Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Diário Oficial da Argentina traz publicada a expropriação da YPF

Escrito por: Redação em 7 de maio de 2012

O governo da Argentina publicou hoje (7) no Diário Oficial a decisão de expropriar a petrolífera YPF, administrada pela espanhola Repsol. Pelo texto, 51% das ações da petrolífera ficarão sob responsabilidade estatal em defesa do interesse público e autossuficiência do setor de petróleo. A medida tem 19 artigos.
O texto se refere à preservação no setor do petróleo no que diz respeito à prospecção, exploração, industrialização, transporte e comercialização de hidrocarbonetos. O texto informa ainda que a medida tem o objetivo de garantir o desenvolvimento econômico com equidade social, assegurando a criação de empregos e o aumento da competitividade com desenvolvimento na Argentina.
Além disso, o responsável pela Comissão Nacional de Valores, Alejandro Vanolli, convocou para hoje uma reunião do conselho para implementar as definições da lei, publicada hoje no Diário Oficial.
A expropriação da YPF foi definida pela presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, no último dia 16. A decisão causou reações negativas e positivas na Argentina e no mundo. Os argentinos apoiaram a medidas por acreditar que representa a defesa da soberania nacional. Os europeus condenaram a decisão que, segundo eles, pode ameaçar a legislação internacional de comércio.

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
07/05/2012 09:16:41

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

fraude
Brasil e Chile
crise
Economia da América latina
Trabalhadores da indústria temem perder empregos para robôs