Índice Nacional da Construção Civil varia 0,20% em Julho | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,7470
Euro R$ 4,3501
Bitcoin R$ 25.911,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,949
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Índice Nacional da Construção Civil varia 0,20% em Julho


São Paulo, 10/08 (Enfoque) –

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE, apresentou variação de 0,20% em julho, ficando 0,82 ponto percentual abaixo da taxa de junho (1,02%). O acumulado nos últimos doze meses foi para 6,47%, resultado inferior aos 6,99% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Em julho de 2015 o índice havia sido 0,69%. A publicação completa da pesquisa pode ser acessada aqui.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, que em junho fechou em R$ 1.007,75, subiu para R$ 1.009,76 em julho, sendo R$ 527,97 relativos aos materiais e R$ 481,79 à mão de obra.

A parcela dos materiais apresentou queda de 0,11%, enquanto havia registrado aumento em junho (0,16%). Já a parcela da mão de obra teve alta de 0,54%, embora tenha recuado 1,43 pontos percentuais em relação ao mês anterior (1,97%). De janeiro a julho deste ano os acumulados foram 2,30% (materiais) e 7,68% (mão de obra), enquanto em doze meses acumularam 3,56% (materiais) e 9,83% (mão de obra).

Região Nordeste registra maior variação mensal

O Nordeste (0,48%) ficou com a maior variação regional em julho e as demais regiões apresentaram os seguintes resultados: 0,06% (Norte), 0,06% (Sudeste), 0,19% (Sul) e 0,03% (Centro-Oeste).

Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 1.017,74 (Norte); R$ 938,97 (Nordeste); R$ 1.060,85 (Sudeste); R$ 1.034,04 (Sul) e R$ 1.000,06 (Centro-Oeste).

Maranhão registra a maior alta

Devido à pressão exercida pelo reajuste salarial do acordo coletivo, o Maranhão foi o estado que apresentou a maior variação mensal: 2,25%.

O SINAPI, criado em 1969, tem como objetivo a produção de informações de custos e índices de forma sistematizada e com abrangência nacional, visando a elaboração e avaliação de orçamentos, como também acompanhamento de custos.

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVILJulho/2016
considerando a desoneração da folha de pagamento de empresas do setor da construção civil


 

ÁREAS GEOGRÁFICAS
CUSTOS MÉDIOS
NÚMEROS ÍNDICES
VARIAÇÕES PERCENTUAIS
R$/m2
Jun/94=100
MENSAL
NO ANO
12 MESES
BRASIL
1009,76
505,49
0,20
4,81
6,47
REGIÃO NORTE
1017,74
507,05
0,06
2,25
7,13
Rondônia
1072,11
597,70
-0,15
3,86
4,88
Acre
1122,87
596,10
0,27
5,07
5,89
Amazonas
990,08
484,65
-0,27
-0,54
4,86
Roraima
1030,97
428,27
-0,57
0,51
2,92
Para
1004,55
481,43
0,23
3,25
10,00
Amapá
1001,50
486,38
0,07
1,32
6,87
Tocantins
1042,42
547,98
0,52
3,30
4,94
REGIÃO NORDESTE
938,97
507,22
0,48
5,51
6,88
Maranhão
966,74
509,27
2,25
5,95
7,73
Piauí
957,90
636,52
0,02
5,85
7,11
Ceara
949,64
548,41
0,00
6,02
7,06
Rio Grande do Norte
875,02
441,07
0,01
0,72
5,72
Paraíba
972,82
537,90
0,13
4,14
4,93
Pernambuco
910,66
486,91
0,20
6,09
7,34
Alagoas
943,12
471,28
0,34
5,82
7,34
Sergipe
904,72
480,81
0,06
4,72
5,00
Bahia
939,48
497,10
0,39
5,86
6,84
REGIÃO SUDESTE
1060,85
507,71
0,06
5,92
6,19
Minas Gerais
955,94
526,11
0,02
7,23
8,09
Espirito Santo
903,52
501,12
0,68
2,43
3,29
Rio de Janeiro
1149,52
523,89
0,02
6,29
5,35
São Paulo
1101,09
497,32
0,07
5,35
5,79
REGIÃO SUL
1034,04
494,51
0,19
3,41
6,78
Paraná
1011,38
483,70
-0,02
1,52
6,40
Santa Catarina
1116,17
604,69
0,71
5,76
7,09
Rio Grande do Sul
992,93
450,70
0,01
4,29
7,15
REGIÃO CENTRO-OESTE
1000,06
510,53
0,03
2,49
5,22
Mato Grosso do Sul
1018,29
478,79
-0,02
6,32
6,84
Mato Grosso
987,17
563,27
0,11
0,69
4,87
Goiás
981,56
518,44
-0,04
2,41
6,32
Distrito Federal
1030,64
455,23
0,05
2,46
3,21

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços.
NOTA: estes resultados são calculados mensalmente pelo IBGE através de convênio com a CAIXA – Caixa Econômica Federal.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 10/08/2016 10:02:15







Mais lidos

Aposentadoria por idade 2018: como funciona?
A aposentadoria é um dos benefícios da Previdência Social. O Regime Geral de Previdência Social ...
Saiba como travar o dólar em compras no cartão
Muitas pessoas realizam compras pela internet em dólar por conseguirem assim produtos mais baratos,...
Negócios promissores com pouco investimento 2018
Depois da grave crise econômica que o Brasil passou nos últimos anos - e que ainda se recupera, po...
5 melhores investimentos a curto prazo em 2018
Cuidar do seu dinheiro é uma tarefa fundamental e um ponto de equilíbrio para a sua vida financeir...
Dólar em alta? Saiba até onde a moeda pode chegar
O cenário é de dólar em alta. Mas afinal, até onde vai esse movimento? Segundo os especialistas,...
Salário mínimo no Japão chega a R$5.035
Muitos brasileiros estão indo morar fora do país por inúmeros motivos. Alguns deles: a violência...





Notice: Undefined variable: hidden in /var/www/finance-one/wp-content/themes/financeone_estrategia/single.php on line 46

Publicidade