Ministro prevê que tecnologia 4G será mais cara, mas vai baratear serviços atuais | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,238
Euro R$ 4,030
Bitcoin R$ 35.345,98
Bovespa 74.538,54
CDI 8,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,546
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Ministro prevê que tecnologia 4G será mais cara, mas vai baratear serviços atuais

Os preços dos serviços de tecnologia de quarta geração para a internet móvel (4G) deverão ser um pouco mais altos do que os das tecnologias oferecidas atualmente, mas não poderão ser exorbitantes. A avaliação é do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que participou hoje (27) da divulgação dos preços do leilão da faixa de frequência de 2,5 giga-hertz (GHz), que será destinada à tecnologia 4G.
“Não pode ser muito diferente do que é hoje, senão as pessoas não vão mudar para a nova tecnologia. Se for um preço exorbitante, as pessoas vão preferir ficar. O que eu tenho lido é que o 4G vai ser um pouco mais caro e consequentemente vai baixar o 3G. A tendência é que, quem tem poder aquisitivo, vai querer migrar imediatamente para o 4G, que tem um serviço até dez vezes mais rápido”, destacou o ministro.
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) espera arrecadar pelo menos R$ 3,85 bilhões com o leilão da faixa de frequência de 2,5 giga-hertz (GHz), destinada à telefonia de quarta geração, marcado para o dia 12 de junho. Esse é o valor esperado se todos os lotes forem vendidos. No total, serão leiloados seis lotes, e o vencedor será aquele que oferecer o maior preço pela outorga de cada um deles.
Paulo Bernardo acredita que haverá uma concorrência acirrada no leilão. “Pelo interesse que as empresas têm demonstrado, pelas características do mercado brasileiro e pela forma como foi montado o leilão, não temos dúvida de que vai ter uma disputa acirrada, principalmente nos lotes nacionais, com certeza todos serão vendidos.”
O presidente da Anatel, João Rezende, também acredita na concorrência, tanto para o leilão da faixa de 2,5 GHz como para o da faixa de 450 mega-hertz (MHz), que servirá para ampliar a cobertura dos serviços de telefonia móvel e internet na área rural e que também será leiloada. “O Brasil é um mercado que tem competitividade e é o mais seguro hoje para atração de investimentos, porque as condições favorecem, inclusive com o crescimento da renda da população”.

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
27/04/2012 12:38:51

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Para que serve realidade virtual? Vale a pena investir?
Para que serve a realidade virtual? Se você pensou em jogos, está certo. Mas, não é apenas para ...
Trader: o que é e como ele ganha dinheiro
O que é trader? É um investidor do mercado financeiro. Ele busca ganhar dinheiro com operações d...
Aplicativos de gestão: um guia completo
Gerenciar uma equipe e inúmeros projetos sempre foi uma tarefa trabalhosa que poucos davam conta de...
Planejamento financeiro: 5 dicas para fazer o seu
Planejar está no topo da lista de recomendações dos especialistas para quem quer ter sucesso na v...
Captação de recursos: saiba como funciona
A captação de recursos funciona para angariar fundos para financiar ONGs, projetos inovadores e at...
Sites de crowdfunding: como financiar seu projeto
O financiamento coletivo é uma forma de captação de recursos para seus projetos. Isso acontece at...




Publicidade