Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,279
Bovespa 74.538,54
CDI 8,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Euro R$ 3,868
Libra R$ 4,326
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do Dólar Hoje e Euro hoje


IAEmp avança e atinge maior nível desde outubro de 2010


São Paulo, 06/10 (Enfoque) –

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 3,5 pontos em setembro, atingindo 93,7 pontos. Após a sétima alta consecutiva, o IAEmp alcança o maior nível desde outubro de 2010 (94,3 pontos), sinalizando arrefecimento do ritmo de queda de pessoal ocupado na economia brasileira nos meses seguintes.
 
O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) por sua vez cresceu 2,8 pontos em setembro, para 98,6 pontos, o maior desde maio de 2016. Ao interromper uma série de três quedas consecutivas, o resultado sinaliza incerteza recuperação lenta das condições presentes do mercado de trabalho.
 
“O índice antecedente de emprego reforça a ideia de uma recuperação na geração de emprego ao longo do próximo ano, visto que sua melhora decorre das perspectivas de melhora dos negócios nos seis meses seguintes. Já o índice coincidente de emprego mostra que a situação atual do mercado de trabalho continua difícil, com os consumidores expressando dificuldade de se encontrar e manter o emprego. No momento, os sinais de retomada do mercado de trabalho ainda parecem frágeis, dependendo muito mais das expectativas acerca do futuro do que de uma melhora nas condições atuais da economia”, afirma Fernando de Holanda Barbosa Filho, Economista da FGV/IBRE.
 
Destaques do IAEmp e ICD
Os componentes que mais contribuíram para a alta do IAEmp em setembro foram os indicadores que medem o grau de otimismo com a evolução dos negócios nos seis meses seguintes e o grau de satisfação com a situação atual dos negócios, ambos da Sondagem da Indústria de Transformação,com variações de 11,3 e 7,1 pontos, respectivamente.
 

Em relação ao ICD, as classes de renda familiar que mais contribuíram para a alta do indicador foram as dos consumidores com rendimentos familiares mensais entre R$ 4.800, 01 e R$ 9.600,00 e até R$ 2.100,00, cujo Indicador de percepção de facilidade de se conseguir emprego (invertido) variou 1,0 e 0,9 ponto, respectivamente.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 06/10/2016 08:33:54

LATAM - Ofertas Brasil - Finance One

Mais lidos

Governo cria Comissão Especial de Reforma do Estado para melhorar gestão pública
  São Paulo, 06/10 (Enfoque) - O governo instituiu hoje (6) a Comissão Especial de Reforma ...
5 tipos de renda passiva
5 tipos de renda passiva O ser humano não é imortal. Uma hora o corpo chega ao limite e precisa...
6 dicas para sair do vermelho
6 dicas para sair do vermelho Há casos em que a gente só enxerga o buraco depois que ele passa do...
Características e curiosidades da economia brasileira
Entendendo a economia de um país, fica melhor a compreensão de sua situação no momento. Com isso...
Melhores aplicativos para ajudar nas suas finanças
Pagar para um acompanhamento profissional não custa barato. Então usufrua desse serviço de graça...
5 melhores cartões sem anuidade
Um dos adventos criados pelo ser humano é o cartão de crédito. O que não são muito legais são ...

Publicidade