Ibovespa tem semana de recuperação; Wall St. volta a subir | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,2693
Bitcoin R$ 28.599,99
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,874
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Ibovespa tem semana de recuperação; Wall St. volta a subir

Após um início de mês com os mercados em tensão com os conflitos no Egito, as bolsas tiveram tranqüilidade após a renúncia do ditador Mubarak. O cenário também ficou mais positivo com os dados da economia americana.

Mercado externo

Como principal destaque da semana, o Federal Reserve divulgou a ata de última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc). Os membros do comitê se mostraram confiantes que a economia americana mostra sinais de recuperação em janeiro, o que levou alguns dos diretores da instituição a sugerir a redução do programa de compra de título de US$ 600 bilhões.

O documento mostrou também uma ligeira preocupação com a pressão inflacionária, mas não o suficiente para se cogitar uma mudança na política de juros. Além disso, o Fed elevou a sua previsão para o crescimento econômico em 2011 para um intervalo de 3,4% a 3,9%, contra a estimativa anterior de 3,0% para 3,6%.

Também merece destaque na semana os índices de inflação. Na terça-feira foi informado que os preços dos bens importados janeiro apresentaram alta de 1,5% no período, segundo informações do Departamento de Trabalho do país. Já os preços dos exportados subiram 1,2% no período. Na quarta, foi a vez do o índice de preços do atacado (CPI) mostrar alta de 0,8%, puxado pelos altos custos da gasolina. Excluindo do cálculo os preços de energia e alimentos, a inflação ao produtor subiu 0,5%, a maior alta mensal desde outubro de 2008.

Já o índice de preços ao consumidor norte-americano, divulgado na quinta-feira, registrou em janeiro alta de 0,4%, puxado em grande parte pelos altos preços de alimentos e combustíveis. Excluindo estes itens do cálculo, a inflação ao consumidor subiu 0,2%, acima do esperado, de 0,1%.

O período também trouxe os números das vendas do varejo americano, que cresceram 0,3% em janeiro, marcando o sétimo mês seguido de alta, informou o Departamento de Comércio do país.

No caso da produção industrial de janeiro, houve queda de 0,1%. Os dados mostram um resultado mais fraco do que o mercado estimava, uma vez que a aposta era de alta de 0,4%. Ao excluir a produção de automóveis, a produção industrial teve alta de 0,1%. Já a capacidade utilizada das fábricas caiu para 76,1% em janeiro.

Outros indicadores foram divulgados durante a semana e contribuíram para que Wall Street encerrasse a semana em alta. No caso do Dow Jones, a alta foi de 1,0% aos 12.391,1 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,0% aos 1.342,98 pontos. Confira os gráficos de longo prazo:

Mercado interno

Como já tradicional, no Brasil a semana foi marcada pela divulgação de índices de inflação, da balança comercial e do relatório Focus, que apontou para décima semana consecutiva de alta na expectativa do IPCA para o final do atual calendário, de 5,66% para 5,75%. Já para o final de 2012, a aposta agora é de 4,70%.

No caso da balança comercial brasileira, foi registrado um superávit comercial de US$ 548 milhões, contra US$ 432 milhões registrados na semana anterior. Com isso, em fevereiro o saldo comercial é de US$ 980 milhões.

 

Entre os índices de inflação, destaque para o IPC-S de 15 de fevereiro de 2011, que apresentou variação de 0,82%, 0,34 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa registrada na última divulgação. Cinco das sete classes de despesa pesquisadas registraram decréscimos em suas taxas de variação.

Já o IPC das Fipe registrou variação de 0,95% na segunda semana do mês, depois de alta de 1,12% na primeira medição de fevereiro, ao passo que o (IGP-10), da Fundação Getulio Vargas, variou 1,03% em fevereiro deste ano, taxa superior à registrada no mês anterior (0,49%). A alta foi puxada pelos subíndices de Preços ao Produtor Amplo (IPA) e de Preços ao Consumidor (IPC).

Por fim, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que variou 0,88%, no segundo decêndio do mês de fevereiro. No mês anterior, para o mesmo período de coleta, a variação foi de 0,63%. O segundo decêndio do IGP-M compreende o intervalo entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Além disso, o IBGE divulgou que, em dezembro, o comércio varejista do país apresentou variação de 0,0% para o volume de vendas e 1,0% para a receita nominal, na relação mês/mês anterior com ajuste sazonal, indicando uma acomodação no que tange ao volume de vendas (após sete meses de resultados positivos) e crescimento da receita nominal de vendas pelo décimo segundo mês consecutivo.

 

Com isso, o principal índice da bolsa paulista, o Ibovespa, teve alta acumulada de 3,5% e encerrou com 68.067 pontos. Confira o gráfico de longo prazo, as maiores altas, baixas e as ações mais negociadas da semana:



 
Maiores Altas

Ativo

Código

Último

Variação

CIELO

CIEL3

13,25

14,62%

MMX MINER

MMXM3

10,40

13,17%

REDECARD

RDCD3

21,08

12,91%

USIMINAS

USIM5

21,03

10,39%

BRF FOODS

BRFS3

29,65

9,53%


Maiores Baixas

Ativo

Código

Último

Variação

GOL

GOLL4

23,00

-2,99%

USIMINAS

USIM3

26,47

-2,32%

BRASKEM

BRKM5

19,95

-1,72%

BRASIL TELEC

BRTO4

12,90

-1,53%

BMFBOVESPA

BVMF3

11,69

-1,52%


Mais Negociadas

Ativo

Código

Último

Volume

Segmento

VALE

VALE5

R$ 50,24

2.784.292.736,00

Minerais Metálicos

PETROBRAS

PETR4

R$ 27,37

2.423.653.056,00

Exploração e/ou Refino

ITAUUNIBANCO

ITUB4

R$ 38,04

1.201.684.640,00

Bancos

OGX PETROLEO

OGXP3

R$ 18,12

1.178.116.432,00

Exploração e/ou Refino

BRASIL

BBAS3

R$ 31,14

1.077.121.568,00

Bancos


 

 

Mercado Cambial

Em uma semana marcada pela recuperação dos mercados acionários no Brasil, o dólar comercial seguiu a mesma tendência e encerrou a semana em queda. O Banco Central teve atuação constante, realizando leilões no mercado à vista, a termo e também swap cambial reverso. No entanto, as intervenções não impediram a desvalorização do dólar.

Neste cenário, o dólar comercial teve queda de 0,2% e fechou a R$ 1,6640. Confira o gráfico:



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
18/02/2011 19:02:34

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Foi demitido? Saiba como obter o seguro desemprego
O seguro desemprego tem sido um recurso importante para os milhares de desempregados no Brasil. Os d...
Como começar a investir com R$3 mil?
Investir com pouco dinheiro é uma questão para muitas pessoas. Parece que para fazer uma aplicaç...
Restituição do Imposto de Renda 2018: veja cronograma
Em 2018, os milhares de contribuintes tiveram até 30 de abril para declarar o Imposto de Renda. Ago...
Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado
FGTS atrasado é uma realidade para cerca de 7 milhões de brasileiros. De acordo com a Procuradoria...
Brasileiros no Japão: emissão de vistos cresce 145%
Muitos brasileiros estão buscando novas oportunidades em outros países, e o motivo desse fluxo mig...
BC aumenta oferta do swap cambial e dólar fecha em queda
Após seis altas consecutivas, o dólar fechou em queda nos últimos dias esta semana. Para o alívi...




Publicidade