Início Arquivo Ideias criativas e econômicas para a decoração de Natal

Ideias criativas e econômicas para a decoração de Natal

0
(0)

A decoração de Natal é algo que empolga grande parte dos brasileiros quando chega final de ano. Mas ela pode sair muito cara, por isso vale a pena sair do óbvio e investir em opções mais econômicas.

Ao invés de comprar bolas e penduricalhos superfaturados, uma saída pode ser fazer seus próprios enfeites. Ou ainda realizar uma boa pesquisa de preços antes de comprar.

+ Gasto médio no Natal será de R$ 125: como economizar?

O famoso DIY (Do It Yourself ou faça você mesmo) é a solução que muitos brasileiros encontram para economizar no Natal.

Mesmo se você não leva muito jeito para trabalhos artesanais, saiba que há itens bem simples que pode fazer.

Como economizar na decoração de Natal
Descubra como economizar na decoração de Natal

Confira ideias criativas e econômicas

Faça você mesmo

Um dos enfeites que não pode faltar na decoração de fim de ano é a bola de natal, seja para colocar na árvore ou para usar em outros espaços, como a mesa da ceia.

Apesar de ser um dos itens mais comuns, algumas ainda são superfaturadas, chegando a custar mais de R$10 a unidade, no caso das mais elaboradas. Porém, se trata de um objeto simples.

Uma bola de isopor, cola, barbante e artifícios decorativos como glitter, fitas e lantejoulas são o suficiente para fazer uma bola de natal exclusiva e muito mais barata.

Reciclagem

A reciclagem é outra forma de economizar na decoração de natal. Jornais e revistas, assim como canudos e descartáveis, em geral, são muito utilizados para isso.

O importante, nesses casos, é observar a higiene do material utilizado.

Reaproveitamento

Ao contrário da reciclagem, o reaproveitamento consiste em usar material que não foi descartado, mas que pode ter um novo uso. E a decoração de Natal é a oportunidade perfeita para isso.

Até mesmo elementos naturais, como pinhas e galhos de plantas podem ser usadas em guirlandas, penduricalhos e enfeites em geral. Dica: lave as pinhas antes de colar!

Como economizar nas compras de decoração de Natal

Agora, para aqueles que não têm tempo de fazer a própria decoração ou que não gostam de projetos artesanais, ainda é possível economizar na decoração de Natal.

Para isso, é preciso realizar compras inteligentes. Confira algumas dicas:

1. Avalie custo-benefício

Se você observar, vai perceber que os enfeites de Natal, em sua maioria, são muito frágeis. E por serem utilizados apenas uma vez no ano, acabam tendo um aproveitamento baixíssimo em relação ao preço pago.

Por isso, na hora de comprar sua decoração, preste atenção na qualidade do produto e pense: será que ele vai sobreviver guardado no armário para que eu possa utilizá-lo de novo no próximo Natal?

Principalmente quando se trata de produtos a base de cola, a resposta para essa pergunta muitas vezes é negativa. Enfeites costurados e com materiais mais resistentes tendem a sobreviver a mais de um Natal.

2. Comprar no atacado

É extremamente improvável que alguém utilize apenas uma bola de Natal em sua decoração, certo? Então por que pagar neste produto o preço do varejo, se o atacado (mais quantidade) pode sair até 50% mais barato?

A maior parte das lojas de decoração não oferece essa opção de compra para o grande público. Porém, centros comerciais voltados para lojistas e para compras em quantidade costumam oferecer.

Então, pense duas vezes antes de comprar sua decoração de Natal em shopping centers, por exemplo, e considere a possibilidade de visitar lugares como o Saara, no Rio de Janeiro, a famosa 25 de março, em São Paulos, e outros centros ao redor do Brasil.

3. Vender e trocar itens

Um fator que faz muitas pessoas gastarem além da conta na decoração de Natal é a tradição de mudá-la todo ano. Seja a cor, o estilo, muitas famílias gostam de alternar e não querem repetir decorações.

Nesse caso, vender seus itens de segunda mão a um preço mais barato pode representar uma boa economia. Além de ajudar a produzir menos lixo. Converse com amigos e familiares.

Outra opção é trocar itens de decoração, como quem troca figurinhas. Sabe aquele papai Noel empoeirado que você não gosta mais? Alguém pode querer trocá-lo por outro (ou outros) itens de valor equivalente.

Ao colocar todas as dicas em prática, lembre-se que os preços de Natal este ano estão mais elevados. Valorize sua renda e gaste com sabedoria!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tamires Silva
Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

10 corretoras de confiança para investir

Escolher uma corretora de confiança para investir não é uma tarefa fácil. O primeiro passo é verificar se a instituição é cadastrada...

Auxílio residual de R$300: governo divulga calendário

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamentos referente ao auxílio residual das parcelas de R$300. Os pagamentos serão para os...

Como conquistar a independência financeira em 5 anos?

Muitas pessoas querem conquistar a independência financeira, mas será que elas sabem, de fato, o que significa ser financeiramente independente?

SPC: como consultar CPF e nome sujo

A expressão “nome sujo” faz surgir calafrios em muitos consumidores e estar com o nome no SPC é, certamente, um dos medos de quem...

Renda Cidadã: governo anuncia programa para substituir Bolsa Família

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira, 28, o novo programa de transferência de renda: o Renda Cidadã, que vai...

IR 2020: caiu na malha fina? Saiba como regularizar a situação

Se você não teve a declaração do Imposto de Renda 2020 liberada até o último lote da restituição, é bem provável que...