Início Notícias Finanças Pessoais Limite + na conta BTG: saiba o que é e como funciona

Limite + na conta BTG: saiba o que é e como funciona

0
fachada do banco BTG+
0
(0)

Quem é cliente do banco BTG já deve ter se deparado em algum momento com o limite+ na conta BTG. Mas apesar de essa não ser uma novidade da instituição financeira, muitos ainda não sabem o que significa esse limite na conta.

E até mesmo quem ainda não é cliente e venha a se tornar pode ganhar o limite+ na conta BTG. Mas afinal, o que ela é e será que realmente beneficia você?

Para quem não sabe, esse limite+ que aparece na sua conta tem como finalidade ser um crédito para que os clientes possam usar. Sendo assim, é aquele dinheiro extra para quando acontecer um imprevisto ou uma emergência.

O que é o limite+ na conta BTG?

Você já sabe que o limite+ na conta BTG é um serviço oferecido pelo próprio banco com o objetivo de possibilitar uma solução em casos de emergências financeiras. Mas na prática, esse serviço nada mais é do que o famoso cheque especial.

E ele pode ser usado no momento em que o cliente tiver passando por alguma dificuldade financeira. Isso porque ele fica disponível na sua conta, pronto para ser sacado ou usado por meio do cartão de débito.

+ Saiba como calcular os juros do cheque especial

Dessa forma, não é necessário solicitar ao banco um empréstimo para resolver a sua emergência e ter que ficar esperando pela aprovação e o dinheiro ser debitado na conta.

Como o próprio BTG+ explica, esse serviço é um limite a mais que o cliente tem, além do saldo da conta. Também de acordo com o banco, essa é uma forma de  demonstrar que ele trata seus clientes com transparência, responsabilidade e respeito.

Qual é a taxa ao usar o limite+ na conta BTG?

Você já sabe que o limite+ na conta BTG é o cheque especial, que funciona como um empréstimo. Sendo assim, ao utilizar ele o banco cobra uma taxa que deve estar no contrato quando você adquire o serviço.

O do limite+ é de 8% ao mês, o que pode ser considerado um valor alto. Por isso, é sempre bom lembrar que o cheque especial só deve ser utilizado em último caso, já que a taxa é uma das mais altas do mercado.  

O limite+ da conta BTG+ é o famoso cheque especial

Como funciona o Limite+?

A funcionalidade do Limite+ do banco BTG é muito simples na prática e, de fato, bem parecida com o cheque especial. 

Vamos supor que você teve um imprevisto e precisa quitar uma conta no valor de R$1.500, mas só tem R$700 na conta. É possível?

Sim! Você consegue pagar essa conta com o Limite+ pré aprovado.

Dessa forma, você usará os R$700 que tem na conta e mais os R$800 que não tinha, mas utilizou por meio do Limite+.

Este valor, segundo o banco, terá acréscimo de juros referente ao período utilizado. E, assim que entrar um valor na sua conta e for possível quitar o Limite+ utilizado, os juros deixarão de ser cobrados.

Vale a pena utilizar o Limite+?

Usar o limite+ é vantajoso quando você tem um imprevisto inadiável e não pode esperar para resolver aquela situação. Além disso, se você já tiver uma previsão de quando irá cair o valor na sua conta, é melhor ainda.

+ Invest+ BTG: saiba como funciona o cashback que vira investimento

Afinal, os juros são cobrados pelo período utilizado e se permanecer por muito tempo, maior será o valor dos juros.

A dica do banco para evitar os juros é planejar os gastos e ter uma reserva financeira.

E se não souber a data do próximo pagamento. O que fazer?

Se você usou o limite+, porém não sabe quando vai ter o saldo para pagar o valor e não quer deixar os juros correndo por muito tempo, há uma solução: o parcelamento do limite+

Essa é uma oportunidade que o banco dá para que os clientes consigam retomar o controle financeiro.

O banco permite que o parcelamento seja feito em até 36 parcelas, desde que o valor mínimo de cada uma seja de R$50. E no ato da contratação ele te informa quando será pago em cada mês até o fim do contrato.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com um amigo essa novidade! E continue a sua leitura aqui no FinanceOne: veja como evitar o cheque especial.

Leia também no FinanceOne:

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui