Cresce o otimismo do consumidor paulistano, diz FecomercioSP | FinanceOne
FinanceOne

Onde suas finanças começam!

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Cresce o otimismo do consumidor paulistano, diz FecomercioSP


São Paulo, 25/08 (Enfoque) –

Pela primeira vez desde abril do ano passado, o consumidor mostra-se mais otimista com o quadro atual da economia e com a possibilidade de uma recuperação do crescimento no futuro, segundo aponta o Índice de Confiança do Consumidor (ICC), apurado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Entre julho e agosto, o índice subiu 2,4%, passando de 97,7 pontos para 100 pontos.

Pela metodologia empregada, na escala de zero a 200, quando a percepção fica abaixo de 100 pontos, a interpretação é de pessimismo e acima dessa marca, de otimismo. Comparado ao levantamento feito em agosto do ano passado, foi constatado um avanço de 18,2%.

Na pesquisa, foram ouvidos 2,2 mil consumidores, em São Paulo. Segundo a Fecomercio/SP, essa melhoria do otimismo foi influenciada principalmente pela avaliação das condições econômicas do momento, feita por meio do Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA) que apresentou alta de 6,6%, ao passar de 51,3 pontos para 54,7 pontos.Sobre agosto do ano passado, houve elevação de 7,8%.

Os mais otimistas estão na faixa de renda abaixo de dez salários mínimos com aumento de 13,5% (de 47,2 pontos para 53,5 pontos). No universo com ganhos acima de dez salários mínimos, houve um recuo de 4,9% em relação a julho, e de 13,3% sobre igual período do ano passado.

Em relação ao Índice das Expectativas do Consumidor (IEC), ocorreu crescimento pela quarta vez consecutiva com taxa de 1,3% (de 128,6 pontos, em julho, para 130,3 pontos em agosto). Comparado a agosto do passado (com 101,6 pontos), foi registrado avanço de 28,3%.

Entre os consumidores sondados em torno das expectativas futuras com ganhos até dez salários mínimos, o índice teve elevação de 2,8% (de 124,8 pontos, em julho para 128,3 pontos ,em agosto).

Acima deste teto, no entanto, a variação foi de uma queda de 1,5% (de 136,6 pontos, em julho, para 134,5 pontos em agosto). Sobre agosto de 2015, houve crescimento em ambos os casos, de 32,4% e 20,8%, respectivamente.

Em nota, a FecomercioSP, avalia que “apesar da recuperação em relação ao mês anterior, as condições econômicas atuais do brasileiro permanecem ruins (inflação alta, desemprego em elevação e crédito escasso e caro) e a alta da confiança do consumidor nos últimos meses foi quase que inteiramente motivada pela melhora nas expectativas iniciada durante o começo do governo interino”.

Para a entidade, a retomada do nível de atividade depende das reformas fiscais propostas, medidas que considera fundamentais para a queda dos juros e estabilização do real.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 25/08/2016 16:43:38

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora







Mais lidos

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando quase no fim e as empresas não param de crescer. Para se ter uma ideia, a  p ...
Os jogadores mais bem pagos do mundo em 2018
Quem são os jogadores mais bem pagos do mundo? Muito provavelmente você vai responder Cristiano Ro ...




Ebook do FinanceOne

Ebook gratuito investidor iniciante

Quer investir mas não sabe como? O Guia Completo do Investidor Iniciante traz os primeiros passos para você começar a investir e ganhar dinheiro!

BAIXAR AGORA!

Publicidade


 

Guias

Calculadoras