Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Ainda sob pressão da crise europeia, bolsas fecham semana em alta

Escrito por: Redação em 14 de maio de 2010

Depois de um início de mês bastante tumultuado, com as bolsas de todo o mundo despencando com a crise grega, a semana começou com tranquilidade nos mercados financeiros. Tudo por conta de um pacote de 750 bilhões de euros anunciados pelos países da União Européia para proteger a economia de seus membros.

Além disso, economias vistas como possíveis vítimas de uma crise semelhante à grega se anteciparam e anunciaram cortes bilionários nos gastos. Foi o que aconteceu inicialmente com a Espanha e no dia seguinte com Portugal. Essas medidas serviram para tranqüilizar o mercado.

Outra preocupação dos investidores durante a semana foi com a questão política no Reino Unido. A derrota do trabalhista Gordon Brown fez com que o primeiro-ministro renunciasse ao cargo. Com isso, os conservadores voltaram ao poder após mais de uma década.

Porém, na sexta-feira os mercados voltaram a operar pressionados por conta da crise grega.


Mercado Interno

Por aqui, o destaque fico para a expectativa do forte crescimento da economia brasileira em 2010. Alguns economistas e bancos chegam a apostar em avanço de 7%. No relatório Focus, divulgado pelo Banco Central na segunda-feira, a projeção é de alta de 6,26%. Com isso, o governo já anunciou corte de quase R$ 10 bilhões no orçamento.

Ainda no Focus, houve uma nova projeção do resultado do IPCA para o final do ano. A inflação oficial já se distanciou do centro da meta. No caso do dólar e da Selic, os dados ficaram praticamente inalterados em relação à pesquisa anterior.

Entre os índices de inflação, destaque para a primeira parcial do IGP-M, que avançou no início de maio para 0,47%, contra resultado de 0,27% registrado no mesmo período de abril. Com isso, a índice que corrige a maior parte dos contratos de aluguel segue em elevação. Outra prévia do indicador, o IGP-10, teve variação de 1,10%.

Com esse cenário, o principal índice da bolsa paulista, o Ibovespa, acumulou ganhos de 0,8% na semana e encerrou aos 63.412 pontos. Confira o comportamento do índice no gráfico de longo prazo, além das maiores altas, baixas e as ações mais negociadas da semana:

Maiores Altas

Ativo

Código

Último

Variação

VIVO

VIVO4

49,60

15,11%

TIM PART S/A

TCSL3

6,63

14,51%

BMFBOVESPA

BVMF3

11,51

12,09%

TELEMAR

TNLP3

32,99

11,45%

TIM PART S/A

TCSL4

4,79

10,88%


Maiores Baixas

Ativo

Código

Último

Variação

B2W VAREJO

BTOW3

33,43

-8,41%

BRASKEM

BRKM5

11,40

-6,40%

LLX LOG

LLXL3

7,10

-5,59%

CYRELA REALT

CYRE3

19,10

-4,45%

COPEL

CPLE6

34,10

-3,94%


Mais Negociadas

Ativo

Código

Último

Volume

Segmento

VALE

VALE5

R$ 42,39

3.087.314.112,00

Minerais Metálicos

PETROBRAS

PETR4

R$ 30,09

2.105.110.048,00

Exploração e/ou Refino

OGX PETROLEO

OGXP3

R$ 15,49

1.681.707.264,00

Exploração e/ou Refino

BMFBOVESPA

BVMF3

R$ 11,51

1.295.896.912,00

Serviços Financeiros Diversos

GERDAU

GGBR4

R$ 25,80

592.551.272,00

Siderurgia


Cenário Externo

A semana foi fraca de indicadores da economia americana. Com isso, a crise enfrentada pela Grécia e os esforços da União Europeia para evitar um contágio estiveram na pauta dos investidores dos EUA.

Os números mais importantes da economia americana foram divulgados somente na sexta-feira. As vendas no varejo, por exemplo, apresentaram ganho de 0,4%, superando as expectativas. A produção industrial também ficou acima do esperado, subindo 0,8% em abril.

No caso da confiança do consumidor, no levantamento elaborado pela Universidade de Michigan e pela agência de notícias Reuters, o indicador subiu para 73,3 pontos em maio, após fechar abril com 72,2 pontos.

Em Wall Street, mesmo com uma sessão de perdas, os principais índices encerraram a semana em alta. O Dow Jones avançou 2,3 % aos 10.620,8 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 2,3% aos 1.135,78 pontos. Confira os gráficos:

Mercado Cambial

Apesar da semana de volatilidade, o dólar comercial encerrou o período com queda de 2,5%. No entanto, a divisa americana ganhou na última sessão 1,52% e permaneceu acima do patamar de R$ 1,80. No final da sexta-feira, o moeda era negociada a R$ 1,804 para a venda e R$ 1,802 para a compra. Confira o gráfico:



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
14/05/2010 17:18:11

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

aplicativos úteis para acompanhar o mercado financeiro
aluguel de ações
Como fazer com uma cobrança bancária indevida
o mercado financeiro 2018 no primeiro semestre
mercado financeiro