Início Notícias Economia Auxílio emergencial: quem vai receber as parcelas em 2021?

Auxílio emergencial: quem vai receber as parcelas em 2021?

0
Tempo de leitura: 3 minutos
0
(0)

O governo federal está estudando a volta do auxílio emergencial em 2021. De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, atualmente sem partido, a prorrogação do benefício “está quase certa”. O valor das novas parcelas, no entanto, não foi revelado.

A afirmação sobre o benefício foi feita em uma entrevista à TV Mirante, afiliada da TV Globo no Maranhão, após um evento na quinta-feira, 11. 

A expectativa do governo é que o novo auxílio emergencial dure entre três e quatro meses, sem prorrogação maior do que isso. No entanto, assim como o valor, as informações com a duração do benefício ainda não foram oficializadas.

Mas na equipe econômica do governo, por exemplo, a projeção é que o auxílio emergencial fique em torno de R$200. No Congresso, há tentativas de aumentar o valor.

Auxílio emergencial: nova prorrogação poderá reduzir metade dos beneficiários

O presidente não deu detalhes de quantos beneficiários serão contemplados com essa nova rodada do auxílio emergencial.

Contudo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já disse que a ideia é atender metade dos 64 milhões de beneficiários que receberam no ano passado. 

De acordo com o blog da Ana Flor, jornalista do G1, um cruzamento de bancos de dados poderá reduzir à metade os beneficiários do auxílio emergencial.

Isso porque o governo fez, ao longo desses últimos meses, um cruzamento de bancos de dados para realizar um pente-fino.

De acordo com informações, foi possível chegar ao número de pessoas que precisarão de uma nova rodada do auxílio: cerca de 33 milhões de brasileiros, entre eles os 14 milhões que já estão no programa Bolsa Família.

O cruzamento foi feito a partir de 11 bases de dados. Foi utilizada também uma plataforma desenvolvida pelas secretarias de Governo Digital e de Previdência e Trabalho.

O governo utilizou os bancos de dados do INSS, MEI, Caged e CNIS. Além disso, apenas pelo número de CPF da pessoa é possível identificar se ela é servidora pública, aposentada, pensionista e empresária, por exemplo.

O ministro Paulo Guedes já havia sinalizado que o objetivo era atender metade dos 64 milhões dos beneficiários que receberam no ano passado.

+ Auxílio emergencial 2021: deputado propõe prorrogação até abril
+ Fim do auxílio emergencial: veja outros 5 benefícios sociais

Em caso de prorrogação, beneficiários do auxilio emergencial poderia ser reduzidos pela metade

Projetos para estender o auxílio tramitam na Câmara e Senado

Ao todo, nove projetos foram apresentados a Câmara dos Deputados e também ao Senado Federal para avaliação dos parlamentares.

De autoria do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), o Projeto de Lei 5.509/20 busca prorrogar o pagamento do auxílio emergencial com parcelas de R$600 até o fim de março deste ano

Segundo o autor, o benefício serviria para “garantir dignidade a milhões de brasileiros sem emprego”. 

“Nesse momento tão difícil da vida do país e dos brasileiros, cabe ao Congresso Nacional exercer seu papel com responsabilidade e altivez, propondo iniciativas que possam nos conduzir para a saída desta grave crise sem sobressaltos institucionais”, disse Pompeo.

Outro texto que está tramitando na Câmara é o Projeto de Lei 5.514/20, do deputado Fábio Henrique (PDT-SE). De acordo com ele, o benefício seria prorrogado até 30 de junho de 2021, com parcelas de R$600.

Os pagamentos, no entanto, dependeriam da prorrogação do estado de calamidade do Brasil.

“O pagamento do auxílio emergencial consecutivo possibilitará que a economia do país não entre em colapso na depressão causada pela pandemia de Covid-19”, apontou o parlamentar.

O auxílio foi pago, inicialmente, em cinco parcelas de R$600, sendo R$1.200 para mulheres chefes de família. Após isso, ele foi prorrogado por mais quatro parcelas de R$300 até o fim do ano.

Ficou interessado? Então veja todos os projetos para extensão do auxílio emergencial que estão em tramitação no Congresso.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui