Tempo de leitura: 2 minutos

Cálculo do IGP-M

O que é IGP-M? O IGP-M é a sigla para Índice Geral de Preços do Mercado. Sua medição é realizada desde 1940 e seu cálculo é feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV). Sua principal função é ser um indicador de variação de preços na economia brasileira usando a inflação como base. É bastante conhecido pelo nome de “inflação do aluguel”, pois seu valor é utilizado como parâmetro na realização de reajustes em contratos de locação.


É preciso estar atento a este índice, já que ele influencia diretamente nas suas finanças por estar relacionado a gastos do cotidiano como:

Ou seja, o reajuste de aluguel não é seu único uso.

Como é calculado o IGP-M?

Existem algumas modalidades para o seu uso. Contudo, a mais comum é o IGP-M acumulado. Para isso, é necessário acompanhar a evolução do IGP-M mensal, onde sua medição se inicia entre o dia 21 do mês anterior e o dia 20 do mês vigente.

Esse índice é constituído pelo IPA-M (Índice de Preços por Atacado – Mercado), IPC-M (Índice de Preços ao Consumidor – Mercado) e INCC-M (Índice Nacional do Custo da Construção – Mercado), com pesos de 60%, 30% e 10%.

Como dito anteriormente, a medição do IGP-M está diretamente ligada com a inflação. E é a inflação que rege o cenário econômico brasileiro. Uma alta nos preços indica que a inflação está elevada. E quando isso acontece, pode representar a falta de controle no cenário macroeconômico.

Contudo, uma elevação no IGP-M no mês pode não determinar todo um cenário econômico. Isto porque, em alguns períodos, ele pode subir, puxado por algum outro valor que o índice leva em consideração, mas sem ter uma grande influência no valor final. Por isso é tão importante considerar apenas o valor final dado pela FGV.

Como o FinanceOne pode te ajudar a calcular?

É bem simples, afinal, até a variação do IGP-M considera outros índices para chegar num valor final.

Por isso, utilize a calculadora do FinanceOne para saber o valor final, sem precisar ficar procurando pelos valores do IPA-M, IPC-M e INCC-M. Ou seja, estamos simplificando o seu trabalho de ir atrás desses outros índices. Basta colocar o valor, a data de início e a data final para quando o valor deve ser reajustado. Além disso, daremos a porcentagem mensal do quanto subiu ou desceu em cada mês e, por fim, a soma anual desses reajustes.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?