Início Notícias Finanças Pessoais Quarentena: confira 7 cursos de educação financeira online

Quarentena: confira 7 cursos de educação financeira online

0
duas pessoas fazendo um planejamento empresarial
0
(0)

Durante a quarentena milhões de brasileiros se perguntam o que fazer para passar o tempo sem sair de casa. E uma das melhores formas de aproveitar esse momento é investindo em educação financeira.

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já está causando um grande impacto na economia mundial e esse cenário ainda pode se agravar. Por isso apostar em conhecimento sobre finanças pessoais é uma atitude inteligente.

Quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o surto da Covid-19 como pandemia, o Governo estimava que o crescimento este ano seria de 2,1%.

Depois, com o aumento de mortos e de pessoas infectadas, a revisão dos cálculos foi mais pessimista. A equipe econômica prevê estagnação e um crescimento próximo de zero (0,02%).

Mercados e instituições privadas estimam números ainda menores. Segundo o jornal El País, a Fundação Getúlio Vargas, por exemplo, prevê contração de 4,4%, com riscos de se sentir efeitos negativos até 2023.

Cursos online sobre educação financeira para fazer na quarentena

Se a economia mundial é afetada, a local também é e, consequentemente, o seu bolso. Ainda não há estimativas oficiais sobre desemprego durante esta pandemia. Mas é importante estar preparado da melhor forma para lidar com a crise.

Ainda que você não perca seu emprego, seja autônomo ou não, nunca foi tão importante saber como lidar com o dinheiro.

Saber poupar, estabelecer metas e escolher bons investimentos poderá te ajudar a passar pela situação sem ficar no vermelho. Por isso, FinanceOne recomenda que, durante a quarentena, invista tempo em educação financeira.

Neste artigo, você irá descobrir sete cursos totalmente online e gratuitos sobre o assunto, para fazer enquanto estão vigentes as medidas de distanciamento social.

5 motivos para fazer um curso online sobre finanças:

  • aumentar as chances de passar pela pandemia sem ficar no vermelho;
  • aprender quais são os melhores investimentos neste cenário de crise;
  • entender melhor quais devem ser suas metas e prioridades financeiras;
  • levar o conhecimento sobre finanças para toda a vida;
  • aproveitar que está em casa e possui mais tempo livre.

Na lista de cursos online sobre educação financeira, a maioria oferece certificados e todos eles são gratuitos.

7 cursos online sobre educação financeira

1. Gestão Financeira – Sebrae

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) oferece nesta quarentena um curso online de gestão financeira voltado para empresas. São apenas três horas de duração e o prazo para conclusão é de 15 dias.

São quatro módulos de aprendizados com os temas: importância da gestão financeira; fluxo de caixa; controlando o giro de caixa; e controle e análise de estoques. O curso tem certificado digital com verificação de autenticidade, 100% gratuito.

Carga horária: três horas
Disponibilidade: 15 dias
Custo: gratuito
Certificado: sim

2. Bolsa blindada – técnicas de economia pessoal – EduK

Esse curso é fruto de uma parceria entre Patricia Lages, do best seller “Bolsa Blindada”, e a eduK, plataforma online que oferece aulas sobre vários assuntos.

Totalmente gratuito e focado em finanças pessoais, aborda, noções de economia básica, planilha de orçamento, dívidas e uso consciente. São três módulos, cada um com três aulas de cerca de 50 minutos e uma proposta de atividade.

Carga horária: sete horas
Custo: gratuito
Certificado: não

3. Educação Financeira para Jovens – CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) possui um portal com diversos cursos voltados para a Educação Financeira. Neste, o conteúdo é voltado para o público jovem, visando estimular a reflexão sobre a importância do assunto.

Entre os assuntos abordados estão: consumo consciente e equilíbrio financeiro; orçamento como instrumento para a vida financeira; diferenças e relações entre poupar e investir.

O curso também fala sobre planejamento financeiro a curto e médio prazo; causas do endividamento e alternativas para sair desta condição; e cultura da poupança.

Carga horária: não informado
Custo: gratuito
Certificado: não

4. Gestão de Finanças Pessoais – Escola Virtual Gov

Esse curso foi desenvolvido pelo Banco Central do Brasil, em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf).

As aulas apresentam conceitos básicos de gestão de finanças pessoais e estimulam a reflexão sobre temas do cotidiano das pessoas de forma lúdica.

“Por meio de vídeos animados, o curso conta a divertida história da família de Tarcísio e seus amigos, que buscam utilizar o dinheiro de modo consciente e otimizar seus gastos!”

Carga horária: 20 horas
Disponibilidade: 30 dias
Custo: gratuito
Certificado: sim

Cursos oferecem noções sobre educação financeira online

5. Me Poupe! Invista com Nathalia Arcuri – EVG

Certificado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o curso em parceria com a jornalista e especialista em finanças Nathalia Arcuri aborda assuntos de investimentos e dívidas. São 20 horas de aulas totalmente online e gratuitas.

O conteúdo aborda organização financeira; mitos e verdades sobre casa própria; e investimentos. As dicas sobre educação financeira são apresentadas de um jeito simples, com vídeos divertidos e dinâmicos.

Carga horária: 20 horas
Disponibilidade: 30 dias
Custo: gratuito
Certificado: sim

6. Finanças Pessoais – Fundação Bradesco

O curso da Fundação Bradesco vai te ajudar a administrar melhor suas finanças pessoais, mostrando como construir e administrar o orçamento pessoal e/ou familiar e como estabelecer um planejamento financeiro para definir objetivos e conquistá-los.

A estrutura abrange oito módulos com várias aulas com temas que vão desde a introdução com noções básicas, até noções de crédito. Não há pré-requisitos para realizar o curso, mas a idade mínima indicada é 15 anos.

Carga horária: 7 horas
Disponibilidade: 30 dias
Custo: gratuito
Certificado: sim

7. Educação financeira – Senai

Mais um curso sobre finanças pessoais é o do Senai, 100% online e gratuito, para com possui 14 anos ou mais.

As aulas vão ensinar a controlar as suas finanças, planejando o orçamento e fazendo investimentos em situações imprevistas e nas eventuais crises econômica.

A duração é de 20 dias a partir da data de inscrição e a carga horária total é de 14 horas. Os módulos abrangem conhecimentos sobre perfil financeiro; importância da educação financeira; planejamento e finanças pessoais; direitos do consumidor endividado; investimentos; e outros.

Carga horária: 14 horas
Disponibilidade: 20 dias
Custo: gratuito
Certificado: sim

Educação financeira se torna essencial para cenário econômico

O avanço global da pandemia da Covid-19, doença causa pelo novo coronavírus, tem paralisado atividades econômicas de diversos setores. Por isso, o impacto financeiro dessa crise será agressivo para muitos.

Alguns exemplos das consequências na atividade mundial são o fechamento de fábricas, a suspensão de programas de TV, adiamento de eventos, a suspensão de atividades em pontos turísticos, como os parques de Orlando.

Até as Olimpíadas de Tóquio, que seriam realizadas entre 24 de julho e 9 de agosto deste ano, foram adiadas para 2021. Tudo isso já está gerando um impacto financeiro na vida de milhares de pessoas.

Crise do coronavírus será desafio para famílias em todo o mundo

Diversos especialistas apontam que a economia global irá desacelerar em 2020 e vários países deverão entrar em recessão.

O secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Angel Gurría, aponta que o choque econômico já é maior do que as crises 2008 ou 2001.

É por este motivo que nunca foi tão importante estar bem informado sobre educação financeira. Seja para organizar o seu orçamento pessoal e familiar ou o da sua empresa.

Saber cuidar do seu bolso é uma contribuição necessária para evitar que este cenário seja o menos negativo possível.

+ Crise do coronavírus: é hora de investir no Tesouro Direto?

Brasil já tem 57 mortes causadas pela Covid-19

Segundo informações da Agência Brasil, o número de mortes de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, chegou a 57 no Brasil. A atualização é da última quarta-feira, 25, do Ministério da Saúde.

Até terça-feira, 24, o número de pessoas que vieram a óbito estava em 46. Na segunda, foram contabilizadas 34 mortes. Ou seja, houve um aumento superior a 20 casos fatais em poucos dias.

O total de casos confirmados já havia chegado a 2 mil, um acréscimo proporcional de 16%. As mortes são nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Amazonas.

Enquanto isso, autoridades governamentais em todo o mundo batalham para fazer valer as medidas de prevenção. Aqui no Brasil, assim como em outros países, estão vigentes estratégias de isolamento e distanciamento social.

O isolamento total é recomendado a quem apresentou sintomas e a moradores da mesma residência do paciente sintomático, bem como a idosos acima de 60 anos, pelo prazo de 14 dias.

Uma vez terminado esse período, não haveria mais necessidade da medida, a não ser em casos de uma condição médica específica.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui