Início Notícias Empreendedorismo Confira 5 ideias para ganhar dinheiro vendendo comida

Confira 5 ideias para ganhar dinheiro vendendo comida

0
Marmita com frango desfiado e alface
5
(1)

Em meio à crise financeira atingindo tantas famílias, empreender e fazer renda extra acabam sendo as únicas alternativas de muitos. E uma das maiores procuras de quem está nessa situação é: como ganhar dinheiro vendendo comida?

Apesar da inflação e dos sucessivos aumentos, o mercado de alimentação é um dos principais. Afinal, o alimento é uma das últimas coisas que a família abre mão, mesmo quando não está sobrando dinheiro.

Logo, quem vende comida tem, de certo modo, um pouco mais de garantia que o nicho nunca vai “flopar”. É diferente, por exemplo, de quem presta algum serviço não essencial ou vende produtos que são dispensáveis em época de crise. 

Porém, é lógico que é necessário levar em conta também que tipo de alimento será vendido: estamos falando de quentinhas? Lanches? Sobremesas?

São muitas as possibilidades, mas um fato não muda: vender comida pode dar muito dinheiro.

5 ideias para ganhar dinheiro vendendo comida

Tendo isso em mente, confira a seguir 5 ideias para ganhar dinheiro vendendo comida. Mas saiba que, a partir de cada tópico, você pode tirar inspiração para os mais diferentes nichos. Damos exemplos ao longo da lista!

#1. Quentinhas com público alvo específico

Talvez as quentinhas (ou marmitas) sejam uma das formas mais promissoras para ganhar dinheiro vendendo comida. Isso porque é um produto essencial, não são como lanches que as pessoas compram esporadicamente. 

Pessoas que trabalham fora, por exemplo, muitas vezes compram marmitas todos os dias ou quase todos os dias. E mesmo quem trabalha em casa recorre a elas quando não dá tempo de fazer a própria comida. 

Mas se você afunilar o público alvo, pode obter ainda mais sucesso. Ou seja, faça quentinhas voltadas para públicos ou necessidades nutricionais específicas: vegas, sem glúten, saudáveis, etc. 

Alguns exemplos: 

  • Marmita fit
  • Lowcarb
  • Vegana / vegetariana

#2. Fusão de receitas

Outra boa forma de ganhar dinheiro vendendo comida, é inovando em receitas tradicionais. Hoje em dia, é muito comum encontrar o chamado “crossover de receitas” ou “fusão de receitas” e isso costuma atrair bastante público. 

Ou seja, nada mais é do que unir duas receitas tradicionais e com boa aceitação do público e transformá-las em uma só. Um clássico exemplo é o ovo de Páscoa de coxinha – que, aliás, é uma ótima alternativa para quem não é fã de chocolate. 

O cuidado, neste caso, é dominar bem as receitas e entender como fazer combinações inusitadas, mas ao mesmo tempo saborosas. Cuidado para não criar pratos que causem muita estranheza e acabem afastando ao invés de atrair público.

  • Pizza com borda de salgado
  • Ovo de coxinha (na Páscoa)
  • Bolo bombom

#3. Pratos regionais fora do núcleo cultural

O Brasil é um país grande e com uma cultura muito diversa em todos os sentidos, inclusive na culinária. E nós podemos tirar proveito disso ao ganhar dinheiro vendendo comidas regionais, fora de seu núcleo habitual. 

Ou seja, pegar o prato típico de uma região, mas que não é encontrado com facilidade no local onde você vende. Trazer a culinária de outro estado ou cidade para o seu lugar. 

Uma vantagem desse tipo de estratégia é que, se um prato já é popular em um lugar, existem grandes chances de ter boa aceitação em outro. Se for o caso, faça adaptações para o gosto do seu público ou use a ideia acima e reformule receitas tradicionais.

Exemplos:

  • Vender Acarajé fora da Bahia
  • Chimarrão fora do Sul
  • Doces de cupuaçu fora do Pará

#4. Sobremesas especiais

Assim como as marmitas, as sobremesas fazem parte da cultura brasileira e podem ser retrabalhadas para atender um público alvo ou necessidades nutricionais específicas. Aproveite-se disso para ganhar dinheiro. 

Neste caso, vale até mesmo expandir as vendas dos doces: não apenas sobremesas, mas também encomendas para festas, eventos etc. 

Exemplos:

  • Sem leite ou glúten
  • Veganas
  • Para alérgicos

#5. Sob medida/ monte o seu

Esta é uma dica para ganhar dinheiro vendendo qualquer tipo de comida: doces, lanches, quentinhas etc. Escolha um nicho e venda pratos personalizados, conforme os gostos e preferências do cliente.

Dependendo do tipo de alimento, pode ser melhor fazer as vendas sob encomenda. Mas em alguns casos, como lanches recheados, você pode disponibilizar um cardápio de ingredientes para o cliente e montar na hora. 

Exemplos:

  • Monte seu pastel
  • Marmita sob encomenda
  • Monte sua pizza
Apps de delivery podem ser aliados para ganhar dinheiro vendendo comida

5 coisas para saber antes de ganhar dinheiro vendendo comida

Nenhum negócio sobrevive apenas de boas ideias. Então veja algumas coisas importantes para considerar antes de investir na venda de alimentos

  • Negócio ou renda extra?

Você quer ganhar dinheiro vendendo comida como uma forma de renda extra ou um negócio robusto, de longo prazo? Ter isso muito bem definido é fundamental para decidir quanto tempo e dinheiro vai investir na atividade. 

É claro que uma renda extra, eventualmente, pode crescer e se tornar algo maior. Mas, a princípio, saber isso vai ser importante até mesmo para escolher o que você vai vender.

  • Alta dos alimentos

A inflação é sempre um desafio para quem vende comida. E é particularmente desafiador lidar com as altas de preços, considerando o cenário mundial instável e os efeitos da pandemia. 

Então leve isso em consideração na hora de decidir seu nicho, tenha em mente que a margem de lucro poderá variar – já que nem sempre você conseguirá repassar os aumentos imediatamente para os clientes, sem perdê-los.

  • Público alvo

Não adianta vender marmita fit, se você nem sabe onde encontrar clientes com alimentação desse tipo. Também não adianta vender pratos caros, se a região de venda é predominantemente formada por pessoas com poder aquisitivo inferior.

Esses são exemplos, mas vale para todo tipo de alimento: estude o mercado, defina um público alvo e venda de acordo com esse perfil. Assim, terá mais chances de sucesso. 

  • Considere aplicativos de delivery

É verdade que alguns aplicativos de delivery cobram comissões consideráveis. Por isso, muitos restaurantes ficam de fora. 

Porém, vale a pena considerar usar essas plataformas pela visibilidade. Os aplicativos são como vitrines, principalmente se seu negócio está começando agora. Mesmo que saia do app depois, pode conquistar clientela por meio dele. 

Gostou do conteúdo? Então compartilhe e deixe um comentário!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui