Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Confiança do Comércio avança em outubro

Escrito por: Redação em 27 de outubro de 2016


São Paulo, 27/10 (Enfoque) –

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas subiu 1,5 ponto em outubro de 2016, para 81,9 pontos, compensando a queda de 1,7 ponto do mês anterior. Na métrica de médias móveis trimestrais, o índice avançou pelo sexto mês consecutivo, em 2,3 pontos.
 
“Após registrar altas expressivas entre maio e agosto, a confiança do Comércio Varejista acomodou-se nos dois últimos meses. O nível ainda baixo do ICOM retrata o desempenho do setor cujas vendas continuam a diminuir, embora a taxas decrescentes. Com relação aos meses seguintes, a calibragem para baixo das expectativas mostra que o setor ainda tem dúvidas quanto à velocidade da recuperação do consumo das famílias”, afirma Aloisio Campelo Jr., Superintendente de Estatísticas Públicas da FGV/IBRE.
 
A alta do ICOM em outubro foi inteiramente determinada pelo Índice de Situação Atual (ISA-COM), que subiu 5,1 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE-COM) recuou 2,0 pontos. Houve alta em 7 de 13 segmentos pesquisados.
 
Com o avanço na margem, o ISA-COM fechou o mês em 74,1 pontos, o maior desde fevereiro de 2015, mais que compensando a queda de 3,0 pontos no mês anterior. Assim como no caso do ICOM, a alta não foi amplamente disseminada, tendo alcançado 7 de 13 segmentos. Entre os dois indicadores que integram o ISA-COM, a maior contribuição veio do quesito que mede o volume da Demanda Atual, que subiu 7,3 pontos em relação ao mês anterior, chegando a 73,3 pontos.
Já o Índice de Expectativas (IE-COM) recuou 2,0 pontos em outubro, para 90,6 pontos. Apesar de ser a segunda queda consecutiva, o movimento parece representar uma tendência de acomodação do índice, uma vez que sua média trimestral continuou avançando, pelo décimo mês consecutivo (1,9 ponto). Dentre os componentes do IE-COM, destaca-se a queda do indicador de otimismo com as Vendas nos três meses seguintes, de 4,4 pontos, para 87,7 pontos.
 
Diminui a distância entre ISA e IE
 
Com o resultado de outubro, pela primeira vez desde março foi observada uma redução da distância entre os subíndices ISA-COM e IE-COM para 16,5 pontos, a menor desde junho de 2016. A evolução atípica do índice relativo ao presente e a acomodação do índice de expectativas, no entanto, mantêm a dúvida quanto à forma com que este hiato será fechado ao longo dos próximos meses.
 
A edição de outubro de 2016 coletou informações de 1.180 empresas entre os dias 03 e 25 deste mês.

A próxima divulgação da Sondagem do Comércio ocorrerá em 25 de novembro de 2016.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 27/10/2016 08:18:00

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

economia da china
Reforma da previdência
Computador quântico
facebook
Desigualdade salarial entre homens e mulheres: mito ou verdade?