Início Notícias Finanças Pessoais Saiba se vale a pena pegar empréstimo para pagar dívidas

Saiba se vale a pena pegar empréstimo para pagar dívidas

0
Mulher fazendo anotações utilizando calculadora
1
(1)

Há meses e situações em que a renda mensal não é capaz de manter as contas em dia. Nesse caso, vale a pena pegar empréstimo para pagar dívidas?

Essa resposta é variável e depende das circunstâncias. É possível que o empréstimo compense para trocar uma dívida cara como a do cheque especial ou cartão de crédito.

O primeiro passo é entender que o empréstimo pode trazer a solução momentânea. Mas, depois você terá que pagar o valor com a cobrança de taxas e juros.

Por isso, é importante verificar com detalhes o orçamento. Descreva tudo o que você ganha e gasta ao mês. Assim como todas as suas dívidas, especificando o valor e o tempo que está com o débito atrasado.

Depois disso, ficará mais fácil fazer uma análise sobre o tipo de cobrança e o tempo que terá para pagar. Esses são dois fatores que influenciarão sobre como lidar com as despesas em atraso.

Para quem tem dívida no cartão de crédito, os encargos são os mais caros do mercado. Demorar para resolver a situação pode piorar ainda mais.

Nesse contexto, pode ser favorável optar pelo empréstimo e pagar por juros menores.

Mas, antes de fechar o contrato com uma instituição financeira, a dica é procurar outras opções para conseguir o dinheiro.

Como por exemplo, perguntar se amigos próximos ou familiares podem emprestar uma quantia. Isso porque você conseguirá o dinheiro e não terá que arcar com juros progressivos no decorrer do tempo.

Abaixo, veja outras situações em que vale a pena pegar empréstimo para pagar dívidas.

Limpar o nome do SPC e Serasa

Em geral, quem está com nome sujo no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa tem dívidas que não consegue pagar a longo prazo.

Isso pode ser um impeditivo para fazer um financiamento, alugar um imóvel ou conseguir crédito. A solução é limpar o nome com rapidez. O empréstimo pode proporcionar isso.

Não esqueça, porém, que essa deve ser uma opção caso não consiga o valor da dívida para pagá-la.

Desconto na dívida com pagamento à vista

Todo ano, o Serasa realiza o ‘Feirão Limpa Nome’. Nele, os credores e devedores podem negociar descontos para liquidar as dívidas.

É possível que a conta seja reduzida em até 90% do valor total. Em muitos casos há, no entanto, a condição de que o valor seja pago à vista, sem parcelamento.

Assim, compensa fazer o empréstimo para ter o dinheiro disponível para pagar a dívida. O desconto da conta em atraso vale a pena.

Verifique a taxa de juros antes de fechar o empréstimo

Alguns cuidados devem ser tomados antes de fechar contrato de empréstimo para pagar dívidas. É fundamental avaliar a taxa de juros e os encargos cobrados.

Esses valores são variáveis de um banco para o outro. Se a taxa estiver muito alta pode ser que as despesas com ela façam um rombo ainda maior no seu orçamento.

Existem algumas situações que pegar empréstimo para pagar dívidas pode ser uma boa solução

As fintechs têm se destacado nesse mercado pois oferecem taxas de juros menores que os bancos tradicionais. Ficou interessado?

Então, conheça seis fintechs que oferecem empréstimos para pessoas físicas.

Avalie sua capacidade de pagamento

Também é importante certificar se o valor das parcelas do empréstimo cabe no seu rendimento mensal. Levando em consideração os juros e amortizações.

A isso depende a estabilidade do seu fluxo mensal, incluindo o salário e outras fontes de renda extra.

Especialistas indicam que o valor destinado ao empréstimo para pagar dívidas não ultrapasse 30% da renda líquida.

Leia os contratos com atenção para não ter dores de cabeça no futuro.

Tome cuidado com falsos empréstimos

Hoje em dia é cada vez mais comum solicitar empréstimo por meio da internet. Mas é importante tomar alguns cuidados para que você não caia em golpes e acabe se enrolando ainda mais com as suas dívidas.

A primeira coisa é somente solicitar empréstimos com instituições financeiras que sejam conhecidas no mercado. Além disso, é sempre bom pesquisar sobre o banco para ter certeza que o dinheiro do empréstimo vai cair na sua conta e você conseguirá pagar as suas dívidas.

Vale lembrar que grande parte das transações são criptografadas e existem diversos mecanismos de segurança de dados que protegem sua transação. Mas ainda assim, é importante ter alguns cuidados com emails ou mensagens que pareçam estranhas. 

Caso seja necessário, ligue para o banco em questão e verifique a autenticidade da comunicação antes de seguir os passos indicados. 

Lembre-se que fornecer os seus dados para as instituições verificarem seu histórico de crédito é uma operação necessária para que o valor seja liberado. Por isso, as empresas que não realizam esse processo de checagem e não solicitam informações do cliente podem ser maliciosas. 

Outra informação importante é que a cobrança de taxas antecipadas não é permitida pelo Banco Central. Sendo assim, bancos sérios não fazem esse pedido. 

Vale frisar ainda que todas as empresas de empréstimos pessoais devem estar registradas como pessoa jurídica.

Analise a sua situação financeira, portanto, para ver se o empréstimo vale a pena. Ele não é a solução adequada para qualquer crise no seu orçamento doméstico. Fique atento!

O que achou disso?

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui