Juro futuro cai com alívio do dolár um dia após o atentado na Espanha | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,4167
Bitcoin R$ 32.126,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,054
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Juro futuro cai com alívio do dolár um dia após o atentado na Espanha

SÃO PAULO  –  Os juros futuros registraram queda nesta sexta-feira tanto na faixa curta como na longa, pressionados pelo alívio do dólar num dia de diminuição de risco nos mercados globais. O movimento, contudo, deve ser lido mais como um ajuste às fortes altas da véspera, ocorridas na esteira da piora das praças financeiras globais em meio a incertezas sobre o governo americano e a tensões ligadas a terrorismo.

A semana foi marcada por volatilidade, gerada por aumento de dúvidas sobre a capacidade do governo de avançar com a agenda de reformas e um ambiente externo mais arisco. No acumulado semanal, porém, os DIs ainda mostraram queda moderada.

Na próxima semana, as atenções do mercado vão seguir voltadas para o andamento de medidas de suporte às contas públicas. Após rumores nos últimos dias de que teria sido abandonada pelo governo, a TLP deverá ter seu parecer votado na terça-feira, dia 22. O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou nesta semana que a intenção é levar, no mesmo dia, o texto para o plenário da Câmara. Isso permitiria que a matéria fosse votada no Senado até dia 30, antes, portanto, da data de 6 de setembro, quando a medida provisória que instituiu a TLP perde a validade.

Os dias à frente reservam ainda o IPCA-15 de agosto. O UBS estima alta de 0,39%, ante -0,18% em julho. Apesar do aumento, a taxa em 12 meses deve atingir 2,72%, a mais baixa desde março de 1999.

Ao fim do pregão regular desta sexta-feira, o DI janeiro/2018 caía a 8,060% (8,125% no ajuste anterior). O DI janeiro/2019 cedia a 8,040% (8,120% no último ajuste).

O DI janeiro/2021 recuava a 9,410% (9,520% no ajuste de ontem). E o DI janeiro/2023 tinha queda para 10,000% (10,140% no ajuste anterior).

Fonte: Valor Econômico







Mais lidos

FGTS inativo: quem tem direito e como sacar
Todo trabalhador brasileiro com contrato formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, a ...
Férias de julho no Brasil: para onde ir?
O meio do ano está chegando e é hora de decidir onde passar as férias em família. Mesmo com algu...
Como limpar seu nome no SPC e Serasa
Seu nome está no SPC e Serasa? Muitos brasileiros estão nessa situação. Em fevereiro, 61,7 milh...
Escolas de negócios: Brasil tem 3 das melhores do mundo
Três das melhores escolas de negócios do mundo em 2018 estão no Brasil. São elas: a Fundação ...
Como vender plano de saúde e ganhar dinheiro
Ganhar uma renda extra é o que muitos brasileiros têm buscado para superar a crise que o país vem...
Treasuries americanos: os títulos “mais seguros do mundo”
Muito conhecido no Brasil, o Tesouro Direto - Programa do Tesouro Nacional desenvolvido com a BM&...




Publicidade