Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Nacionalização de empresa espanhola pela Bolívia preocupa governo norte-americano

Escrito por: Redação em 3 de maio de 2012

(Ag. Brasil) – O governo dos Estados Unidos se disse preocupado com a decisão do presidente da Bolívia, Evo Morales, de nacionalizar a empresa energética TDE, administrada por espanhóis. A decisão foi anunciada há dois dias sob a alegação de proteção dos trabalhadores e do povo bolivianos. A reação dos Estados Unidos, principal investidor na Bolívia, ocorre depois de a Comissão Europeia ter manifestado a mesma preocupação.

“Estamos preocupados com a decisão do governo boliviano de nacionalizar a TDE, que chega pouco depois do anúncio argentino [de expropriação da petrolífera YPF]”, disse o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Mark Toner. Segundo ele, esse tipo de ação vai “contra os investidores estrangeiros”.
Ontem (2), o governo Morales informou que vai indenizar a Rede Elétrica Espanhola (REE) depois de avaliar os seus investimentos e passivos na filial TDE, cuja expropriação foi justificada por investimentos insuficientes. Em 16 anos, foram investidos US$ 81 milhões no país.
A REE, que há dez anos comprou 99,94% das ações da TDE, expressou sua vontade de chegar a uma solução “amigável” com o governo da Bolívia. No mês passado, o governo norte-americano pediu ao argentino que “normalizasse suas relações com a comunidade financeira internacional”, após o anúncio da expropriação dos 51% das ações da YPF.

Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
03/05/2012 07:47:26

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

trabalhar em Portugal
transferências do exterior
Japão
línguas mais úteis
historia do euro