Início Cartão de Crédito BRL: o que significa essa sigla na fatura do cartão? Para quê...

BRL: o que significa essa sigla na fatura do cartão? Para quê serve?

0
casal segurando cartão e olhando o tablet
0
(0)

Você costuma fazer compras internacionais, lojas físicas ou virtuais, com o seu cartão de crédito? Se a resposta é sim, talvez você já tenha reparado que na fatura vem a sigla BRL. Apesar de ser comum, muitas pessoas não sabem o que é o BRL.

Para quem realiza compras pela internet, a sigla também aparece nos sites e muitos confundem achando que ela significa o valor real do produto a ser adquirido. Mas será que realmente este é o significado de BRL?

Para acabar com as dúvidas que o assunto pode trazer, preparamos este artigo para te ajudar. Continue lendo!

O que é a sigla BRL?

Se você ainda não sabe qual é o real significado da sigla BRL, calma que nós iremos te explicar. Ela é uma estimativa de quanto o produto que você deseja comprar vai custar na moeda brasileira.

Não necessariamente é o valor final, já que em compras internacionais costumam ser cobradas algumas taxas, como o IOF. Além disso, alguns cartões cobram o valor da moeda estrangeira no dia do fechamento da fatura.

Sendo assim, a sigla BRL nada mais é do que uma representação do valor do real brasileiro no momento da compra. Vale lembrar que o “R$” é o símbolo da moeda, não a representação dela.

Outra informação importante é que, ao finalizar a compra, você ainda não saberá o valor total a ser creditado no seu cartão. Essa resposta virá em até sete dias, tempo necessário para o estabelecimento processar a compra.

Depois disso, você já conseguirá visualizar na fatura do seu cartão, o valor total a ser pago pela compra.

O BRL pode aparecer na fatura do seu cartão de crédito

Por isso, antes de você realizar qualquer compra internacional é bom avaliar se vale a pena ou não finalizar a compra. Lembre-se que existem taxas a serem arcadas além do valor do produto.

Por que o BRL é diferente do Real?

Pelo simples fato de que cada site usa uma cotação diferente ou específica para estimar o preço de um produto. E, como você conferiu acima, essa estimativa não necessariamente é o valor final.

É importante mencionar que todos os bancos e operadoras nacionais precisam usar o valor do dólar do dia do processamento da compra. Isso deve ser feito no momento da conversão dos gastos feitos internacionalmente.

+ Veja como pagar fatura antes da data e liberar limite do cartão

O objetivo é evitar com que o cliente fique exposto às variações da moeda que acontecem frequentemente ao longo do mês, e pode mudar durante os sete dias.

Como não se confundir com o BRL?

Muita gente se confunde com o preço do produto em BRL. Dessa forma, se assusta com o valor na fatura e acaba achando que há algum erro e pode chegar até a cancelar a compra.

Para que não haja esse tipo de confusão, o ideal no momento de uma compra internacional é realizar a cotação e o pagamento já na moeda original do produto, e não em BRL.

Isso vai evitar que você tenha “surpresas” na fatura e já compre no valor que será pago futuramente, sem alterações. Seja dólar ou euro, isso vai depender da moeda que o seu produto está fixado.

A conversão da moeda internacional de um produto para BRL costuma acontecer, na maioria dos casos, automaticamente. Mas, não se preocupe, é possível reverter essa opção nas configurações do site e visualizar o preço de outras formas.

Essa tática também é válida para ferramentas de pagamento virtual que possibilitam compras internacionais. Há a opção em BRL ou diretamente na moeda do produto.

Gostou do conteúdo? Então continue a sua leitura e confira opções de cartões de crédito com dólar mais barato para compras internacionais.

Leia também no FinanceOne:

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui