Início Notícias Investimentos LCI e LCA: saiba o que são e como investir

LCI e LCA: saiba o que são e como investir

0
Calculadora em cima de gráficos
0
(0)

O LCI e LCA são duas opções de investimentos de renda fixa populares. Isso porque essas duas aplicações são livres de taxas e tributos, o que chama a atenção dos investidores que gostam de realizar aplicações em renda fixa.

Apesar de serem investimentos populares, muitas pessoas ainda não sabem os significados das siglas LCI e LCA ou até mesmo confundem por serem parecidas. Então, o que é LCI e LCA?

LCI e LCA são, respectivamente, Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio. Ambas são títulos emitidos por bancos onde o dinheiro aplicado é utilizado para financiar as atividades tanto do setor imobiliário quanto do agronegócio.

E como em todo o investimento, esses dois também funcionam como um empréstimo para as instituições financeiras. Com isso, o investidor recebe o pagamento do que emprestou mais os juros, estabelecidos no momento da compra do título.

Vale ressaltar que a data de vencimento também é determinada quando o título é comprado.

Descubra a diferença entre LCI e LCA

É muito comum as pessoas não saberem a diferença entre LCI e LCA e, com isso, acabarem confundido ambas as aplicações. Por isso, saber as diferenças entre essas duas aplicações é fundamental.

Para quem ainda tem dúvidas, a grande diferença entre LCI e LCA é o setor que cada uma delas financia. Também existe uma distinção no prazo de aplicação, a rentabilidade e o investimento inicial.

E são esses fatores que diferenciam os investimentos que devem ser levados em consideração na hora de escolher entre uma e outra aplicação. É importante lembrar que isso vale para todos os tipos de investimentos e não só as Letras de Câmbio.

LCA e LCI são títulos que valem a pena, de acordo com o seu perfil e modo de investir

Além disso, é característica desses dois investimentos a baixa liquidez. Mas o que isso significa? Que quem investe pode acabar demorando um pouco mais para conseguir resgatar o valor desejado.

Mas é claro que isso pode variar de acordo com a instituição financeira que emitiu o título para você. Porém, em muitos casos o valor só é resgatado na data de vencimento, o que acaba fazendo com que os bancos ofereçam um resgate total ou parcial depois de 90 dias do investimento.

Outra informação importante que você precisa saber é que quanto maior é o seu prazo de vencimento, maior será a sua rentabilidade. Porém, menor será a liquidez já que você optou em demorar um pouco mais para resgatar o dinheiro.

Como investir em LCI e LCA?

Agora que você já conhece um pouco sobre cada um e já conhece a diferença, que tal entender como funciona o processo de investimento? Primeiro, você precisa entender que bancos e corretoras de investimentos oferecem LCI e LCA.

E para quem deseja investir em um dos títulos é bem simples. Tudo o que você precisa é ser cliente ou ter uma conta em alguma instituição que ofereça, além de ter saldo disponível para tal e aplicar. 

+ Conheça as mudanças que aconteceram na LCA

Mas é importante estar atento a um detalhe, que o banco Nubank explica:

“Nem todas as instituições oferecem esses títulos, já que financiam setores específicos da economia, então, antes de tudo, é bom pesquisar. E, claro: prestar atenção à data de vencimento e todas as características do título antes de de fato aplicar”, conta a fintech.

Investir em LCI e LCA, vale a pena?

Você conheceu, viu a diferença e como funciona investir nesses títulos. Mas, agora, fica uma pergunta no ar: será que vale mesmo a pena esse investimento? Essa resposta vai depender de alguns fatores.

Por exemplo, quais são os seus objetivos financeiros e qual o seu perfil de investidor. No entanto, basta você entender e compreender que LCI e LCA são investimentos seguros de renda fixa.

+ Conheça os passos para montar uma carteira de fundos de investimentos

Mas, todavia, apresentam uma boa rentabilidade e oferecem, também, praticamente nenhuma liquidez. Dessa forma, se você quiser ou acabar precisando resgatar o seu dinheiro antes do vencimento, vai perder os rendimentos.

“Por isso, não são os mais indicados para quem ainda não possui uma reserva de emergência, onde o dinheiro deve estar sempre disponível para resgate. Ela é interessante para quem possui objetivos de médio a longo prazo, alinhados com o prazo de vencimento dos títulos”, revela o Nubank.

É importante mencionar sempre que a escolha e aplicação sempre vai depender da avaliação que você faz de sua vida financeira e do quanto eles se encaixam com ela. Somente você vai conseguir perceber e analisar as melhores condições.

E aí, esse conteúdo te ajudou? Continue navegando no FinanceOne e leia mais sobre o assunto, por exemplo, quais são as vantagens e desvantagens de LCI e LCA.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui