Fundo em cota de FIP poderá manter classificação | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,843
Euro R$ 4,457
Bitcoin R$ 24.664,04
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,053
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Fundo em cota de FIP poderá manter classificação

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou a Instrução 589, que permite que os fundos de investimentos em cotas de FIP (FIC-FIP) possam manter a sua classificação como fundos de investimento em cotas. Segundo a autarquia, a mudança possibilita que os FIC-FIPs já existentes não alterem a sua classificação como fundos de investimento em cotas, já que esta categoria foi extinta com a edição da instrução 578, há um ano.

A CVM diz que a mudança foi necessária devido às regras tributárias, que conferem aos FIC-FIPs alíquotas mais favoráveis – eles devem investir no mínimo 90% em cotas de outros FIPs. Com a instrução 578, os FIPs passaram a ficar livres para investir qualquer percentual da carteira em cotas de outros FIPs, inclusive combinando com o investimento direto nos ativos elegíveis. A legislação tributária, contudo, não foi alterada, sendo mantido o tratamento mais benéfico para os FIPs que investem no mínimo 67% em ações e para os FIC-FIP.

Com a exclusão da categoria FIC-FIP, os fundos teriam de migrar para outras classificações, perdendo o benefício voltado para esta categoria e também não conseguindo enquadrar sua carteira para possuir 67% de ações. Assim, para não prejudicar os cotistas que já aderiram a esses fundos existentes e que ficariam desenquadrados da situação tributária mais favorável, a CVM optou por estabelecer uma situação excepcional para o estoque: os FIC-FIPs já constituídos permanecem nos termos da Instrução 391.

Fonte: Valor Econômico







Mais lidos

Reembolso em planos de saúde: como funciona e como pedir
Quem nunca se consultou com um médico durante anos? E, depois teve que mudar porque ele passou a n...
Transações do mercado imobiliário superam R$472 bi no Brasil
O setor de imóveis volta a crescer em 2018. As transações do mercado imobiliário brasileiro movi...
Aprenda a driblar esses 4 inimigos do seu bolso
Administrar a vida financeira não é uma tarefa fácil, ainda mais na sociedade atual onde a todo m...
Taxas do Tesouro Direto: quais são e quanto custam
Tesouro Direto é um tipo de investimento de renda fixa. Isso significa que, ao aplicar nessa modali...
Onde conseguir crédito mais barato para seu negócio?
Para conseguir crédito mais barato é preciso muita pesquisa. Isso é fundamental para evitar o des...
Truques para cumprir metas ainda este ano
O segundo semestre de 2018 começou há pouco. E o que você fez até então? Toda aquela lista da r...




Publicidade