

Ao todo, a autoridade monetária já conseguiu rolar US$ 9,276 bilhões, ou cerca de 92% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 26/02/2016 08:26:26

Ricardo Eletro - Finance One
LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Câmbio – Dólar deve ter nova valorização com cenário negativo


São Paulo, 24/02 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com valorização de 0,3% com a divisa encerrando a R$ 3,9580, permanecendo abaixo de R$ 4,00 mesmo em um cenário negativo.

Para hoje, a tendência ainda de uma nova queda, com o cenário negativo persistindo para os mercados de ações por todo o mundo em meio às preocupações com a economia global e também com a queda do petróleo.  

Cenário Externo

A agenda desta quarta-feira reserva indicadores como o de vendas de casas novas. No entanto, o que pode ter influência no mercado, é o indicador dos estoques de petróleo dos Estados Unidos. Uma elevação importante das reservas americanas pode contribuir para manter a divisa no azul.

Cenário Interno

Por aqui, poucos indicadores locais podem afetar os negócios com o dólar comercial e com as bolsas. No entanto, o cenário político pode ter papel importante, com possíveis desdobramento da nova etapa da Operação Lava Jato podendo surgir a qualquer momento.

Swap

O Banco Central agendou para esta quarta-feira (24), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

Ao todo, a autoridade monetária já conseguiu rolar US$ 8,125 bilhões, ou cerca de 80% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 24/02/2016 08:26:41

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

BC realiza leilão de swap cambial às 11h30


São Paulo, 23/02 (Enfoque) –

O Banco Central agendou para esta terça-feira (23), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 23/02/2016 11:27:59

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

Câmbio – Após forte queda, terça-feira deve ser de ajustes


São Paulo, 23/02 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada de ontem queda de 2,2% com a divisa encerrando a R$ 3,9460, depois oscilar entre R$ 4,10 e R$ 4,00 nos últimos dias. O resultado da véspera foi construído devido a um cenário externo favorável, mas também por conta do pedido de prisão do marqueteiro do PT, João Santana.

Para hoje, a tendência ainda é de ajuste, não só depois da queda expressiva, mas também em decorrência de um cenário externo menos positivo, com as bolsas operando no vermelho por conta da queda da cotação do petróleo.

Cenário Externo

A agenda desta terça-feira reserva alguns indicadores de certa relevância para o mercado, com destaque para o de vendas de casas existentes e também da confiança do consumidor. Estes dados são importantes para passar ao mercado o ritmo da recuperação da economia americana.

Cenário Interno

Por aqui, sem grandes indicadores de destaque na agenda local, o dia terá as atenções voltadas aos desdobramentos da última etapa da Operação Lava Jato e da forma que isso pode impactar no governo federal. Além disso, o mercado aguarda a divulgação do IPCA-15, prévia da inflação oficial, que será divulgado na manhã de hoje.

Swap

O Banco Central agendou para esta terça-feira (23), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

Ao todo, a autoridade monetária já conseguiu rolar US$ 7,544 bilhões, ou cerca de 75% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 23/02/2016 08:37:51

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

Cenário Cambial – Moeda inicia semana buscando novo patamar


São Paulo, 22/02 (Enfoque) –

No decorrer da última semana, o dólar comercial teve uma forte tendência de valorização, chegando a se aproximar do patamar de R$ 4,10. No entanto, em seguida o movimento se inverteu a divisa voltou para casa R$ 4,00, chegando ao final da sexta-feira a R$ 4,0340. Agora, a moeda americana está buscando seu novo patamar.

A semana reserva alguns indicadores de destaque, como o caso do PMI Composto da zona do euro, e o PIB do Reino Unido e também dos EUA. São dados que podem mostrar a recuperação destas economias e indicar os próximos passos das autoridades monetárias.  

No cenário local, os investidores uma nova etapa da Operação Lava-Jato pode movimentar os negócios logo na manhã de segunda-feira. A retomada do ano legislativo pode elevar a temperatura política e afetar também as operações com a moeda americana.

Fique de olho

22/2 – PMI Composto – França, Alemanha e zona do euro
23/2 – PIB – Alemanha
23/2 – Pesquisa Ifo – Alemanha
23/2 – IPCA-15 – Brasil
25/2 – PIB – Reino Unido
25/2 – CPI – zona do euro
25/2 – Vendas do Varejo – Itália
25/2 – Pedidos de Bens Duráveis – EUA
26/2 – PIB – França
26/2 – CPI – Alemanha
26/2 – IGP-M – Brasil
26/2 – PIB – EUA

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 22/02/2016 08:07:09

Ricardo Eletro - Finance One
LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Câmbio – Após alta de quase 1%, dólar deve buscar novo patamar


São Paulo, 19/02 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada de ontem com alta de 0,9% com a divisa encerrando a R$ 4,0400, depois oscilar entre R$ 4,10 e R$ 4,00 nos últimos dias. Os ajustes após as altas nos mercados financeiros e a queda na cotação do petróleo contribuíram para o resultado.

Para hoje, a tendência ainda não é clara, com as bolsas por todo o mundo operando entre perdas e a estabilidade, mas os índices futuros de Wall Street indicando ganhos.

Cenário Externo

A agenda desta sexta-feira reserva poucos indicadores relevantes para os analistas, que é o caso do índice de preços ao consumidor. Com isso, um importante termômetro para os investidores é a cotação do petróleo e também o desempenho de outros mercados.

Cenário Interno

Mais uma vez, com poucos dados de destaque na agenda local, os fatores externos seguem ditando os rumos nos negócios por aqui. A retomada do ano legislativo deve elevar a temperatura política nos próximos dias e afetar os negócios do mercado financeiro.  

Swap

O Banco Central agendou para esta sexta-feira (19), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

Ao todo, a autoridade monetária já conseguiu rolar US$ 6,387 bilhões, ou cerca de 63% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 19/02/2016 08:37:14

Ricardo Eletro - Finance One
LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Câmbio – Após voltar a R$ 4,00, quinta-feira é dia de indefinição nos negócios


São Paulo, 18/02 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada de queda de 1,6% com a divisa encerrando a R$ 4,0040, depois de na véspera flertar com o patamar de R$ 4,10. O dia favorável no mercado de ações, com os investidores no aguardo da ata do Fomc motivou o resultado final.

Para hoje, a tendência é de ajuste, principalmente levando em consideração as altas nos mercados de ações dos últimos dias. A cautela volta à pauta, em dia com indicadores menos importantes

Cenário Externo

A agenda desta quarta-feira reserva indicadores relevantes para os analistas, como os pedidos de auxílio-desemprego e o que mede a atividade econômica no distrito do Fed da Filadélfia. Mas o que pode influenciar diretamente o rumo dos negócios no dia é o indicador dos estoques de petróleo dos EUA.

Cenário Interno

Mais uma vez, com poucos dados de destaque na agenda local, os fatores externos seguem ditando os rumos nos negócios por aqui. A retomada do ano legislativo deve elevar a temperatura política nos próximos dias e afetar os negócios do mercado financeiro.  

Swap

O Banco Central agendou para esta terça-feira (18), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

Ao todo, a autoridade monetária já conseguiu rolar US$ 5,804 bilhões, ou cerca de 57% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 18/02/2016 08:34:21

Ricardo Eletro - Finance One
LATAM - Ofertas Brasil - Finance One