Câmbio – PEC, PIB dos EUA e balanços movimentam negócios com o dólar


São Paulo, 24/10 (Enfoque) –

O dólar encerrou a terceira semana de outubro acumulando nova desvalorização, desta vez de 1% e encerrando assim negociado a R$ 3,1680. O cenário local positivo foi o que mais influenciou a queda no preço da divisa, em um período em que o Ibovespa teve ganhos de quase 4%.

Para a última semana do mês, o destaque fica para o início da temporada de balanços corporativos, além de importantes aspectos políticos tanto no cenário local, quando nos Estados Unidos, com a proximidade das eleições presidenciais.

Mercado Externo

A semana tem alguns indicadores de destaque que merecem a atenção do mercado como um todo. Além dos resultados trimestrais das empresas, o mercado terá conhecimento da primeira prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre do ano. O indicador é o último grade que deve ser analisado pelo Fomc.

Mercado Interno

Os cinco dias que virão deve ser de bastante agitação na cena local. Entre os pontos que o mercado aguarda com ansiedade estão a ata da reunião do Copom, que mostrará como o Banco Central enxerga o atual momento, bem como importantes votações em Brasília, em especial da PEC do Teto. Atenção também para o balanço da Vale.

Swap

O Banco Central realiza nesta segunda-feira mais uma sessão de leilão de swap cambial reverso. A operação está marcada para as 9h30 e tem período de duração de 10 minutos. Ao todo, serão oferecidos até 5 mil contratos, com vencimentos em novembro e dezembro de 2016 e janeiro de 2017.

Reserva Cambial                 

As reservas cambiais do Brasil registraram na quinta-feira (20) posição consolidada de US$ 375.969 milhões, sendo que quarta-feira (19) a posição era de US$ 376.453 milhões. A variação foi negativa em US$ 484 milhões. Confira o gráfico:

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 24/10/2016 08:12:57

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)