Confiança em Serviços avança a partir da melhora na percepção do setor | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,260
Euro R$ 4,017
Bitcoin R$ 33.300,00
Bovespa 74.538,54
CDI 8,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,546
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Confiança em Serviços avança a partir da melhora na percepção do setor


São Paulo, 31/01 (Enfoque) –

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) da Fundação Getulio Vargas subiu 4,1 pontos em janeiro, para 80,4 pontos.  Com a alta, o indicador ultrapassa a marca dos 80 pontos pela primeira vez desde fevereiro de 2015. Na métrica de médias móveis bimestrais, a alta foi de 1,3 ponto.
 
“A melhora na percepção do setor sobre as condições de negócios, tanto em relação a fatores atuais quanto em sua visão sobre as expectativas é um aspecto favorável dos resultados da Sondagem de Serviços neste início de ano. A reação representa uma redução no pessimismo das empresas uma vez que os resultados ainda se encontram em patamar historicamente muito baixo. De todo modo, esses resultados podem sinalizar o início de reação no ânimo empresarial em resposta a um contexto de inflação em queda e de uma perspectiva de melhora nas condições de crédito” avalia Silvio Sales, consultor do FGV/IBRE.
 
Das 13 atividades pesquisadas, 11 apresentaram alta da confiança em janeiro. O Índice de Situação Atual (ISA-S) subiu 4,7 pontos, para 74,3 pontos, e o Índice de Expectativas (IE-S) subiu 3,2 pontos, para 86,6 pontos.
 
A maior contribuição para a variação do ISA-S no mês foi dada pelo indicador de percepção com a Situação Atual dos Negócios, com alta de 5,2 pontos, para 74,4 pontos. Entre os indicadores integrantes do Índice de Expectativas (IE-S), o destaque positivo foi o de Tendência dos Negócios para os seis meses seguintes, que variou 4,5 pontos, para 90,3 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) do setor de serviços apresentou decréscimo de 0,5 ponto percentual (p.p.) em janeiro, para 82,3%.
 
Nível de Confiança entre os setores de Serviços
 
A alta da confiança do setor de Serviços em janeiro de 2017 atingiu três dos quatro segmentos mais importantes pesquisados neste início de ano. O destaque positivo foi o segmento de Serviços de Informação e Telecomunicações e a exceção o de Serviços de Transporte. De modo geral, em séries de médias móveis bimestrais, o movimento destes setores é relativamente homogêneo,  com queda acentuada até fins  de 2015  e aceleração  a partir do segundo semestre de 2016.
 
A edição de janeiro de 2017 coletou informações de 1880 empresas entre os dias 2 e 27 deste mês.

A próxima divulgação da Sondagem de Serviços ocorrerá em 24 de fevereiro de 2017.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 31/01/2017 08:10:24







Mais lidos

Como saber meu perfil de investidor? Descubra!
Você já tomou o primeiro passo e decidiu que vai investir. Fazer uma aplicação que vai além da ...
Blockchain: o que é e como funciona
Provavelmente você já ouviu falar em Blockchain por causa das moedas digitais. Mas, afinal, o que ...
Como ganhar dinheiro com renda fixa?
Os investimentos em renda fixa costumam ser para um perfil de investidor mais conservador. Geralment...
10 criptomoedas além do Bitcoin que você precisa conhecer
Você já deve ter escutado algo sobre Bitcoin. As criptomoedas estão revolucionando o mercado fina...
Índices da bolsa de valores que você precisa conhecer
Se você está pensando em investir na bolsa, mas não sabe por onde começar, entender os termos e ...
Inteligência Artificial: é possível aplicar no mercado financeiro?
A inteligência artificial é uma realidade cada vez mais presente no mercado financeiro. As chamada...




Publicidade