Diretor do BC sinaliza novos aumentos da Selic para conter inflação | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$3,91
Euro R$4,48
Libra R$4,99
Peso R$0,13
Bitcoin R$25.487,16
Ethereum R$1.216,73
Litecoin R$231,83
Ripple R$1,36
Bovespa 81.533,08
CDI 2,64% a.a
Selic 6,40% a.a
Poupança 0,50% a.a
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Diretor do BC sinaliza novos aumentos da Selic para conter inflação

(Ag. Brasil) – O governo acha que as medidas macroprudenciais já adotadas para diminuir a demanda por crédito e a elevação da taxa básica de juros (Selic) são suficientes para conter a inflação, que acumula 6,51% nos últimos 12 meses terminados em abril. Mas, se isso não ocorrer, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) poderá prolongar os ajustes na Selic até onde for necessário.

Esse foi o recado que o diretor de Política Econômica do BC, Carlos Hamilton Araújo, transmitiu hoje (19), em Recife, onde anunciou o Boletim Regional de abril, com a evolução dos indicadores econômicos por região. Ele reafirmou a determinação da autoridade monetária, de trazer a inflação para o centro da meta de 4,5% ao ano até o fim de 2012, e admitiu que além do aumento da Selic, “outras medidas poderão ser adotadas”.

Hamilton acredita, contudo, que as medidas adotadas de dezembro de 2010 para cá, com o objetivo de reduzir o ritmo da economia, farão mais efeito no segundo semestre deste ano, uma vez que há uma defasagem considerável entre a tomada de decisão e seu impacto na demanda por consumo e na inflação. Ele ressaltou que o BC já detectou queda acentuada na concessão de crédito a pessoas físicas, no primeiro quadrimestre do ano, o que mostra uma economia em ritmo menos forte que em 2010.

O diretor do BC afirmou que os principais indicadores econômicos apontam “arrefecimento” do ritmo de expansão da demanda e moderação do crescimento da produção. Fatores consistentes, segundo ele, com os efeitos das medidas macroprudenciais, adotadas para reduzir o risco sistêmico do setor financeiro, como o aumento do compulsório bancário, no início de dezembro, que retirou R$ 61 bilhões de circulação, de acordo com cálculos do próprio BC, e contraiu a oferta de crédito. Este, além de escasso, ficou mais caro.

Referindo-se ao Boletim Regional, motivo de seu deslocamento à capital pernambucana, Carlos Hamilton disse que a atividade econômica na Região Norte registrou dinamismo expressivo de janeiro a março; bem mais forte que o desempenho da economia no país como um todo. A economia nordestina, por exemplo, ratifica a tendência de arrefecimento da atividade, com desempenho negativo na indústria, menor expansão das vendas no varejo e a eliminação de empregos formais, disse ele.

 



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
20/05/2011 07:27:49

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora







Mais lidos

Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando na metade e as empresas não param de crescer. Esse é o resultado da pesquisa ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...
Descubra quais são as 20 profissões em alta no Brasil em 2018
São muitas profissões. Mas, qual escolher? É necessário analisar alguns fatores. Entre eles, sua ...




Publicidade