Início Notícias Economia Auxílio emergencial de R$300: confira calendário de pagamento

Auxílio emergencial de R$300: confira calendário de pagamento

0
3.3
(22)

A sexta parcela do auxílio emergencial vai começar a ser paga na quinta-feira, 17 de setembro. A prorrogação com as parcelas extras do auxílio foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro no começo deste mês.

As novas parcelas, no entanto, serão de R$300 ou de R$600 para as mães chefes de família.

De acordo com o calendário divulgado pelo governo, os primeiros a receberem já nesta quinta-feira serão os beneficiários do programa Bolsa Família.

O calendário de pagamentos vai seguir a ordem do dígito final no número do NIS. A seguir, veja como serão feitos os pagamentos.

+ Auxílio emergencial: veja quem receberá as novas parcelas

O governo liberou o decreto que regulamenta as novas parcelas. O novo decreto afirma que o auxílio emergencial residual será pago só até 31 de dezembro “independentemente do número de parcelas recebidas pelo beneficiário”.

Auxílio emergencial: novas parcelas serão pagas na quinta, 17

Assim como nas parcelas normais, dão início ao recebimento os beneficiários com NIS (Número de Identificação Social) de final 1 e assim por diante.

Confira o calendário de pagamento da 6ª parcela do auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família.

Data de pagamentoQuem recebe o benefício
17 de setembroNIS com final 1
18 de setembroNIS com final 2
21 de setembroNIS com final 3
22 de setembroNIS com final 4
23 de setembroNIS com final 5
24 de setembroNIS com final 6
25 de setembroNIS com final 7
28 de setembroNIS com final 8
29 de setembroNIS com final 9
30 de setembroNIS com final 0
Calendário de pagamentos das novas parcelas do auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família podem realizar o saque através do cartão do Programa Bolsa Família, Cartão Cidadão ou por crédito em conta da Caixa Econômica Federal.

Por enquanto, apenas esse grupo tem calendário específico para recebimento das novas parcelas. Os demais, portanto, ainda não sabem quando vão poder receber.

Também no dia 17, os trabalhadores nascidos em dezembro — que não estavam no Cadastro Único e tiveram que se inscrever pelo aplicativo da Caixa ou pelo site — vão poder retirar em dinheiro a quarta parcela do auxílio (depositada em 26 de agosto).

Essa pagamento é referente ao ciclo 1, que são os que conseguiram receber a primeira parcela em abril.

Caixa Econômica libera novas parcelas do auxílio emergencial nesta quinta, 17 (Foto: Fabio Queiroz/Agência AL)

Pagamento para os outros beneficiários ainda não tem calendário

O pagamento das novas parcelas para os beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família ainda não tem calendário. Esses, no entanto, vão receber por meio do cartão de débito virtual da Caixa.

Com o cartão é possível usar o auxílio emergencial para realizar compras pela internet em sites e aplicativos, além de poder pagar boletos, contas de luz e água.

+ Como proceder a cobranças abusivas nas contas de luz, água e telefone

Para solicitar o cartão é necessário ter o aplicativo da Caixa Tem. Após isso, basta entrar no aplicativo e na tela inicial você clicar no ícone “cartão de débito virtual”.

Logo em seguida, vai abrir uma página como se fosse uma troca de mensagem. Clique na opção “usar agora meu cartão de débito virtual”. O aplicativo vai pedir a senha de acesso que foi cadastrada.

Após informar a senha, você terá todas as informações do cartão, tais como: número, nome, validade e o código de segurança.

O auxílio emergencial foi criado pelo governo para ajudar os trabalhadores informais no período de pandemia causado pelo coronavírus.

Inicialmente, seriam pagas apenas 3 parcelas de R$600, mas depois foi prorrogado por mais duas parcelas, totalizando cinco. Após isso, o benefício foi prorrogado mais uma vez até o final do ano.

O valor para as mães chefes de família valem o dobro. Ou seja, R$1.200 para as parcelas antigas e agora R$600 para as novas parcelas.

Gostou do nosso conteúdo? Então aproveite a visita em nosso site e leia o texto: “prorrogação do auxílio emergencial: veja a repercussão nas redes sociais” que separamos para você.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 3.3 / 5. Número de votos: 22

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui