Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

10 profissões em alta para 2019, segundo a Catho

Escrito por: Rafael Massadar em 19 de março de 2019

O site de recrutamento Catho divulgou a lista de profissões em alta para 2019. Uma relação importante devido aos efeitos da crise econômica que tem deixado o mercado de trabalho retraído e sem muitas perspectivas.

Afinal, dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) mostram que o Brasil iniciou o ano com alta na taxa de desemprego.

São 12,7 milhões de pessoas fora do mercado de trabalho, diz o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No entanto, com a melhora da perspectiva econômica para este ano, as empresas devem ter condições de retomar projetos e expandir suas atividades. Consequentemente, abrindo novas vagas.

É o que preveem diretores especializados em recrutamento.

Entretanto, o cenário não é nada animador. O avanço na criação de postos de trabalho será lento. A avaliação é da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Ainda de acordo com a organização, a taxa de desemprego no Brasil pode cair para 12,2%. Já em 2020, essa taxa seria de 11,7%.

10 profissões em alta para 2019

Impactos da tecnologia e as tendências de carreiras

Na lista das 10 profissões em alta para 2019 do site Catho, é perceptível a influência da tecnologia. Nesse sentido, novas e mais funções surgem no mercado de trabalho.

Portanto, uma dica para os profissionais que desejam entrar no mercado de trabalho é buscar atualização constante.

Acompanhe as tendências e desenvolva habilidades que vão além da competência técnica de suas profissões.

Além de se preparar melhor, o profissional do futuro precisa estar pronto para se adaptar às novas relações de trabalho.

Afinal, aspectos como liderança, inovação, mindset criativo e competências de gestão são cada dia mais demandados pelas empresas.

As 10 profissões em alta em 2019

10 profissões em alta para 2019

O levantamento do site Catho foi feito de acordo com a análise da base de dados da empresa. Teve como base, ainda, pesquisas conduzidas por recrutadores sobre as áreas com mais contratações previstas para 2019.

Portanto, confira, na sequência, o porquê das 10 profissões em alta em 2019 e suas respectivas médias salariais.

Tecnologia da Informação

1 – Analista Desenvolvedor Mobile

Esse profissional atua ativamente no desenvolvimento e planejamento dos recursos de diversos aplicativo. Desde sua implantação de arquitetura até a configuração de testes.

Não por acaso é uma das profissões em alta para 2019.

Dentre as graduações desejadas para essa área estão a de Ciência da Computação, Matemática, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, dentre outras.

A grande demanda por esse profissional é atribuída ao aumento de startups e o desenvolvimento de aplicativos. Portanto, cada vez mais empresas estão buscando cada vez mais inovações para suas marcas.

Média Salarial: entre R$ 3 mil e R$ 6 mil.

2 – Programador Front-end

Os profissionais dessa área devem estar alinhados com as novas tendências do segmento, como bibliotecas e frameworks.

Isso porque são responsáveis pelo design, conteúdo e funcionalidade da camada frontal de um site.  Eles estão em alta por causa do número cada vez maior de sites espalhados pela internet.

Portanto, a necessidade por um desenvolvedor front-end são ilimitadas e consta na lista das 10 profissões em alta para 2019.

O que também significa que esse profissional é desejado para as mais diversas áreas, dentre elas agências de marketing, estúdios de design gráfico, empresas de software e engenharia, dentre outras.

Além disso, muitos acabam optando por ser tornarem autônomos, o que dá mais flexibilidade para área.

Média Salarial: entre R$ 2 mil e R$ 5 mil.

3 – Engenheiro de Inteligência Artificial

Com base em cálculos que recriam a decisão do cérebro, esse profissional coleta dados, identifica padrões e insere as informações no sistema, dando vida a uma ferramenta que “entende” tudo sobre o seu usuário.

Portanto, com a aplicação de Inteligência Artificial em vários nichos de mercado, principalmente nas áreas de domínio industrial, as empresas têm buscado operar em diferentes vertentes, aderindo ao conceito de personalização.

Média Salarial: entre R$ 6 mil e R$ 10 mil.

Saúde e Farmácia

4 – Bioinformacionista

O profissional dessa área é identificado como um verdadeiro profissional do futuro quando se trata da área da saúde.

Atuante na prevenção de doenças genéticas e cumprindo papel importante nos estudos relacionados à reprodução humana, para se aprofundar nessa área é necessário uma imersão no mundo dos estudos.

Dentre os campos de atuação da área da genética está o sequenciamento de DNA, método de trabalho onde é possível destrinchar várias características biológicas de uma pessoa.

Desta forma, a área se mostra em alta justamente porque atua na compreensão de problemas e no desenvolvimento moderno e preciso de tratamentos de remédios.

Média Salarial: entre R$ 4 mil e 7 mil.

Agronegócio

5 – Agricultor Urbano

O profissional dessa área cultiva alimentos orgânicos em espaços urbanos. Portanto, se tornando uma ótima alternativa para o abastecimento de alimentos nas cidades. Dentre as formações desejadas para essa essa área estão cursos como agronomia, biologia ou até mesmo engenharia de alimentos, considerado um diferencial.

Mas do que isso, a área pede o uso da prática e mão na massa. Ainda é necessário conhecimentos e domínio na utilização de alguns recursos tecnológicos como drones, sistema de análise de clima e de automação. Além de padrões estatísticos e big data para a produção em espaços maiores.

Média Salarial: entre R$ 3 mil e R$ 5 mil.

Comunicação e Marketing

6 – Analista de Marketing digital

Com a migração do offline para online, crescente dos últimos anos, com destaque para a ascensão do comércio eletrônico, faz, cada vez mais, com que as empresas precisem estar na internet para atingir seu público e vender mais.

A função básica nessa área está ligada ao desenvolvimento de estratégias de marketing e identidade visual de empresas.

Além disso, esses profissionais fazem a prospecção de budget para implementação de ações. Portanto, a definição de posicionamento das marcas e de canais de comunicação específicos para cada público para campanhas de produtos e serviços.

Média Salarial: entre R$ 2 mil e R$ 4 mil.

7 – Designer gráfico

O profissional atua desenvolvendo diversas soluções de design e comunicação visual pode atuar em agências de publicidade, design, comunicação e marketing, ou até mesmo, de forma autônoma.

Portanto, em um mundo cada vez mais visual, empresas contratam esses profissionais para inserir sua marca no mercado e nos clientes.

Além disso, com a presença de consumidores cada vez mais exigentes, é imprescindível a presença de uma boa apresentação de produto, seja no âmbito digital ou físico.

O que garante a contratação em pequenas, médias e grandes empresas, além de uma posição entre as profissões em alta para 2019.

Média Salarial: entre R$ 1 mil e R$ 5 mil.

Recursos Humanos

8 – Employer Branding

Esse profissional se torna responsável por recrutar colaboradores e identificar os melhores talentos para o compor o time de uma empresa.

Ele também é responsável por fixar uma identidade capaz de reter talentos, estabelecendo a empresa como um lugar em que as pessoas desejam trabalhar.

Média Salarial: de R$ 4 mil a R$ 8 mil.

Direito

9 – Advogado digital

Em tempos de virtualidade surgem também novas demandas de trabalho, é o caso do advogado digital.

Ele é responsável por atuar de acordo com a aplicação da lei no que diz respeito a crimes cibernéticos.

O mercado já tem observado essa modernização no que diz respeito a peticionamentos eletrônicos, intimações via aplicativos mensagens instantâneas, dentre outras ferramentas.

Por isso, consta entre as 10 profissões em alta para 2019.

Média Salarial: entre R$ 4 mil e R$ 7 mil.

Engenharia

10 – Engenheiro bioenergético

Responsável por executar trabalhos voltados a biocombustíveis e bioenergia, conhecidas também como energias alternativas.

Ele está na lista das 10 profissões em alta para 2019 por causa da preocupação cada vez mais maior com as formas que utilizamos as energias fornecidas pela natureza.

Tendo em vista que o Brasil é uma país rico em fontes energéticas, o mercado para essa área se encontra em grande expansão.

O profissional de bioenergias explora energias como a eólica, solar, marítima, geométrica, dentre outras.

Média Salarial: entre R$ 4 mil e R$ 9 mil.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

calcular o valor do 13º salário
Como cancelar compra com cartão de crédito?
Black Friday chegando: como não cair em ciladas
financiamento estudantil
Nubank lança cartão de débito - Cartão de débito Nubank