Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

6 dicas para sair do vermelho

Escrito por: Redação em 17 de novembro de 2017

6 dicas para sair do vermelho

Há casos em que a gente só enxerga o buraco depois que ele passa do pescoço. Parece tarde para reagir, mas não é. Com essas 6 dicas, veja como sair do vermelho.

Infelizmente esse é um mal que aflige boa parte da nossa população. A falta de instrução financeira nas casas brasileiras acarreta danos maiores para o futuro de uma casa. O acúmulo de dívidas, no característico efeito bola de neve, representam esta situação em que a pessoa se encontra estagnado financeiramente por falta de planejamento.

Saindo do vermelho da melhor forma
Saindo do vermelho da melhor forma

Até existe alguns meios que podem te ajudar a evitar situações como essa , mas muitas vezes é tarde de evitar a avalanche e o jeito é pensar como sair do vermelho. Se você quer abandonar este estado e não sabe como, siga esse post que certamente terá a prosperidade de volta.

1. Se entenda

A primeira parte é a mais difícil, a iniciativa. Aqui é a hora de agir e analisar o quão grave está o seu caso. É bom você visualizar tudo que está devendo, em ordem crescente, para quem está devendo e a quanto tempo. Tudo que é gasto entra na lista, inclusive os menores.

2. Planejamento salva-vidas

Gostamos de chamar assim porque é literalmente isso. Depois de sair de uma situação de dívidas em série que atormentam a sua vida, se torna outra pessoa. Nesta etapa irá traçar os planos de mudança se baseando no orçamento financeiro pessoal ou da família. Aqui tudo, extremamente tudo, é levado em conta para pode enxergar no que poderá economizar e deixar consumir por um tempo. Algumas empresas ajudam pessoas a sair da situação de débito.

3. Comece por cima

Nesses momentos de quitação de despesas, é melhor escolher as dívidas mais robustas. Normalmente, esses valores mais altos que se devem são os que possuem maior taxa de juros. Quanto mais tempo passar devendo, mais vai aumentar a quantia a se pagar.

4. Negociando

Se você está no vermelho é porque algo saiu do controle. Então é muito capaz que não tenha dinheiro logo para quitar tudo. Para isso é muito importante ter uma conversa com seu credor afim de renegociar o pagamento. Todo credor quer o seu dinheiro de volta, então para ele não interessa muito como vai pagar e sim quando. Empréstimos podem ser opção como pagamento também. Vale dever a um empréstimo com juro mais baixo do que a outro valor mais antigo de juros maior.

5. Reorganizando sua vida

Retornando a vida comum (sim, é um peso enorme tirado das costas), você precisa traçar seu futuro para que não caia no erro novamente. Hábitos de consumo precisam ser revistos. Evite compras parceladas, estatísticas indicam que esse método está ligado com grandes dívidas. Investir dinheiro com responsabilidade podem potencializar suas finanças.

6. Reserva

Por fim, ter uma reserva de emergência evita que acidentes o prejudiquem tanto. Ter uma grana guardada para situações extraordinárias é um jeito e tanto de se prevenir. Adote a ideia!

Fique ligado nas dicas e informações que passamos aqui no FinanceOne. Com um pouco de finanças pessoais é possível economizar muito.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Salário mínimo
C6 Bank é o mais novo banco digital do Brasil
Open Banking
Crise na Argentina
pib