Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Consórcio: entenda como adquirir uma casa ou carro

Escrito por: Redação em 21 de novembro de 2017

O consórcio é uma forma de adquirir um bem ou serviço. Essa é uma maneira de aquisição de bens móveis, como carros ou motos, além de outros bens móveis como os eletrodomésticos. É também usado para bens imóveis, como uma casa ou apartamento, e serviços ou conjunto de serviços.

Consórcio de imóveis
No consórcio é possível adquirir bens móveis e imóveis, como casas

Para adquirir um bem ou serviço por meio de consórcio, o consorciado precisa ser contemplado. Para isso, ele precisa ser membro de um grupo de consórcio, que fica sob responsabilidade de uma administradora. Para ser membro, é preciso assinar o contrato de adesão, em que estarão listadas todas as condições desse consórcio.

Formas inteligentes de investir seu dinheiro

Toda a operação do consórcio é fiscalizada pelo Banco Central do Brasil. Para fazer parte de um grupo de consórcio, é preciso buscar por uma administradora. Todas as administradoras devem ser autorizadas pelo Bacen para funcionar. Portanto, antes de fazer sua escolha, é importante que você consulte a lista no site do BC para não cair em uma furada.

Como funciona um consórcio?

O consórcio consiste na reunião de pessoas ou empresas em um grupo, que é organizado pela administradora de consórcio. Essa é uma das formas de aquisição de um carro, moto ou casa, por exemplo, já que no consórcio o objetivo é juntar os recursos financeiros dos consorciados, membros do grupo, para financiar a eles mesmos os bens ou serviços. É um autofinanciamento.

Os tipos de bens são divididos em quatro categorias, de acordo com o Banco Central, e os grupos de consórcio só podem ser somente de uma delas. As categorias são:

1 – os seguintes bens móveis: veículo automotor, aeronave, embarcação, máquinas e equipamentos;
2 – os demais bens móveis, excetuados os descritos no item 1 (por exemplo: eletrodomésticos);
3 – bens imóveis;
4 – serviços ou conjunto de serviços, inclusive educacionais e médicos.

Cada consorciado, ou seja, a pessoa ou empresa participante do grupo, recebe uma ou mais cotas. Essa cota é um número que representa o membro de maneira individual no grupo. As pessoas entram no grupo no momento em que a administradora o constitui ou com a aquisição de cotas posteriormente, de outros consorciados ou da administradora.

Como fazer um consórcio?

A adesão a um grupo de consórcio é mediante um contrato de participação. Sim, é preciso ler atentamente todos os detalhes do contrato. Além de consultar no site do Banco Central se a administradora está autorizada a operar, é importante verificar se há reclamações contra a empresa e ler atentamente todo o contrato. Vale também consultar no site do BC todos os itens detalhados que devem constar no contrato.

De uma maneira geral, segundo o Bacen, o contrato deve apresentar todos os direitos e deveres das partes, descrição do bem e respectivo preço (que será adotado como referência para o valor do crédito e para o cálculo das parcelas mensais do consorciado), condições da contemplação por sorteio e regras da contemplação por lance.

A cada mês os participantes do grupo precisam pagar a contribuição, uma mensalidade. O valor total da contribuição é a soma dos valores do fundo comum e da taxa de administração. Ainda podem incluir valores do seguro e do fundo de reserva, mas isso vai depender do contrato.

O que você precisa entender no consórcio:

O fundo comum é o valor do bem ou do serviço, dividido pelo número de prestações. Esse valor, juntamente com os recursos mensais dos demais consorciados, é utilizado para a realização das contemplações do grupo. Caso o valor do bem aumente, o valor pago mensalmente de fundo comum deverá ser ajustado na mesma proporção do aumento.

A taxa de administração corresponde ao valor pago às administradoras de consórcio pela gestão e administração do grupo, e o percentual vem especificado em contrato.

O fundo de reserva não é obrigatório. É um valor mensal como proporção do valor do bem ou do serviço. O objetivo do fundo de reserva é a cobertura de eventual insuficiência de recursos do fundo comum, entre outras finalidades.

O seguro também não é obrigatório e refere-se aos encargos dos planos de seguro contratados pela administradora em favor dos consorciados, tais como seguro de vida ou de quebra de garantia (inadimplência).

Confira seis dicas para sair do vermelho

Também a cada mês que uma ou mais cota é contemplada, ou seja, é quando um membro recebe seu valor de crédito. Mas como acontece isso?

Como ser contemplado em um consórcio?

Todo mês acontece a contemplação, que é quando um consorciado ativo recebe o direito de obter o crédito para seu bem ou serviço ou, no caso de um consorciado excluído, de receber a restituição de valores pagos. Lembrando que a taxa de administração não é reembolsável. A contemplação acontece em uma assembleia, pelo sorteio ou lance.

O lance é uma proposta feita por um dos consorciados, para pagar antecipadamente parte do valor total de contribuições que deveria fazer ao grupo. O lance é feito para que o consorciado possa ter sua cota contemplada sem depender de sorteio. Os lances devem ser feitos antes da assembleia de cada mês. Será contemplada a cota do consorciado que fizer a maior proposta.

Dependendo das regras do consórcio, todo mês pode ser contemplada uma cota por sorteio e uma por meio do lance, como um leilão. Porém, para que isso aconteça, é preciso estar especificado no contrato.

Uma vez contemplado, consorciado terá o crédito para adquirir seu bem ou serviço. A aquisição é em um fornecedor de livre escolha, sendo excepcionalmente permitido o recebimento do crédito em dinheiro. Essa caso acontece desde que o consorciado tenha quitado todas as parcelas e já tenha decorrido o prazo de 180 dias após a contemplação.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

tarifas bancárias
renegociar a dívida
A inexperiência com o dinheiro e a falta de planejamento podem levar ao descontrole financeiro
Fazer compras por impulso ou à crédito pode trazer dívidas no futuro
Guia completo sobre financiamento imobiliário