Bancos esperam que juros cheguem a 12,25% até abril | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$3,91
Euro R$4,48
Libra R$4,99
Peso R$0,13
Bitcoin R$25.487,16
Ethereum R$1.217,82
Litecoin R$231,62
Ripple R$1,36
Bovespa 81.533,08
CDI 2,64% a.a
Selic 6,40% a.a
Poupança 0,50% a.a
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Bancos esperam que juros cheguem a 12,25% até abril

As instituições financeiras estimam que a taxa básica de juros (Selic) deve subir, pelo menos, mais um ponto percentual e fechar 2011 em 12,25% ao ano, segundo pesquisa divulgada hoje (3) pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A expectativa dos 33 analistas ouvidos pela Febraban é que haja um aumento de 0,5 ponto percentual da taxa Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, em março, e outro aumento igual na reunião seguinte, em abril. A Selic está fixada em 11,25%.

Apesar da previsão de aumento dos juros, o economista-chefe da Febraban, Rubens Sardenberg, acredita que o custo do crédito ao consumidor pode cair caso o governo federal faça um ajuste fiscal. Essas medidas evitariam, na avaliação do economista, interferências do Banco Central na economia para combater a inflação.

No fim do ano passado, o Banco Central elevou os depósitos compulsórios e retirou de circulação R$ 61 bilhões, diminuindo a quantidade de recursos disponível para empréstimos. Para 61% dos analistas que participaram do estudo da Febraban, ainda não foi possível saber o impacto da elevação dos depósitos compulsórios nos preços e no mercado de crédito.

De acordo com Sardenberg, as ações do governo para controlar as despesas também determinarão como será o comportamento da inflação nos próximos meses. Essa também foi a opinião de metade dos analistas ouvidos na pesquisa da federação.

O economista ressaltou que o cenário internacional deve pressionar os preços no mercado interno, refletindo a elevação dos preços das commodities (produtos básicos cotados internacionalmente) e a recuperação das economias da Europa e dos Estados Unidos. Segundo a pesquisa da Febraban, a expectativa é que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fique em 5,5% em 2011, acima da previsão feita em dezembro, de 5,2%.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o setor financeiro espera crescimento de 4,6% em 2011 e 4,5% em 2012. Para o câmbio, a previsão é que, em dezembro, o preço do dólar chegue a R$ 1,75. Hoje (3), o dólar comercial fechou em R$ 1,67.



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
03/02/2011 18:15:35

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora







Mais lidos

Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando na metade e as empresas não param de crescer. Esse é o resultado da pesquisa ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...
Descubra quais são as 20 profissões em alta no Brasil em 2018
São muitas profissões. Mas, qual escolher? É necessário analisar alguns fatores. Entre eles, sua ...




Publicidade