Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Carga de energia gerada no país sobe 5,3% em abril puxada pela demanda industrial

Escrito por: Redação em 10 de maio de 2012

A geração de energia registrada em abril no Sistema Interligado Nacional (SIN) mostrou crescimento de 5,3%, em comparação ao mesmo mês do ano passado. Os dados divulgados hoje (10) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revelam ainda que, no acumulado dos últimos 12 meses, a carga subiu 3,6% comparada a igual período anterior.
O aumento verificado em relação a abril de 2011 foi puxado pelo setor industrial, de acordo com a Gerência de Previsão e Acompanhamento da Carga do ONS. Segundo a Fundação Getulio Vargas, a utilização da capacidade instalada da indústria brasileira alcançou em abril 83,9%. Esse foi o maior nível registrado desde julho de 2011 (84,1%).
Já em relação a março de 2012, foi observada retração na carga de energia de 3,5%. Fatores sazonais e a ocorrência de temperaturas amenas, que reduziram o uso de aparelhos de refrigeração, explicam, segundo o ONS, a queda da carga em abril, quando comparada ao mês imediatamente anterior.
A maior variação positiva da carga de energia em abril contra abril do ano passado foi observada no subsistema Nordeste (8,5%), devido, principalmente,  à expansão da atividade econômica na região.
Em comparação a março deste ano, apenas o subsistema Norte apresentou alta na energia gerada (0,8%). Os demais  tiveram variações negativas, com destaque para o subsistema Sul (-7,3%).

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
10/05/2012 14:55:00

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Carga de energia gerada no país sobe 5,3% em abril puxada pela demanda industrial

Escrito por: Redação em 10 de maio de 2012

A geração de energia registrada em abril no Sistema Interligado Nacional (SIN) mostrou crescimento de 5,3%, em comparação ao mesmo mês do ano passado. Os dados divulgados hoje (10) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revelam ainda que, no acumulado dos últimos 12 meses, a carga subiu 3,6% comparada a igual período anterior.
O aumento verificado em relação a abril de 2011 foi puxado pelo setor industrial, de acordo com a Gerência de Previsão e Acompanhamento da Carga do ONS. Segundo a Fundação Getulio Vargas, a utilização da capacidade instalada da indústria brasileira alcançou em abril 83,9%. Esse foi o maior nível registrado desde julho de 2011 (84,1%).
Já em relação a março de 2012, foi observada retração na carga de energia de 3,5%. Fatores sazonais e a ocorrência de temperaturas amenas, que reduziram o uso de aparelhos de refrigeração, explicam, segundo o ONS, a queda da carga em abril, quando comparada ao mês imediatamente anterior.
A maior variação positiva da carga de energia em abril contra abril do ano passado foi observada no subsistema Nordeste (8,5%), devido, principalmente,  à expansão da atividade econômica na região.
Em comparação a março deste ano, apenas o subsistema Norte apresentou alta na energia gerada (0,8%). Os demais  tiveram variações negativas, com destaque para o subsistema Sul (-7,3%).

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
10/05/2012 14:47:16

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

economia da china
Reforma da previdência
Computador quântico
facebook
Desigualdade salarial entre homens e mulheres: mito ou verdade?