Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

IPC-S cai e varia 0,49% puxado pelo grupo Transportes

Escrito por: Redação em 1 de março de 2011

O IPC-S de 28 de fevereiro de 2011 apresentou variação de 0,49%, 0,12 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o índice acumula variação 1,77% no ano e 6,02%, em 12 meses.

 

A principal contribuição para a desaceleração do índice partiu do grupo Transportes, cuja taxa passou de 1,76% para 1,16%. Nesta classe de despesa, vale destacar o comportamento do item tarifa de ônibus urbano, cuja taxa passou de 3,04% para 1,11%.

 

Também contribuíram para o recuo da taxa do IPC-S os grupos: Educação, Leitura e Recreação (1,16% para 0,44%), Alimentação (0,17% para 0,12%) e Despesas Diversas (1,51% para 1,49%). Nestes grupos, os destaques foram: cursos formais (1,14% para 0,00%), hortaliças e legumes (5,73% para 4,53%) e jogo lotérico (11,24% para 9,36%), nesta ordem.

 

Em contrapartida, registraram acréscimos em suas taxas de variação os grupos: Vestuário (-0,65% para -0,17%), Habitação (0,54% para 0,58%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,40% para 0,41%). As principais influências partiram dos itens: roupas (-1,02% para -0,42%), empregados domésticos (1,43% para 1,84%) e salão de beleza (0,30% para 0,46%), respectivamente.

 

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 07.03.2011, será divulgada no dia 10.03.2011.



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
01/03/2011 09:02:18

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

fraude
Brasil e Chile
crise
Economia da América latina
Trabalhadores da indústria temem perder empregos para robôs