Crise econômica que atinge europeus é discutida em Madri

Crise econômica que atinge europeus é discutida em Madri

(Ag. Brasil) – A crise econômica que atinge a Grécia e, em menor escala, Portugal e Espanha domina hoje (18) os debates da 6ª Cúpula União Europeia, América Latina e Caribe, em Madri, na Espanha. Só este ano a União Europeia enviou enviou 14 bilhões de euros aos gregos – correspondentes à parcela de ajuda financeira acertada com o Fundo Monetário Internacional (FMI). O objetivo é conter o avanço da crise.

Paralelamente o FMI também já repassou 5 bilhões de euros para a União Europeia (UE). A União Europeia e o FMI se comprometeram a enviar um total de 110 bilhões de euros para evitar que a grave crise financeira se amplie e contamine o restante do continente. O dinheiro chega à Grécia no mesmo dia em que o país precisa pagar 8 bilhões de euros a credores internacionais.

 

Para os latino-americanos que vivem na Europa, a crise econômica também causa consequências. A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, afirmou que onde a crise afeta a economia os imigrantes são tratados ora como adversários ora como inimigos. O discurso dela foi feito na presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros líderes latino-americanos.

 

“Alguém que a sociedade precisa isolar, quando, na verdade, todos sabemos que as imigrações se dirigem aos países que oferecem subempregos que seus próprios cidadãos não se dispõem a aceitar”, disse ela, segundo a agência oficial de notícias da Argentina, a Telam. A presidente discursou na abertura da sessão da cúpula nesta manhã.

 

A presidente concluiu seu discurso apelando para que os países europeus respeitem os imigrantes: “[Falo] em nome de todos os compatriotas latino-americanos que deixaram seus países não porque desejaram mas porque o subdesenvolvimento e a falta de oportunidades os obrigaram a buscar outros horizontes.”



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
18/05/2010 09:42:43

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







EUA: Casas iniciadas sobem 5,8% em abril e permissões despencam 11,5%

EUA: Casas iniciadas sobem 5,8% em abril e permissões despencam 11,5%

O volume de casas iniciadas em abril aumentou 5,8%, ao passo que as permissões para construção registraram forte queda no período, informou nesta terça-feira o Departamento de Comércio dos EUA.

 

Com a alta de 5,8%, 672 mil imóveis foram iniciados no mês passado, a partir de uma taxa revisada de 635.000 em março. No entanto, as licenças de construção caíram 11,5% para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 606 mil, o menor nível em seis meses.



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
18/05/2010 09:36:06

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







EUA: Índice da atividade manufatureira cai para 19,1 pontos em maio

EUA: Índice da atividade manufatureira cai para 19,1 pontos em maio

A atividade manufatureira da região de Nova York melhorou em um ritmo mais lento em maio, informou nesta segunda-feira o Banco Central de Nova York.

 

O índice Empire State Manufacturing, medido pelo ISM, desacelerou para 19,1 em maio, contra 31,9 de abril.



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
17/05/2010 09:44:23

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Brasil, Irã e Turquia fecham acordo sobre troca de urânio enriquecido

Brasil, Irã e Turquia fecham acordo sobre troca de urânio enriquecido

Os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Mahmoud Ahmadinejad, do Irã, além do primeiro-ministro da Turquia, Tayyip Erdogan, fecharam hoje (17) o acordo para que o urânio iraniano levemente enriquecido seja enviado ao território turco e, em troca, o país receba o produto enriquecido a 20%.

Pelo acordo, o urânio enriquecido a 20% será remetido no prazo de um ano. Nesse período, haverá supervisão de inspetores turcos e iranianos.

O acordo foi assinado por Lula, Ahmadinejad e Erdogan durante reuniões paralelas do G15 (grupo que reúne 18 países não alinhados) em Teerã. Para as autoridades, o acordo encerra o impasse envolvendo o programa nuclear iraniano.

Ahmadinejad, porém, quer conversar sobre os acordos e as garantias para o Irã por parte do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Segundo diplomatas que acompanham as negociações, o presidente iraniano pretende obter garantias dos países que integram o conselho – Estados Unidos, França, Inglaterra, China e Rússia.



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
17/05/2010 08:50:33

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







EUA: Estoques de negócios sobem 0,4% em março

EUA: Estoques de negócios sobem 0,4% em março

Os estoques de negócios dos Estados Unidos – que representam os negócios não concluídos no período – subiram 0,4% em março, resultado dentro do esperado pelo mercado.

 

Em fevereiro, os estoques de negócios avançaram 0,5%, puxados pela alta d e0,3% do varejo, 0,5% da indústria e 0,6% do atacado.



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
14/05/2010 11:06:26

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







EUA: Estoques de gás natural sobem em 94 bcf

EUA: Estoques de gás natural sobem em 94 bcf

Os estoques de gás natural subiram 94 bcf na semana passada, terminada no dia 07/05 após crescerem em 83 bfc no período anterior, informou nesta quinta-feira o EIA (Energy Information Administration).

De acordo com o órgão, o resultado veio abaixo do esperado, de aumento de 100 bcf.



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
13/05/2010 15:07:04

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







EUA: Preços dos importados sobem 0,9% em abril

EUA: Preços dos importados sobem 0,9% em abril

Os preços dos importados nos Estados Unidos subiram 0,9% em abril, após alta de 0,5% no mês anterior, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho do país.

No período, os preços dos combustíveis importados avançaram 2,3%, ao passo que os preços dos não combustíveis subiram 0,5%. Em março, essas taxas foram positivas em 1,7% e 0,2%.

 

Já os preços dos exportados subiram 1,2% em abril, depois de alta de 0,7%.



Fonte: Enfoque Informações
Financeiras
Ltda.


Recebido em:
13/05/2010 09:55:00

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras