Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,169
Bovespa 68.714,65
CDI 9,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Euro R$ 3,715
Libra R$ 4,057
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do Dólar Hoje e Euro hoje


Retorno do otimismo melhora resultados do mercado de trabalho


São Paulo, 06/02 (Enfoque) –

Após recuar 3,1 pontos em dezembro, o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 5,6 pontos em janeiro, alcançando 95,6 pontos, o maior nível desde maio de 2010 (98,7 pontos). Na métrica de média móveis trimestrais, o indicador avançou 0,9 ponto.
 
Com uma evolução também favorável no mês, o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) recuou 1,0 ponto em janeiro, para 103,6 pontos. A queda interrompeu a sequência de quatro altas consecutivas, mas foi insuficiente para alterar a tendência de alta do indicador em médias móveis trimestrais.
 
“Os resultados do IAEmp foram puxados por um retorno do otimismo na indústria quanto ao futuro. Devem estar relacionados ao ciclo de redução da taxa de juros iniciado no ano passado pelo BACEN e que ganhou força neste início de ano, devendo contribuir para uma aceleração cíclica da economia mais adiante, ao longo do ano. A queda observada no ICD representa uma estabilidade em um nível ainda elevado, enfatizando a situação difícil do mercado de trabalho atual. A possível melhora da economia no futuro ainda não parece influenciar a percepção de dificuldade atualmente presente no mercado de trabalho brasileiro”, afirma Fernando de Holanda Barbosa Filho, Economista da FGV/IBRE.
Destaques do IAEmp e ICD
Os componentes que mais contribuíram para a alta do IAEmp foram os indicadores que medem a expectativa com situação dos negócios para os próximos seis meses e o ímpeto de contratações nos próximos três meses, ambos da Sondagem da Indústria, com variações de 11,1 e 10,9 pontos, respectivamente.
 
Em relação ao ICD, a classe do consumidor que mais contribuiu para a queda do indicador foi o grupo dos consumidores que auferem renda mensal familiar entre R$ 4.800,00 e R$ 9.600,00, cujo Indicador de percepção de facilidade de se conseguir emprego (invertido) recuou 4,6 pontos.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 06/02/2017 08:15:56

Ricardo Eletro - Finance One
CVC - Hoteis - Finance One

Mais lidos

Bolsas de NY fecham sem direção única
SÃO PAULO  -  Na ausência de catalisadores para mudar o tom geral dos mercados, as referências ...
Real amarga pior desempenho no mundo com incertezas locais
SÃO PAULO  -  O dólar começou a semana em firme alta contra o real, que teve o pior desempenho ...
Ibovespa não consegue sustentar os 69 mil pontos e fecha em queda
SÃO PAULO  -  Em um dia de fraco volume financeiro, o Ibovespa não teve forças para sustentar o...
Juros futuros longos sobem na véspera de votação da TLP
SÃO PAULO  -  O mercado de juros futuros da B3 teve uma segunda-feira mais agitada que a média. ...
Ibovespa avança para nível de fevereiro; dólar reverte queda
SÃO PAULO  -  O Ibovespa voltou a oscilar nesta segunda-feira (21) ao redor dos 69 mil pontos, n...
Morre Luiz Cantidiano, ex-presidente da CVM
O ex-presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Luiz Leonardo Cantidiano, morreu neste d...

Publicidade