Início Notícias Finanças Pessoais Conta conjunta: saiba como funciona e se vale a pena

Conta conjunta: saiba como funciona e se vale a pena

37
casal analisando papeis para uma conta conjunta
4.2
(257)

A conta conjunta é quando duas ou mais pessoas são titulares da mesma conta bancária. Isso pode acontecer em diversas situações.

Entre cônjuges, pais e filhos, sócios e até mesmo outras configurações. Desde que os clientes tenham mais de 18 anos.

A única diferença entre abrir uma conta corrente normal e uma conjunta é que nessa última você precisa levar os documentos das duas pessoas.

Além disso, ambos os titulares precisam assinar os papéis para a abertura. Para isso, a relação de confiança é necessária ou pode haver estresse. Isso porque eles terão de agir em conjunto em todas as ações referentes à conta.

Conta conjunta exige responsabilidades de ambas as partes

Quais são os tipos de Conta Conjunta?

Existem dois tipos de conta conjunta. Compare e veja qual é a melhor para você.

1 – Conta solidária

Esse tipo é mais indicado para casais e familiares. Porque qualquer um dos titulares pode realizar transações financeiras individualmente.

Isso vale tanto para saques, quanto pagamentos e transferências. Sem a necessidade da autorização dos demais titulares da conta.

2 – Conta não-solidária ou simples

Essa é mais utilizada por sócios. Este tipo de conta não permite que um titular tenha passe livre para fazer determinada transação financeira.

Ou seja, é necessário o consentimento de todos os titulares para a realização de qualquer movimentação bancária.

Além disso, é possível pegar a sua conta individual, adicionar mais um titular a ela e transformá-la em uma conta conjunta.

Essa é uma boa opção, pois pula todo aquele processo de abertura de conta, sendo possível somente adicionar mais um titular.

É possível encerrar a conta ou excluir titulares?

No caso do encerramento, geralmente todos precisam estar presentes, decidir o que farão com o dinheiro ou dívidas disponíveis e confirmar o encerramento.

Mas, em algumas instituições a presença de apenas um dos titulares é suficiente. Vale a pena verificar junto ao seu banco qual o procedimento adequado.

Para a exclusão de titulares, todos também devem estar de acordo e assinar um documento indicativo da movimentação.

Em casos em que há problemas operacionais para a exclusão de algum titular, provavelmente será sugerido que a conta seja encerrada e uma nova seja aberta.

Existe conta-poupança conjunta?

Sim. Vários bancos oferecem a possibilidade de abertura de uma conta-poupança com mais de um titular.

Também existem as opções “simples” e “solidária”, conforme a configuração da relação entre os titulares.

Portanto todos os membros poderão administrar a conta e realizar transações.

O banco também poderá emitir cartões magnéticos para que os participantes movimentem o dinheiro. Os rendimentos são compartilhados, assim como as despesas relativas à manutenção da conta.

O que acontece quando um dos titulares morre?

Em caso de morte de um dos titulares da conta conjunta, é necessário informar ao banco o ocorrido para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

A conta conjunta simples ficará impossibilitada de ser movimentada, uma vez que todos os membros precisam concordar com a realização de transações.

Assim, ela precisará ser encerrada e o valor será redistribuído de acordo com a legislação.

Nas contas solidárias a questão é um pouco mais complicada. Porque os titulares vivos podem fazer movimentações na conta após a morte de um dos membros.

Dependendo da situação, o valor depositado na conta precisará ser inventariado e as movimentações podem ser consideradas ilegais.

Conjunta ou separada: qual a melhor opção?

As pessoas que queiram abrir uma conta conjunta precisam entrar em comum acordo para que ela não se torne um problema. Isso porque o histórico bancário fica disponível para todos os correntistas

Para muitos pode ser o fim da independência financeira. Mas um bom planejamento pode facilitar para ter uma visão geral da situação.

Portanto, é necessário fazer um orçamento mensal juntos para saberem o que estão pagando e quanto podem gastar sem prejudicar um ao outro. E assim evitarem discussões desnecessárias.

O casal que optar por ter uma conta conjunta tem de saber que, independentemente do regime de bens que casaram, em caso de separação, o dinheiro que estiver na conta será dividido em partes iguais.

Mas, a conta conjunta tem suas vantagens. As despesas estarão concentradas em um único lugar, facilitando uma dimensão melhor dos gastos e economias.

Consequentemente, também fica mais fácil planejar a compra de um imóvel, carro ou até mesmo a viagem das férias.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais para que outras pessoas possam ter acesso e saber como funciona o processo de uma conta conjunta.

O que achou disso?

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 257

Seja o primeiro a avaliar este post.

O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

37 COMENTÁRIOS

  1. Gostei, queremos muito abrir nossa conta conjunta, meu companheiro e eu, pois vai nos ajudar e muito, pagar nossas viagens, nossos Cruzeiro.

    • Olá. Tudo bem?
      Nesse caso, orientamos que entre em contato com o banco de sua preferência para verificar a possibilidade. Isso porque cada instituição tem suas próprias regras.

  2. bom dia

    me chamo daniel, e estou em processo de separação a 1 ano ja, devido a pandemia, forum fechado ainda nã colnclui, eu e minha ex companheira temos uma conta conjunta na caixa economica, onde pago todo mes sozinho o financiamento da caixa e manutenção da conta para não haver inadimplencia na casa que adquirimos, porem hoje me deparei que ela fez um saque no valor do limite e usou todo o cheque especial, sem me consultar e agorra vai acarretar juros, nesse caso, como ja estamos com o processo, e comprovando que o saque foi com cartão dela, consigo cobrar só dela isso, pois se pagar o que ela tirou, nada me impede dela sacar novamente. e vou ter problemas com o debito da parvcela da caixa pois sempre ficara negativo.

    • Olá, Daniel. Tudo bem?
      Orientamos que entre em contato com o fórum ou um advogado para solucionar dúvidas mais específicas.

  3. Ola a minha conta ela é conjunta fiz um para começar a trabalhar
    de jovem aprediz mais agora fiz 18 anos e necessario eu separar por eu ser de maior ou próprio banco ja faz isso?

    • Olá, Francisca! Tudo bem?
      É possível, sim. Os titulares devem entrar em contado com o banco ou comparecerem na agência e solicitar a migração.

  4. Boa tarde! É possível abrir contando junta com 2 MEI? Eu e minha sócia gostaríamos de abrir a conta conjunta com nossos cnpj de MEI. Tem como?

    • Olá, Natalia! Tudo bem?
      Não é possível. Acontece que, como o próprio nome diz (microempreendedor individual), a empresa MEI só pode ter um dono, a possibilidade de abrir uma sociedade MEI é proibida. Logo, não há como abrir uma conta de sócias com outra microempreendedora individual. O que seria possível, seria em outra modalidade de empresa abrir uma conta PJ (pessoa jurídica) com sua sócia.

    • Olá, Euclides! Tudo bem?
      Esta é uma situação específica e que, provavelmente, demandará o auxílio de um profissional especializado para orientá-los sobre como proceder. Por isso recomendamos que entrem em contato com o fórum ou um advogado.

  5. O meu comentário ao meu ver foi moderado, simplesmente transmitiu destacando a demora e incerteza na resposta.

    • Olá, Euclides! Tudo bem?
      Para uma melhor experiência dos os usuários do site e evitar mensagens inapropriadas, todos os comentários passam por uma revisão antes de serem aprovados para publicação. Seus comentários já foram respondidos. Obrigado pelo feedback!

    • Olá, Cleide! Tudo bem?
      Recomendamos que entre em contato com a instituição para obter informações sobre o procedimento.

  6. Gostaria de saber se em uma conta conjunta, aquele que se diz ” primeiro titular ” pode excluir o outro sem que a outra parte declare seu consentimento. E caso isso ocorra , se o banco efetuar essa exclusão ( sem consentimento da outra parte ) , o que pode ser feito ? Reportar ao Banco Central ?

    • Olá, Luiz! Tudo bem?
      Geralmente, a exclusão de um titular só é feita com a devida presença e autorização de todos os titulares da conta. A menos que haja autorização judicial ou procuração. Recomendamos que entre em contato com a instituição financeira para saber o ocorrido.

  7. Dou pensão alimentícia para minha única neta e gostaria de ter uma conta corrente conjunta com ela. É possível isto? Ela tem 12 anos.
    Aguardo,
    Obrigada

    • Olá, Vera! Tudo bem?
      É possível sim. Entre em contato com a instituição financeira e peça a abertura. Talvez você precise apresentar alguma declaração dos responsáveis, já que ela é menor de idade.

  8. Ola bom dia , tenho uma conta conjunta com minha mae queria fazer um imprestimo ,mas como funciona eu posso solicitar ou ela tem que estar junto no caso ela fazer a solicitacao ?

    • Olá, Talita! Tudo bem?
      Em uma conta conjunta, qualquer um dos titulares pode fazer transações. Recomendamos que entre em contato com a instituição financeira para dúvidas mais específcas.

  9. tenho uma conta poupança, posso passar para conta conjunta com meu pai e usar meu fgts para amortizar um financiamento de imovel no nome dele!

  10. ola tenho uma conta conjunta com meu pai no banco caixa e apenas eu sou o titular e ele dependente, se caso ele vim a falecer posso continuar usando a conta normalmente?

  11. Boa tarde! Tenho conta poupança conjunta com meu pai falecido em 09/21 na CEF. Consegui fazer saques logo após a morte dele e nunca mais mexi na conta e nem fui comunicar o óbito até pq com a pandemia e depois auxílio emergencial a Cx vivia lotada, além de fechar às 14h. Não sei se a conta era solidária. Como saber? Fico receosa de tentar encerrar a conta e exigirem a metade do vr. Meu nome aparecia primeiro pq era individual depois q ele entrou mas o atendente disse q ambos eram titulares. Oficialmente a conta era dos dois mas na verdade ele era o dono. Devido a sua idade na casa dos 90 tinha q ter alguém p agir por ele.

    • Oi, Eliane! Tudo bem?
      O titular sobrevivente pode movimentar a conta mesmo com a morte do outro titular. Mas você pode precisar apresentar extratos bancários, demonstrando os valores movimentados. Sugerimos que ligue para a instituição financeira para esclarecer todas as dúvidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui