Confiança em Serviços avança a partir da melhora na percepção do setor | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$3,97
Euro R$4,57
Libra R$5,09
Peso R$0,13
Bitcoin R$25.530,04
Ethereum R$1.127,30
Litecoin R$221,42
Ripple R$1,33
Bovespa 81.533,08
CDI 2,64% a.a
Selic 6,40% a.a
Poupança 0,50% a.a
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Confiança em Serviços avança a partir da melhora na percepção do setor


São Paulo, 31/01 (Enfoque) –

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) da Fundação Getulio Vargas subiu 4,1 pontos em janeiro, para 80,4 pontos.  Com a alta, o indicador ultrapassa a marca dos 80 pontos pela primeira vez desde fevereiro de 2015. Na métrica de médias móveis bimestrais, a alta foi de 1,3 ponto.
 
“A melhora na percepção do setor sobre as condições de negócios, tanto em relação a fatores atuais quanto em sua visão sobre as expectativas é um aspecto favorável dos resultados da Sondagem de Serviços neste início de ano. A reação representa uma redução no pessimismo das empresas uma vez que os resultados ainda se encontram em patamar historicamente muito baixo. De todo modo, esses resultados podem sinalizar o início de reação no ânimo empresarial em resposta a um contexto de inflação em queda e de uma perspectiva de melhora nas condições de crédito” avalia Silvio Sales, consultor do FGV/IBRE.
 
Das 13 atividades pesquisadas, 11 apresentaram alta da confiança em janeiro. O Índice de Situação Atual (ISA-S) subiu 4,7 pontos, para 74,3 pontos, e o Índice de Expectativas (IE-S) subiu 3,2 pontos, para 86,6 pontos.
 
A maior contribuição para a variação do ISA-S no mês foi dada pelo indicador de percepção com a Situação Atual dos Negócios, com alta de 5,2 pontos, para 74,4 pontos. Entre os indicadores integrantes do Índice de Expectativas (IE-S), o destaque positivo foi o de Tendência dos Negócios para os seis meses seguintes, que variou 4,5 pontos, para 90,3 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) do setor de serviços apresentou decréscimo de 0,5 ponto percentual (p.p.) em janeiro, para 82,3%.
 
Nível de Confiança entre os setores de Serviços
 
A alta da confiança do setor de Serviços em janeiro de 2017 atingiu três dos quatro segmentos mais importantes pesquisados neste início de ano. O destaque positivo foi o segmento de Serviços de Informação e Telecomunicações e a exceção o de Serviços de Transporte. De modo geral, em séries de médias móveis bimestrais, o movimento destes setores é relativamente homogêneo,  com queda acentuada até fins  de 2015  e aceleração  a partir do segundo semestre de 2016.
 
A edição de janeiro de 2017 coletou informações de 1880 empresas entre os dias 2 e 27 deste mês.

A próxima divulgação da Sondagem de Serviços ocorrerá em 24 de fevereiro de 2017.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 31/01/2017 08:10:24

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora







Mais lidos

Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando na metade e as empresas não param de crescer. Esse é o resultado da pesquisa ...
Os jogadores mais bem pagos do mundo em 2018
Quem são os jogadores mais bem pagos do mundo? Muito provavelmente você vai responder Cristiano Ro ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...




Publicidade