Como solicitar o seguro-desemprego online?

Escrito por: Camila Miranda em 28 de maio de 2020

Em tempos de crise econômica e também devido a pandemia da Covid-19, muitas empresas estão demitindo seus funcionários. Com isso, muitos trabalhadores têm direito ao seguro-desemprego, auxílio dado pelo governo federal. 

Mas para seguir a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e conter a propagação do coronavírus, o Sistema Nacional de Emprego (SINE) suspendeu o atendimento nas unidades em todo o país. E agora? Como solicitar o seguro-desemprego?

foto com uma carteira de trabalho com uma nota de cinquenta reais, uma de dez reais, duas de dois reais e moedas de um real, dez centavos, cinco centavos e vinte e cinco centavos para falar sobre seguro-desemprego
Seguro-desemprego: saiba como solicitar o auxílio sem precisar sair de casa

De fato, já era possível dar entrada no auxílio pela internet. Mas mesmo assim, a pessoa precisava comparecer a um posto de atendimento para conferir toda a documentação.

Agora, após o fechamento das unidades, todas as etapas podem ser feitas 100% online. 

Quer saber como pedir o seguro-desemprego pela internet? Continue a leitura deste texto e saiba mais! 

Passo a passo de como solicitar o seguro-desemprego online

1. Acesse o Portal Emprega Brasil

2. Clique em cadastrar no menu à esquerda do site. Efetue o cadastro para obter login e senha; 

3. Preencha o formulário informando os seus dados; 

4. Assim que o acesso for autorizado, vá até a opção do seguro-desemprego; 

5. Em seguida, preencha um formulário de oito etapas com questões sobre atividades, experiência profissional e formação acadêmica. Tenha atenção na hora de informar esses dados. 

Você terá que informar também o número do requerimento do seguro-desemprego.

Esse número é composto por dez dígitos e está registrado no alto do formulário entregue pelo empregador após a demissão. 

Lembre-se que no momento de fazer o cadastro, é essencial ter a Carteira de Trabalho (CTPS) e outros documentos em mãos. Dessa maneira, você consegue realizar o registro de forma correta.

Caso contrário, se houver alguma divergência no cadastro ou informações erradas, terá que esperar 24 horas para realizar uma nova tentativa. Em alguns casos, é necessário entrar em contato com o INSS através do número 135. 

Seguro-desemprego: veja quem pode pedir o benefício

O seguro-desemprego é destinado aos trabalhadores formais que foram demitidos pelo empregador involuntariamente. Ou seja, sem justa causa. No entanto, para solicitar o benefício, é necessário atender alguns requisitos. São eles:

a) não possuir renda própria que seja suficiente à sua manutenção e de sua família; 

b) receber salários como pessoa jurídica ou como pessoa física relativos a:
– pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses anteriores à data de dispensa, da primeira solicitação; ou pelo menos nove meses nos últimos 12 meses anteriores à data de dispensa, quando da segunda solicitação; ou 6 meses anteriores à data de dispensa, quando das demais solicitações;  

c) não receber qualquer benefício previdenciário de prestação continuada, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), salvo exceção do auxílio-acidente, auxílio-suplementar e do abono de permanência em serviço. 

+ 8 estratégias para enfrentar o desemprego
+ Saiba como arrumar emprego pelo LinkedIn
+ Aprenda agora mesmo como fazer um bom currículo

Qual o valor do seguro-desemprego?

Sempre quando o salário mínimo aumenta, normalmente no início do ano, o Ministério da Economia atualiza e divulga a nova tabela do seguro-desemprego. 

Essa tabela indica que o seu seguro-desemprego vai ser um percentual sobre a média dos salários dos últimos três meses. Para saber quanto você pode receber, veja os novos valores abaixo:

Faixa de salário médio x Forma de cálculo do seguro-desemprego

Até R$ 1.599,61 –> Multiplicar o salário médio por 0,8 (80%);

De R$ 1.599,62 até R$ 2.666,29 –> Se a média salarial exceder a R$ 1.599,61 multiplica-se por 0,5 (50%) e soma-se a R$ 1.279,69;

Acima de R$ 2.666,29 –> O valor da parcela será de R$ 1.813,03 invariavelmente.

Veja o que fazer caso tenha problemas para solicitar o auxílio

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, pasta vinculada ao Ministério da Economia, alguns trabalhadores estão enfrentando problemas para recuperar login e senha, e assim, solicitar o seguro-desemprego online.

Mas o problema pode ser resolvido por meio da página de atendimento do Ministério da Economia.

Para isso, basta preencher o formulário com os dados pessoais e informar o problema — cadastrar senha, recuperar login ou não conseguir criar um novo login. 

Logo após o envio do formulário, serão encaminhadas para o e-mail cadastrado (no formulário) instruções para gerar uma nova senha e conseguir realizar a solicitação do seguro-desemprego normalmente. 

Viu, só? Agora você já sabe como pedir o seguro-desemprego de forma online. Seguindo o passo a passo, e confirmando todas as informações necessárias, você conseguirá solicitar seu benefício. 

O que você achou deste texto? Bom? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem como solicitar o seguro-desemprego online. 

Camila Miranda

Jornalista com experiências em jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalha com produção de conteúdo e gerenciamento de mídias sociais.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Como ganhar dinheiro viajando
graduação a distância grátis
curso de inglês no Brasil ou intercâmbio
graduação a distância grátis