Meirelles diz que impeachment reverte expectativas de agentes econômicos | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,3018
Bitcoin R$ 28.700,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,908
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Meirelles diz que impeachment reverte expectativas de agentes econômicos


São Paulo, 02/09 (Enfoque) –

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse, em Xangai, na China, onde participou do Seminário Empresarial de Alto Nível Brasil-China que agora as expectativas dos agentes econômicos foram revertidas.

Destacou que o julgamento da ex-presidenta Dilma Rousseff pelo Senado e comandado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandovski, foi totalmente democrático.

“Esse é um processo que o país viveu. Mas a boa notícia é que as causas de tudo isso foram revertidas. O novo governo assumiu em um processo histórico no Brasil, totalmente democrático, presidido pela Suprema Corte [Supremo Tribunal Federal], dentro das normas constitucionais, em julgamento amplamente divulgado”. Segundo ele, o resultado fez com que a confiança dos agentes econômicos e dos consumidores voltasse.

Crescimento de 2,5% em 2018

Nas previsões de Meirelles, a economia brasileira deve crescer 2,5% em 2018, com tendência de avançar ainda mais. Ele disse também que o governo trabalha em reformas estruturais para que o Produto Interno Bruto (PIB) do país, soma de todas as riquezas, volte a crescer a taxas anuais de 4% ao ano como já registrou no passado.

“O fato de estarmos crescendo numa recuperação de 1,6% ano que vem e 2,5% no ano seguinte não quer dizer que vai passar por aí. A tendência histórica do potencial do Brasil é ter taxas substancialmente maiores. E vamos trabalhar para fazer as reformas fundamentais para que o Brasil volte a ter taxas de crescimento ao redor de 4% ao ano, em média, como já teve no passado”, disse ele.

Para o ministro da Fazenda, o objetivo do atual governo é manter no Brasil um ambiente macroeconômico estável e reduzir o tamanho do Estado, priorizando o aumento da eficiência com concessões na área de infraestrutura e privatizações.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 02/09/2016 13:39:45







Mais lidos

Franquia Havaianas: quanto custa e como abrir a sua
Quem quer se tornar um franqueado tem diversas opções, dos mais variados segmentos. Nesse setor, a...
Profissões do mercado financeiro que mais pagam
O mercado financeiro atrai cada vez mais profissionais de outras áreas. Com formação em cursos c...
7 filmes sobre Bitcoin que você deve assistir
Entender sobre criptomoedas, um dos investimentos da moda, é o que muita gente vem buscando. Afinal...
5 dicas para construir uma casa com pouco dinheiro
Quem nunca sonhou em construir uma casa do seu jeito? Muitas pessoas ficam idealizando como fazer a ...
Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco...
Road trip: dicas para planejar a sua viagem
Fazer uma road trip pelo Brasil pode ser uma boa com a alta do dólar e do euro. Esse tipo de viagem...




Publicidade