Contas externas devem registrar déficit de US$ 3 bilhões este mês, prevê BC | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,2693
Bitcoin R$ 27.600,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,874
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Contas externas devem registrar déficit de US$ 3 bilhões este mês, prevê BC

O déficit em transações correntes, registro das operações de compra e venda de mercadorias e serviços com o exterior, deve ficar em US$ 3 bilhões neste mês, segundo projeção do Banco Central (BC).

Em janeiro, o déficit em transações correntes chegou a US$ 5,409 bilhões, recorde para o período na série histórica do BC, iniciada em 1947.

Para o chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, o aumento do déficit em conta-corrente está relacionado à expansão econômica do Brasil. “O crescimento da economia nos últimos meses repercute na maior demanda por bens e serviços e por insumos e serviços associados à atividade produtiva.”

Maciel citou, por exemplo, a conta de aluguel de equipamentos, com registros de despesas e receitas, que apresentou déficit de US$ 1,062 bilhão, em janeiro, e neste mês, até hoje, está em US$ 308 milhões.

Outra conta que influencia os resultados das transações correntes é a de viagens internacionais, que registra despesas de brasileiros no exterior e receitas de estrangeiros em visita ao Brasil. Neste caso, o déficit em janeiro foi recorde para o período ao ficar em US$ 1,146 bilhão. Neste mês, quando se reduzem as viagens de brasileiros ao exterior devido ao fim das férias, o saldo negativo está em US$ 610 milhões até hoje.

As remessas de lucros e dividendos de empresas filiais no Brasil para as matrizes no exterior chegaram a US$ 1,879 bilhão, em janeiro deste ano, contra US$ 821 milhões de igual período de 2010. Neste mês, até hoje, essas remessas estão em US$ 1,381 bilhão. Para Maciel, o aumento dessas remessas é “natural” devido ao desempenho econômico do país, o que permite bons resultados para as empresas no Brasil.

No total da conta de serviços e rendas (remessas de lucros e dividendos, pagamentos de juros, viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos e outros), o déficit em janeiro de US$ 6,021 bilhões foi 53% maior do que o do mesmo período do ano passado (US$ 3,924 bilhões).

Na conta-corrente está incluída também a balança comercial, que registrou superávit de US$ 424 milhões, em janeiro, contra US$ 180 milhões de déficit em igual período de 2010.

As transferências unilaterais correntes registraram ingresso líquido de US$ 188 milhões, no mês passado, contra US$ 283 milhões em janeiro de 2010. Segundo Maciel, “têm aumentado as remessas de estrangeiros no país às suas famílias” no exterior. No caso de brasileiros no exterior que enviam recursos ao Brasil, tem sido observada uma redução moderada.

(Agência Brasil)



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
23/02/2011 13:47:30

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Foi demitido? Saiba como obter o seguro desemprego
O seguro desemprego tem sido um recurso importante para os milhares de desempregados no Brasil. Os d...
Como começar a investir com R$3 mil?
Investir com pouco dinheiro é uma questão para muitas pessoas. Parece que para fazer uma aplicaç...
Restituição do Imposto de Renda 2018: veja cronograma
Em 2018, os milhares de contribuintes tiveram até 30 de abril para declarar o Imposto de Renda. Ago...
Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado
FGTS atrasado é uma realidade para cerca de 7 milhões de brasileiros. De acordo com a Procuradoria...
Brasileiros no Japão: emissão de vistos cresce 145%
Muitos brasileiros estão buscando novas oportunidades em outros países, e o motivo desse fluxo mig...
BC aumenta oferta do swap cambial e dólar fecha em queda
Após seis altas consecutivas, o dólar fechou em queda nos últimos dias esta semana. Para o alívi...




Publicidade