Início Notícias Investimentos Coronavírus impacta nos rendimentos da poupança?

Coronavírus impacta nos rendimentos da poupança?

0
Salvando - Portfólio
Tempo de leitura: 3 minutos
0
(0)

Que a poupança é a maneira mais tradicional e favorita dos brasileiros para guardar dinheiro nós já sabemos.

Uma pesquisa feita pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) mostrou que 88% da população ainda prefere reservar uma quantia na poupança. 

Mas, com a pandemia do coronavírus e novas reduções da taxa básica de juros, como ficam os rendimentos da poupança?

A Covid-19 pode impactar nos rendimentos da caderneta? Essas são algumas das muitas dúvidas que surgem em meio às incertezas sobre economia brasileira. 

Rendimento da poupança sente impacto com o coronavírus e as reduções da taxa de juros

Quer saber se pode haver algum impacto nos rendimentos da poupança? Então continue a leitura deste texto e saiba mais!

Como o coronavírus pode afetar a poupança?

Embora poupança e coronavírus pareçam assuntos totalmente opostos, a ameaça da pandemia da Covid-19 à saúde mundial pode sim colaborar para uma queda no rendimento do investimento financeiro mais utilizado no país. 

Isso porque o Comitê de Política Monetária do Banco Central cortou a taxa básica de juros, a Selic, em 0,75%.

Ou seja, a taxa caiu de 3,75% para 3% ao ano. Este é o menor patamar desde o início de 1996 e o terceiro corte anunciado só neste ano. A redução dos juros ocorreu em meio a inquietação sobre os efeitos do coronavírus no mundo.

O comitê argumentou, em maio, que neste momento a economia exige “estímulo monetário extraordinariamente elevado”. Além disso, deixou em aberto a possibilidade de novos cortes durante o ano.

Mas a poupança renderá menos? 

Se você tem essa dúvida, a resposta é sim. Com os juros baixos, a poupança rende menos devido a regra criada em 2012. Essa nova regra do cálculo de rendimento da poupança diz que: 

->> Quando a Selic estiver acima de 8,5%, a rentabilidade da poupança é de 6,17% ao ano. Ou seja, a poupança terá rendimento de 0,5% ao mês + a Taxa Referencial (TR); 

->> Mas se Selic for igual ou menor que 8,5% ao ano, a poupança passa a render 70% da Selic, além da TR. 

Se você deseja calcular o rendimento da sua poupança, o Banco Central disponibiliza a ferramenta calculadora do cidadão. A calculadora é responsável por fazer as contas do histórico dos rendimentos anteriores da poupança. 

+ CDB ou poupança? Saiba qual é o melhor
+ Conta Nubank rende mais que a poupança? Descubra

A inflação interfere na taxa de juros?

Ter uma economia aquecida, em geral, é bom para todos: os empresários conseguem ter mais vendas e, com isso, há mais empregos para os trabalhadores.

Em contrapartida, se há muita procura de produtos, eles podem ficar escassos e, por isso, passam a custar mais caro, gerando a inflação. 

E é aí que entram os juros. O Banco Central usa os juros como ferramenta para controlar a inflação ou, por outro lado, estimular a economia. De modo geral, acontece assim: 

–> Se a inflação estiver alta, o Banco Central sobe os juros para frear o consumo e forçar os preços a diminuírem. 

–> Quando a inflação está baixa, os juros são derrubados para estimular o consumo.

De acordo com o Banco Central, a meta para este ano é manter a inflação em 4%. No ano passado, por exemplo, a inflação fechou em 4,31% — limite da meta esperada pelo governo em 2019.

Vale a pena investir neste momento?

Com o receio por conta do coronavírus fica aquela dúvida: vale a pena apostar em algum investimento? Se você for investir a longo prazo, a resposta é: vale a pena sim! 

É normal novos investidores buscarem os investimentos que estão mais altos e valorizados no mercado.

Mas não faça isso agora! Busque investir em empresas que cresceram nos últimos meses e têm potencial a longo prazo.

A renda fixa, por exemplo, é a uma boa opção para os que são mais conservadores.

Pode ser bom investir em títulos públicos, como Tesouro Direto, Letras de Crédito (LCA – Letra de Crédito Agropecuário e LCI – Letra de Crédito Imobiliário). Há também os títulos privados, como o CDB (Certificado de Depósito Bancário).

Gostou do nosso texto? Então aproveite a visita no site e leia agora mesmo o texto “conta corrente ou conta poupança: vantagens e desvantages ” que separamos para você.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui