Confiança do consumidor cai 4,8% em abril, aponta FGV | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,2739
Bitcoin R$ 28.400,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,877
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Confiança do consumidor cai 4,8% em abril, aponta FGV

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) da Fundação Getulio Vargas apresenta queda de 4,8% em abril de 2012, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, ao passar de 135,3 para 128,8 pontos. O resultado apresenta um recuo frente ao observado em março, quando a taxa interanual ficou em -1,0%.
A piora na comparação interanual do ICS foi influenciada, sobretudo, pelas avaliações dos empresários em relação ao momento presente: em abril, o ISA-S registra queda interanual de 8,3%, contra 2,7% em março. O indicador apresenta seu pior resultado desde outubro de 2009, quando a queda interanual chegou a -8,7%. Na mesma base de comparação, o Índice de Expectativas (IE-S) também apresenta piora, ainda que bem mais suave: de 0,3% em março para -1,9% em abril, ao passar de 148,9 para 146,0 pontos.
O índice que mede as expectativas continua com os resultados bem mais favoráveis que os observados na avaliação do momento presente, o que pode ser reflexo de uma percepção de melhora gradual no nível de atividade econômica nos próximos meses.
O quesito que mede a percepção dos empresários do setor sobre a demanda atual foi o que mais contribuiu para a queda do ISA-S entre os meses de abril deste ano e abril de 2011: o indicador recuou 9,2% ao passar de 114,7 para 104,2 pontos. Das 2.846 empresas consultadas, 20,2% avaliam a demanda atual como forte contra 26,2% há um ano atrás; enquanto 16,0% a consideram fraca (contra 11,5%).
Ainda na comparação interanual, os indicadores do nível de demanda para os próximos três meses e do ambiente dos negócios nos seis meses seguintes influenciaram na mesma proporção a queda do IE-S. No caso da demanda prevista, a proporção de empresas prevendo crescimento passou de 51,8% em abril de 2011 para 49,2% em abril de 2012, enquanto a parcela das que esperam queda passou de 3,5% para 3,7% do total.

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
03/05/2012 08:13:08

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado
FGTS atrasado é uma realidade para cerca de 7 milhões de brasileiros. De acordo com a Procuradoria...
Brasileiros no Japão: emissão de vistos cresce 145%
Muitos brasileiros estão buscando novas oportunidades em outros países, e o motivo desse fluxo mig...
BC aumenta oferta do swap cambial e dólar fecha em queda
Após seis altas consecutivas, o dólar fechou em queda nos últimos dias esta semana. Para o alívi...
Franquia Havaianas: quanto custa e como abrir a sua
Quem quer se tornar um franqueado tem diversas opções, dos mais variados segmentos. Nesse setor, a...
Profissões do mercado financeiro que mais pagam
O mercado financeiro atrai cada vez mais profissionais de outras áreas. Com formação em cursos c...
7 filmes sobre Bitcoin que você deve assistir
Entender sobre criptomoedas, um dos investimentos da moda, é o que muita gente vem buscando. Afinal...




Publicidade