Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Comissão do Senado aprova convite para Mantega explicar mudanças na caderneta de poupança

Escrito por: Redação em 8 de maio de 2012

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou requerimento de convite para que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, explique as mudanças na remuneração da caderneta de poupança. A audiência pública está marcada para a próxima terça-feira (15).
Na semana passada, o governo editou medida provisória que modifica o cálculo para reduzir a remuneração da caderneta de poupança. Pelas novas regras, a correção da poupança será equivalente a 70% da taxa de juros básica da economia, a Selic, quando este índice estiver fixado, no máximo, em 8,5% ao ano.
Como atualmente a Selic está em 9% ao ano, continua prevalecendo a regra atual que remunera a caderneta de poupança: 6,17% ao ano mais Taxa de Referência (TR).
A alteração valerá apenas para os depósitos feitos a partir da edição da medida provisória, publicada no dia 4. Assim, as cadernetas de poupança terão saldo corrigido de duas formas: pelo rendimento tradicional, para o dinheiro guardado até o dia anterior àquela data, e pela nova regra, para os depósitos realizados a partir daí.
A mudança na remuneração da poupança vai permitir que o governo continue a baixar os juros sem que os grandes investidores sejam estimulados a migrar para a poupança em busca de mais rentabilidade e deixem de comprar títulos públicos, que financiam o déficit governamental.

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
08/05/2012 12:50:56

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Cientista de Dados
fraude
Brasil e Chile
crise
Economia da América latina