Chamada de Pré Abertura – Índice Futuro BMF: +0,4% +230 pontos aos 57.630 pontos


São Paulo, 14/09 (Enfoque) –

Var.%: 0,4
Var. Ptos: 230
Valor: 57.630

Nossa previsão acima foi baseada na oscilação do Mini S&P futuro com critérios de análise técnica:

– Variação do Mini S&P Futuro desde o fechamento da sessão anterior:

Var.%: 0,2
Var. Ptos:
4,75
Valor: 2.133,50

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico intraday de 15 minutos:

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico diário:

 

Analista de Valores Mobiliários responsável:

Fausto de Arruda Botelho CFTe; CNPI

Em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 388, eu Fausto de Arruda Botelho, analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório declaro que:

1.       As análises e recomendações refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à (Enfoque).

2.       Não mantenho vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias cujos valores mobiliiários foram alvo de análise neste Relatório.

3.       A Enfoque não administra fundos, carteiras e clubes de investimentos

4.       A Enfoque não possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social de quaisquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise neste relatório.

5.       A Enfoque não está envolvida  na aquisição , alienação ou intermediação de valores mobiliários das objeto de análise neste relatório.

6.       Não sou titular, direta ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto da análise neste Relatório, que representem 5% (cinco por cento) ou mais de meu patrimônio pessoal, e não estou envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado.

7.       Nem eu nem a Enfoque recebemos remuneração por serviços prestados e não temos relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo da análise neste relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta(s) companhia(s).

8.       Minha remuneração não está, atrelada à precificação de quaisquer dos valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto de análise neste Relatório, nem às eventuais receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Enfoque com esta(s) companhia(s).

 

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 14/09/2016 08:46:03

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Chamada de Pré Abertura – Índice Futuro BMF: -0,8% -470 pontos aos 58.630 pontos


São Paulo, 13/09 (Enfoque) –

Var.%: -0,8
Var. Ptos: -230
Valor: 58.630

Nossa previsão acima foi baseada na oscilação do Mini S&P futuro com critérios de análise técnica:

– Variação do Mini S&P Futuro desde o fechamento da sessão anterior:

Var.%: -0,6
Var. Ptos:
-12,50
Valor: 2.145,50

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico intraday de 15 minutos:

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico diário:

 

Analista de Valores Mobiliários responsável:

Fausto de Arruda Botelho CFTe; CNPI

Em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 388, eu Fausto de Arruda Botelho, analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório declaro que:

1.       As análises e recomendações refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à (Enfoque).

2.       Não mantenho vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias cujos valores mobiliiários foram alvo de análise neste Relatório.

3.       A Enfoque não administra fundos, carteiras e clubes de investimentos

4.       A Enfoque não possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social de quaisquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise neste relatório.

5.       A Enfoque não está envolvida  na aquisição , alienação ou intermediação de valores mobiliários das objeto de análise neste relatório.

6.       Não sou titular, direta ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto da análise neste Relatório, que representem 5% (cinco por cento) ou mais de meu patrimônio pessoal, e não estou envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado.

7.       Nem eu nem a Enfoque recebemos remuneração por serviços prestados e não temos relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo da análise neste relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta(s) companhia(s).

8.       Minha remuneração não está, atrelada à precificação de quaisquer dos valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto de análise neste Relatório, nem às eventuais receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Enfoque com esta(s) companhia(s).

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 13/09/2016 08:22:53

CVC - Hoteis - Finance One

Pauta do Dia: Volatilidade do petróleo ameaça desempenho das bolsas


São Paulo, 13/09 (Enfoque) –

Ásia

Os principais mercados de ações da Ásia fecharam a terça-feira com ganhos seguindo a tendência do fechamento da véspera em Wall Street após um posicionamento mais cauteloso de lideranças do Federal Reserve sobre o aumento dos juros. Além disso, dados positivos da economia chinesa tranquilizaram os investidores.  

Europa

As bolsas de valores da Europa operam com ganhos modestos na jornada de hoje após um início positivo. Dados da economia chinesa e o Fed pesaram positivamente na parte da manhã. No entanto, a volatilidade do preço do petróleo acendeu uma luz de cautela para os investidores.

EUA

Os índices futuros das bolsas de valores dos EUA indicam que a terça-feira será de perdas importantes. Sem indicadores de destaque na economia americana nesta terça-feira, o dia será reservado às novas especulações a respeito da reunião do Fed na semana que vem. Qualquer sinal positivo, ou negativo, pode alimentar uma nova onda nos negócios. A parte disso, os altos e baixos dos preços do petróleo podem afetar também os mercados.

Brasil

Por aqui, a agenda econômica também é fraca, o que faz com que os investidores voltem as atenções para fora e para as questões políticas. A cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha deve abrir espaço no Congresso para a análise de importantes pontos na reforma econômica necessária para o país.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 13/09/2016 07:49:04

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Chamada de Pré Abertura – Índice Futuro BMF: -0,8% -470 pontos aos 57.730 pontos


São Paulo, 12/09 (Enfoque) –

Var.%: -0,8
Var. Ptos: -470
Valor: 57.730

Nossa previsão acima foi baseada na oscilação do Mini S&P futuro com critérios de análise técnica:

– Variação do Mini S&P Futuro desde o fechamento da sessão anterior:

Var.%: -0,6
Var. Ptos: -13,00

Valor: 2.110,00

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico intraday de 15 minutos:

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico diário:

 

Analista de Valores Mobiliários responsável:

Fausto de Arruda Botelho CFTe; CNPI

Em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 388, eu Fausto de Arruda Botelho, analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório declaro que:

1.       As análises e recomendações refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à (Enfoque).

2.       Não mantenho vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias cujos valores mobiliiários foram alvo de análise neste Relatório.

3.       A Enfoque não administra fundos, carteiras e clubes de investimentos

4.       A Enfoque não possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social de quaisquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise neste relatório.

5.       A Enfoque não está envolvida  na aquisição , alienação ou intermediação de valores mobiliários das objeto de análise neste relatório.

6.       Não sou titular, direta ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto da análise neste Relatório, que representem 5% (cinco por cento) ou mais de meu patrimônio pessoal, e não estou envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado.

7.       Nem eu nem a Enfoque recebemos remuneração por serviços prestados e não temos relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo da análise neste relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta(s) companhia(s).

8.       Minha remuneração não está, atrelada à precificação de quaisquer dos valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto de análise neste Relatório, nem às eventuais receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Enfoque com esta(s) companhia(s).

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 12/09/2016 08:42:20

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Pauta do Dia: Preocupação com Fed leva bolsas a sell-off nesta segunda-feira


São Paulo, 12/09 (Enfoque) –

Ásia

Os principais mercados de ações da Ásia fecharam a segunda-feira com perdas expressivas, com os investidores seguindo o resultado de sexta-feira em Wall Street. A grande preocupação do mercado global de ações é com a possibilidade do aumento dos juros da economia dos EUA na reunião do Federal Reserve de setembro.

Europa

As bolsas de valores da Europa operam no vermelho na jornada de hoje, seguindo assim os mercados da Ásia e levando as bolsas globais a uma segunda-feira que deve ser de sell-off, principalmente em dia de agenda fraca, com atenções voltadas para discursos de presidenrtes regionais do Fed.  

EUA

Os índices futuros das bolsas de valores dos EUA indicam que a sexta-feira será de perdas importantes. O resultado é motivado pelas especulações a respeito do futuro da taxa de juros americanas. Os primeiros dias da semana serão marcados pela ausência de indicadores de destaque. No entanto, os números da inflação, ao produtor e ao consumidor, bem como das vendas do varejo e produção industrial devem servir de parâmetro para o mercado interpretar quais serão os próximos passos do Federal Reserve.

Brasil

A agenda da semana até reserva a divulgação de importantes indicadores de inflação, mas é no cenário político em que os investidores estarão atentos. Principalmente no que se refere aos passos que serão dados pelo governo para aprovação de reformas consideradas fundamentais para a recuperação da confiança do mercado na economia brasileira.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 12/09/2016 08:04:21

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Em agosto, IPCA fica em 0,44%


São Paulo, 09/09 (Enfoque) –

Período

 TAXA
Agosto
0,44%
Julho
0,52%
Ago/15
0,22%
Acumulado no ano
5,42%
Acumulado 12 meses
8,97%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de agosto subiu 0,44% e ficou abaixo da taxa de julho (0,52%) em 0,08 ponto percentual (p.p.). O acumulado no ano (5,42%) ficou bem abaixo dos 7,06% registrados em igual período de 2015. O acumulado nos últimos doze meses (8,97%) ficou acima dos 8,74% relativos aos doze meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2015, o IPCA fora 0,22%.

Os dados completos do IPCA podem ser acessados aqui.

O grupo Alimentação e Bebidas, que de 1,32% em julho foi para 0,30% em agosto, é o principal responsável pela desaceleração do IPCA, conforme mostra a tabela a seguir.

Grupo
Variação (%)
Impacto (p.p.)
Julho
Agosto
Julho
Agosto
Índice Geral
0,52
0,44
0,52
0,44
Alimentação e Bebidas
1,32
0,30
0,34
0,08
Habitação
-0,29
0,30
-0,04
0,05
Artigos de Residência
0,53
0,36
0,02
0,01
Vestuário
-0,38
0,15
-0,02
0,01
Transportes
0,40
0,27
0,07
0,05
Saúde e Cuidados Pessoais
0,61
0,80
0,07
0,09
Despesas Pessoais
0,70
0,96
0,08
0,10
Educação
0,04
0,99
0,00
0,05
Comunicação
0,02
-0,02
0,00
0,00

O grupo dos alimentos, nas regiões pesquisadas, apresentou variações entre -0,48% e 1,26%, enquanto havia se situado entre 0,96% e 2,06% em julho. Seis das 13 localidades pesquisadas mostraram redução nos preços: Goiânia (-0,48%), Belém (-0,45%), Salvador (-0,27%), Brasília (-0,25%), Recife (-0,03%) e Porto Alegre (-0,01%).

Entre os produtos que contribuíram para conter a taxa destacam-se a batata-inglesa (-8,00%) e o feijão-carioca (-5,60%), que deram as maiores contribuições para a redução do IPCA (-0,03 p.p., ambos). Ainda assim, o feijão-carioca, que exerceu forte pressão nos os últimos meses, acumula alta de 136,57% no ano. Já a batata-inglesa aumentou 13,39% no ano. Na tabela a seguir, os principais alimentos em queda no mês de agosto:

Item
Variação (%)
Variação
Acumulada (%)
Julho
Agosto
Ano
12 meses
Cebola
-28,37
-18,46
-36,95
-56,73
Hortaliças
-5,65
-8,81
0,86
7,63
Batata-inglesa
-20,00
-8,00
13,39
43,24
Cenoura
-13,40
-5,67
-10,80
-15,53
Feijão-carioca
32,42
-5,60
136,57
160,25
Açaí
0,59
-5,53
12,24
8,98
Alho
3,54
-5,10
33,78
56,66
Óleo de soja
-2,06
-1,91
5,92
16,43
Pão doce
1,01
-1,38
5,71
8,27
Carnes
-0,69
-0,86
-2,04
3,28
Pescado
-0,63
-0,61
0,28
6,49

Entre os alimentos em alta (tabela abaixo), o destaque ficou com o item frutas, que aumentou 4,94% e deu a contribuição positiva mais significativa para o índice do mês (0,05 p.p.).

Item
Variação (%)Variação
Acumulada (%)
Julho
Agosto
Ano
12 meses
Feijão-fradinho
14,72
11,27
57,87
70,05
Leite condensado
9,87
10,23
40,03
40,65
Leite em pó
5,26
7,40
20,65
20,56
Tomate
-0,28
5,76
-14,57
2,37
Frutas
-3,28
4,94
14,65
25,36
Manteiga
5,72
4,46
58,83
70,56
Feijão-mulatinho
18,89
3,40
126,66
129,95
Queijo
2,34
3,29
12,15
13,75
Arroz
4,68
2,92
14,35
24,85
Café da manhã
2,32
2,87
9,48
13,02
Feijão-preto
41,59
2,82
89,91
94,42
Leite longa vida
17,58
2,52
52,74
47,67
Café moído
0,90
2,46
13,77
19,87
Pão de forma
0,98
2,26
12,84
21,48
Cafezinho
2,52
1,87
11,66
15,35
Açúcar refinado
3,38
1,85
21,46
53,21
Açúcar cristal
1,69
1,72
17,87
51,81
Outras bebidas alcoólicas
1,08
1,41
8,05
12,67
Chocolate em barra e bombom
3,48
1,38
20,68
24,23
Iogurte
0,89
1,21
11,51
11,00
Suco de frutas
-0,10
0,99
5,38
9,51
Refrigerante fora
-0,02
0,84
6,22
10,02
Lanche fora
0,72
0,69
7,64
9,22
Biscoito
0,51
0,67
6,63
9,05
Carnes industrializadas
0,74
0,50
4,78
5,71

Além de Alimentação e Bebidas (de 1,32% em julho para 0,30% em agosto), outros três grupos, dos nove pesquisados, mostraram desaceleração: Artigos de Residência (de 0,53% para 0,36%), Transportes (de 0,40% para 0,27%) e Comunicação (de 0,02% para -0,02%). A desaceleração do grupo Transportes se deve, em grande parte, às passagens aéreas, com queda de 3,85% em média. Os preços das passagens aéreas recuaram em 10 das 13 regiões pesquisadas e as três exceções foram Rio de Janeiro (7,50%), Belo Horizonte (6,15%) e Brasília (3,11%).

Entre os grupos em aceleração, Educação (0,99%) e Despesas Pessoais (0,96%) foram os mais elevados. Educação refletiu o resultado apurado na coleta realizada em agosto a fim de captar a realidade dos preços praticados no segundo semestre do ano letivo. Os cursos regulares tiveram variação de 0,95%, enquanto os cursos diversos (informática, idioma, etc.) apresentaram alta de 1,14%.

As diárias de hotel (11,58%) foram destaques no grupo Despesas Pessoais. Isto se deve ao aumento de 111,23% registrado na região metropolitana do Rio de Janeiro, devido à Olimpíada ocorrida em agosto.

Quanto aos índices regionais (tabela abaixo), o maior foi registrado na região metropolitana do Rio de Janeiro, com 1,00%, pressionado pela alta de 111,23% nas diárias dos hotéis, além de 0,90% nos alimentos, bem acima da média nacional (0,30%). O menor índice foi o de Recife (-0,09%), sob influência do item energia elétrica (-4,01%), que refletiu a redução das alíquotas de PIS/COFINS. O recuo da gasolina (-3,16%) também contribuiu.

Região
Peso Regional (%)
Variação (%)
Variação acumulada (%)
Julho
Agosto
Ano
12 meses
Rio de Janeiro
12,06
0,50
1,00
6,04
9,86
Vitória
1,78
0,57
0,68
4,47
8,38
São Paulo
30,67
0,33
0,55
5,19
8,84
Fortaleza
3,49
0,65
0,54
6,67
11,03
Porto Alegre
8,40
0,57
0,37
6,13
9,50
Belo Horizonte
10,86
0,63
0,30
5,88
8,50
Goiânia
3,59
0,81
0,29
4,95
9,30
Brasília
2,80
0,53
0,25
3,57
8,15
Belém
4,65
0,73
0,24
5,84
9,96
Curitiba
7,79
0,10
0,24
4,00
7,59
Campo Grande
1,51
0,74
0,18
5,26
8,57
Salvador
7,35
0,92
0,08
5,88
9,10
Recife
5,05
0,79
-0,09
5,28
8,27
Brasil
100,00
0,52
0,44
5,42
8,97

O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília. Para cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados entre 29 de julho a 30 de agosto de 2016 (referência) com os vigentes entre 30 de junho a 28 de julho de 2016 (base).

INPC fica em 0,31% em agosto

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC apresentou variação de 0,31% em agosto e ficou abaixo da taxa de 0,64% de julho em 0,33 p.p.. Com este resultado o acumulado no ano foi para 6,09%, bem menos do que os 7,69% registrados em igual período do ano anterior. Considerando os últimos doze meses, o índice está em 9,62%, pouco acima dos 9,56% relativos aos doze meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2015 o INPC fora de 0,25%.

Os produtos alimentícios tiveram alta de 0,28% em agosto enquanto em julho a variação foi de 1,63%. O agrupamento dos não alimentícios ficou com variação de 0,32% em agosto, acima da taxa de 0,18% de julho.

Dentre os índices regionais (tabela abaixo), o maior foi o de Vitória (0,76%), sob pressão da alta na taxa de água e esgoto (9,89%), reajustada em 10,78% a partir de 1º de agosto. O menor índice foi o de Recife (-0,07%), sob influência do item energia elétrica (-4,08%), que refletiu a redução das alíquotas de PIS/COFINS.

Região
Peso Regional (%)
Variação mensal (%)
Variação acumulada (%)
Julho
Agosto
Ano
12 meses
Vitória
1,83
0,56
0,76
5,43
9,18
Fortaleza
6,61
0,66
0,58
6,83
11,35
Rio de Janeiro
9,51
0,60
0,57
6,47
10,15
São Paulo
24,24
0,47
0,46
6,27
9,71
Porto Alegre
7,38
0,66
0,28
6,52
9,93
Curitiba
7,29
0,04
0,26
4,34
7,84
Belo Horizonte
10,60
0,72
0,25
6,30
8,80
Goiânia
4,15
1,03
0,25
5,37
10,03
Belém
7,03
0,76
0,23
6,22
10,29
Campo Grande
1,64
0,79
0,16
5,40
9,16
Salvador
10,67
0,93
0,06
6,65
9,86
Brasília
1,88
0,46
0,05
3,52
8,60
Recife
7,17
0,92
-0,07
5,89
8,99
Brasil
100,00
0,64
0,31
6,09
9,62

Para cálculo do índice de agosto foram comparados os preços coletados entre 29 de julho a 30 de agosto de 2016 (referência) com os preços vigentes entre 30 de junho a 28 de julho de 2016 (base). O INPC é calculado pelo IBGE desde 1979, se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 05 salários mínimos, sendo o chefe assalariado, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 09/09/2016 09:03:45

CVC - Hoteis - Finance One

Reserva Cambial – Posição consolidada em 6/9: US$ 378.250 milhões


São Paulo, 09/09 (Enfoque) –

As reservas cambiais do Brasil registraram na terça-feira (6) posição consolidada de US$ 378.250 milhões, sendo que segunda-feira (5) a posição era de US$ 377.376 milhões. A variação foi positiva em US$ 257 milhões. Confira o gráfico:

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 09/09/2016 08:49:06

CVC - Hoteis - Finance One

Chamada de Pré Abertura – Índice Futuro BMF: -0,5%, -300 pontos aos 60.500 pontos


São Paulo, 09/09 (Enfoque) –

Var.%: -0,5
Var. Ptos:300
Valor: 60.500

Nossa previsão acima foi baseada na oscilação do Mini S&P futuro com critérios de análise técnica:

– Variação do Mini S&P Futuro desde o fechamento da sessão anterior:

Var.%: -0,3
Var. Ptos:
-6,0
Valor: 2.171,25

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico intraday de 15 minutos:

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico diário:

 

Analista de Valores Mobiliários responsável:

Fausto de Arruda Botelho CFTe; CNPI

Em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 388, eu Fausto de Arruda Botelho, analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório declaro que:

1.       As análises e recomendações refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à (Enfoque).

2.       Não mantenho vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias cujos valores mobiliiários foram alvo de análise neste Relatório.

3.       A Enfoque não administra fundos, carteiras e clubes de investimentos

4.       A Enfoque não possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social de quaisquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise neste relatório.

5.       A Enfoque não está envolvida  na aquisição , alienação ou intermediação de valores mobiliários das objeto de análise neste relatório.

6.       Não sou titular, direta ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto da análise neste Relatório, que representem 5% (cinco por cento) ou mais de meu patrimônio pessoal, e não estou envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado.

7.       Nem eu nem a Enfoque recebemos remuneração por serviços prestados e não temos relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo da análise neste relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta(s) companhia(s).

8.       Minha remuneração não está, atrelada à precificação de quaisquer dos valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto de análise neste Relatório, nem às eventuais receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Enfoque com esta(s) companhia(s).

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 09/09/2016 08:38:57

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Pauta do Dia: Cena externa negativa e IPCA determinam rumos das bolsas


São Paulo, 09/09 (Enfoque) –

Ásia

Os principais mercados de ações da Ásia fecharam a sexta-feira com perdas em meio as notícias de novos testes nucleares realizados pela Coreia do Norte. As informações dão conta que a magnitude do exercício realizado pelos norte-coreanos superaria até mesmo o da bomba de Hiroshima.

Europa

As bolsas de valores da Europa operam no vermelho nesta sexta-feira, com os investidores ainda decepcionados com a ausência de uma atitude mais efetiva do Banco Central Europeu de conter os sinais de desaceleração da economia americana. Além disso, a queda da cotação do petróleo em queda prejudica o rumo dos negócios.

EUA

Os índices futuros das bolsas de valores dos EUA indicam que a sexta-feira será de perdas importantes, em meio a um cenário negativo vindo da Ásia e da Europa. Além disso, a agenda do dia não traz indicadores de destaque, o que faz com que as atenções se voltem para outros mercados.

Brasil

A agenda econômica desta sexta-feira traz como principal destaque a divulgação dos números do IPCA de agosto. No campo político, o governo do presidente Michel Temer começa a testar suas forças com a apresentação da proposta de reforma trabalhista e da previdência social.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 09/09/2016 08:34:58

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Chamada de Pré Abertura – Índice Futuro BMF: +0,2% +120 pontos aos 60.950 pontos


São Paulo, 08/09 (Enfoque) –

Var.%: +0,2
Var. Ptos: +120
Valor: 60.950

Nossa previsão acima foi baseada na oscilação do Mini S&P futuro com critérios de análise técnica:

– Variação do Mini S&P Futuro desde o fechamento da sessão anterior:

Var.%: +0,0
Var. Ptos: +0,75

Valor: 2.185,75

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico intraday de 15 minutos:

Veja como se comportou o Mini S&P desde o fechamento da sessão anterior no gráfico diário:

 

 

Analista de Valores Mobiliários responsável:

Fausto de Arruda Botelho CFTe; CNPI

Em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 388, eu Fausto de Arruda Botelho, analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório declaro que:

1.       As análises e recomendações refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à (Enfoque).

2.       Não mantenho vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias cujos valores mobiliiários foram alvo de análise neste Relatório.

3.       A Enfoque não administra fundos, carteiras e clubes de investimentos

4.       A Enfoque não possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social de quaisquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise neste relatório.

5.       A Enfoque não está envolvida  na aquisição , alienação ou intermediação de valores mobiliários das objeto de análise neste relatório.

6.       Não sou titular, direta ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto da análise neste Relatório, que representem 5% (cinco por cento) ou mais de meu patrimônio pessoal, e não estou envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado.

7.       Nem eu nem a Enfoque recebemos remuneração por serviços prestados e não temos relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo da análise neste relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta(s) companhia(s).

8.       Minha remuneração não está, atrelada à precificação de quaisquer dos valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto de análise neste Relatório, nem às eventuais receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Enfoque com esta(s) companhia(s).

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 08/09/2016 08:26:38

CVC - Hoteis - Finance One