Início Notícias Finanças Pessoais Como conquistar a independência financeira em 5 anos?

Como conquistar a independência financeira em 5 anos?

0
4
(2)

Muitas pessoas querem conquistar a independência financeira, mas será que elas sabem, de fato, o que significa ser financeiramente independente?

Para alguns, a independência expressa a liberdade de fazer o que quiser, como comprar um imóvel, por exemplo. Para outros é simplesmente conseguir pagar as contas com tranquilidade.

Seja qual for a sua visão sobre o assunto, neste texto mostraremos um passo a passo de como conseguir a independência financeira em cinco anos. Acompanhe a leitura a seguir.

Você sabe o que é independência financeira?

Em finanças pessoais, a independência financeira é quando a pessoa consegue atingir os rendimentos necessários para que não haja necessidade de um emprego formal para viver.

Ou seja, pode ser atribuído à ideia de viver de aposentadoria ou de rendimentos originários de algum investimento, como o aluguel de imóvel, por exemplo.

+ Aluguel de imóveis: veja as vantagens e desvantagens

Ou seja, independência financeira é quem tem um orçamento equilibrado e reservas necessárias para viver delas, se for o caso.

De fato, esse mundo pode parecer distante, mas saiba que é possível. E não é preciso ser milionário para ter esse planejamento.

Você pode estar, inclusive, em diferentes fases dessa independência financeira. E para melhorar isso, basta fazer as escolhas corretas com o dinheiro.

Pensando nisso, separamos uma lista com o passo a passo de como conquistar a sua independência financeira em cinco anos.

Ter organização e anotar os gastos é peça-chave para conseguir conquistar independência financeira

Passo a passo para alcançar independência financeira em 5 anos

Alcançar a independência financeira não é uma tarefa simples. Por isso, exige muita disciplina e planejamento.

A seguir, confira um passo a passo para organizar suas finanças. Vamos lá?

#1. Tenha organização

O primeiro passo para a independência financeira em cinco anos começa com uma dica simples, mas muito importante: organize as suas contas, sejam os ganhos, sejam as despesas.

Para equilibrar os dois lados e ter tudo sob controle, você pode fazer uma planilha manual de gastos: no caderninho ou Excel, por exemplo.

Porém, se você é uma pessoa que ama o digital, pode recorrer aos aplicativos digitais.

+ 7 aplicativos de controle financeiro para organizar seu dinheiro

#2. Controle o seu dinheiro e saiba para onde ele está indo

Depois de conseguir se organizar financeiramente, chegou a hora de aprender a controlar seu dinheiro. Pensando nisso, manter as finanças sempre em dia é essencial.

Se for possível, use soluções tecnológicas para otimizar esse processo, como um aplicativo de gestão de finanças pessoais, por exemplo.

#3. Aprenda a poupar

Por mais que você que você já tenha começado os passos para independência e se considere autossuficiente, se não souber poupar dinheiro a tendência é que sua vida financeira fique estagnada.

Ou seja, é mais um motivo para que você faça um planejamento sobre o seu dinheiro e saiba exatamente como está gastando.

+ Poupar, economizar e investir: entenda as diferenças

#4. Crie metas a curto e longo prazo

Agora que você já sabe como estão suas finanças, chegou a hora de definir a sua meta. Ou seja, onde você quer chegar.

Neste passo, temos algumas orientações. A primeira é que você precisa ser objetivo. Isso quer dizer que, não crie metas como “quero ficar rico”, mas pense em juntar o seu dinheiro aos poucos para conseguir uma reserva de emergência, por exemplo.

Além disso, faça metas reais. Ou seja, se você ganha R$1 mil e não tem nada guardado, não vai adiantar nada dizer que quer conquistar a independência financeira daqui a cinco meses.

#5. Faça um planejamento

Agora que você já tem controle sobre o seu dinheiro e metas estabelecidas, liste o passo a passo. Por exemplo, se você vai precisar economizar R$500, de onde você vai tirar esse dinheiro? Será do seu salário?

Se você está com pouca grana e o salário não dá conta, considere ter uma renda extra para conseguir colocar em prática.

Isso pode vir de atividades comuns, como vender comida, fazer algum artesanato etc.

Gostou do nosso conteúdo sobre independência financeira? Então continue a visita em nosso site, leia agora mesmo o texto “viver de renda: saiba por onde começar” que separamos para você.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui