Inflação e Selic devem continuar subindo, diz professor da FGV | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,2693
Bitcoin R$ 27.820,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,874
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Inflação e Selic devem continuar subindo, diz professor da FGV

O mercado elevou, pela oitava semana consecutiva, a previsão para a inflação oficial, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) passando de 5,53% para 5,64%.

“As pressões inflacionárias são decorrentes, em grande parte, de duas fontes, a primeira é a alta de preços das commodities no mercado internacional. E a outra é a pressão interna como consequência da intensificação do crescimento do mercado interno brasileiro”, afirma o professor de economia da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas, Evaldo Alves.

Segundo Alves, para combater a pressão inflacionária, uma das ferramentas utilizadas pelo Banco Central é a Selic. “As autoridades monetárias estão utilizando a Selic como o instrumento básico de combate à inflação. Esse processo está sendo acompanhado também pelas medidas de controle do déficit público já anunciado pelo governo, o que indica que a Selic continuará aumentando”.

Com relação à moeda americana, o professor acredita que “a desvalorização do dólar deverá resultar numa taxa de câmbio de R$ 1,75 no final de 2011. Contribui para este desempenho, segundo ele, a alta das importações de máquinas e equipamentos que começa a ocorrer na economia brasileira.



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
31/01/2011 16:03:53

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Foi demitido? Saiba como obter o seguro desemprego
O seguro desemprego tem sido um recurso importante para os milhares de desempregados no Brasil. Os d...
Como começar a investir com R$3 mil?
Investir com pouco dinheiro é uma questão para muitas pessoas. Parece que para fazer uma aplicaç...
Restituição do Imposto de Renda 2018: veja cronograma
Em 2018, os milhares de contribuintes tiveram até 30 de abril para declarar o Imposto de Renda. Ago...
Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado
FGTS atrasado é uma realidade para cerca de 7 milhões de brasileiros. De acordo com a Procuradoria...
Brasileiros no Japão: emissão de vistos cresce 145%
Muitos brasileiros estão buscando novas oportunidades em outros países, e o motivo desse fluxo mig...
BC aumenta oferta do swap cambial e dólar fecha em queda
Após seis altas consecutivas, o dólar fechou em queda nos últimos dias esta semana. Para o alívi...




Publicidade