Início Notícias Finanças Pessoais Como saber se o empréstimo consignado foi aprovado? Entenda!

Como saber se o empréstimo consignado foi aprovado? Entenda!

0
0
(0)

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito mais fácil e acessível, no qual as parcelas são pagas pelo débito automático na folha de pagamento. Mas muitas pessoas têm dúvida: como saber que o pedido do crédito foi aprovado?

A resposta é simples: para saber se o empréstimo consignado foi aprovado, basta entrar em contato com o banco e perguntar. Mas, em geral, nem é necessário o cliente fazer uma ligação, porque a própria financeira avisará quando houver a liberação. 

E quando o crédito for liberado, o valor já será descontado do salário? Quanto tempo pode demorar para o consignado ser concedido?

Quer saber a resposta para essas e outras perguntas? Então continue lendo o artigo!

Quanto tempo demora para o empréstimo consignado ser aprovado?

O prazo para a liberação do empréstimo consignado varia de acordo com o banco ou instituição financeira, cada empresa tem seus prazos. Mas, em geral, não passa de cinco dias úteis. 

Existem bancos e financeiras que liberam o valor em até 24 horas. Outros possuem um processo de análise mais demorado.

Mas a gente sabe que, geralmente, quem solicita um empréstimo tem um pouco de pressa. Por isso, o ideal é perguntar qual é o prazo para liberação do crédito antes de contratá-lo.

Dessa forma, você não terá surpresas nem passará por ansiedade esperando a liberação. Vale destacar ainda que sempre existe a possibilidade do crédito ser negado. 

Quando isso acontece, o próprio banco também informa ao cliente, dentro do prazo, e justifica o motivo da negativa: pode ser por uma questão de documento, por não atender a política de crédito do banco, etc.

+ Novo crédito consignado da Caixa: veja como solicitar e como funciona
+ Empréstimo a partir do FGTS: como funciona?
+ Refinanciamento de consignado: o que é e como fazer?

Após a liberação, quando é realizado o crédito do valor na conta?

Esse é mais um prazo que varia de banco para banco. Existem instituições financeiras que, após a análise de crédito e aprovação, prometem liberar o empréstimo consignado também em até 24 horas. Mas algumas empresas podem ter um prazo maior. 

Isso acontece, porque a liberação do crédito requer algumas etapas que, resumidamente, são:

  1. Análise de crédito, ou seja, verificar o perfil do solicitante, sele atende aos requisitos da política de crédito do banco, se o salário dele tem margem consignável suficiente para o crédito
  2. Averbação do crédito, que basicamente é autorização que o RH da empresa, do INSS ou órgão público onde o cliente trabalha dão para que os pagamentos das parcelas sejam descontados da folha de pagamento
  3. Assinatura do contrato, quando serão firmados todos os prazos, juros, número de parcelas, valores e demais termos da aquisição do empréstimo

Portanto, após a aprovação do consignado, o pagamento da parcela não é descontado imediatamente da folha de pagamento. Haverá todos esses passos a serem seguidos, além de serem respeitados os prazos firmados em contrato.

Empréstimo consignado é descontado direto da folha de pagamento

Quem pode solicitar o empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é um tipo de crédito com juros mais acessíveis. Ele tem essa característica, porque o pagamento das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento do cliente, o que dá mais segurança ao banco. 

Como a quitação do empréstimo é descontada automaticamente da folha, não é qualquer pessoa que pode solicitá-lo. O consignado é uma modalidade de crédito para:

  • aposentados e pensionistas do INSS – neste caso, o pagamento é descontado do benefício
  • servidores públicos – o pagamento é descontado da folha de pagamento
  • funcionários de empresas privadas – o pagamento é descontado da folha de pagamento

Esses são públicos que possuem uma renda fixa, garantindo ao banco o pagamento da dívida. 

Mas além deles, uma lei muito recente abre margem para mais um grupo de pessoas solicitarem um tipo de consignado: os beneficiários do Auxílio Brasil. 

A Medida Provisória nº 1.106, assinada no último dia 17 de março, permite que beneficiários de programas de transferência de renda (como o Auxílio Brasil) usem até 40% do valor recebido para solicitar empréstimos a juros mais baixos. 

Vai funcionar como um microcrédito consignado e as parcelas serão debitadas do auxílio da pessoa de baixa renda. Os cidadãos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também podem solicitar. 

O conteúdo foi útil? Então aproveita para conhecer mais sobre esse universo e leia: Como fica o empréstimo consignado quando o trabalhador é demitido?

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui