Câmio – Cenário político segue ditando rumo do dólar comercial

Câmio – Cenário político segue ditando rumo do dólar comercial


São Paulo, 11/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada de ontem com desvalorização de 1,73% com a divisa seguindo o humor do mercado em meio aos desdobramentos da crise política e encerrou negociada a R$ 3,6400, o menor valor de fechamento desde o fim de agosto do ano passado.  

Para hoje, a tendência segue incerta, com uma tendência a um novo dia de perdas por conta do pedido de prisão do ex-presidente Lula por parte do Ministério Público de São Paulo e com a notícia de que a Andrade Gutierrez entregou provas de que fez pagamentos ilegais para a campanha de Dilma Rousseff. Fatos como as manifestações de domingo e a convenção do PMDB também estão na pauta.

Cenário Externo

A agenda de sexta-feira é mais uma vez fraca, com destaque apenas para o indicador de preços dos produtos importados e exportados. Com isso, o mercado agora começa a especular qual será a decisão do Fomc na reunião que se encerra na quarta-feira.

Cenário Interno

Desde o início da última semana a tendência do mercado local para o dólar comercial tem sido de perdas para a moeda americana. Com isso, a tendência da notícia do pedido de prisão do ex-presidente Lula é que seja recebida positivamente pelos investidores, puxando a moeda mais uma vez para baixo.

Swap

O Banco Central agendou para esta sexta-feira (11), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de agsl de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Ao todo, o BC já rolou US$ 3,663 bilhão, ou cerca de 36% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 11/03/2016 08:14:29







Cãmbio – BCE e cenário político podem levar dólar a uma nova queda

Cãmbio – BCE e cenário político podem levar dólar a uma nova queda


São Paulo, 10/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada de ontem com desvalorização de 1,2% com a divisa encerrando a R$ 3,7040, permanecendo assim abaixo do patamar de R$ 3,80 e se aproximando assim da casa de R$ 3,60.

Para hoje, a tendência é mais uma vez incerta, uma vez que o mercado aguarda a decisão de estímulos por parte do Banco Central Europeu em meio às notícias negativas da economia chinesa e a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra o ex-presidente Lula.

Cenário Externo

A agenda desta quinta-feira é mais uma vez fraca, com destaque apenas para os pedidos de auxílio-desemprego, o que deixa as notícias vindas do exterior com peso maior. É o caso da reunião do BCE, em que o mercado aguarda por um plano de estímulos.

Cenário Interno

O mercado local opera com um rumo absolutamente incerto e na espera da definição de um novo patamar. O cenário político local, com a expectativa dos desdobramentos de um processo de impeachment contra a presidente Dilma e as investigações contra o ex-presidente Lula, ajudam a puxar as moedas para baixo.

Swap

O Banco Central agendou para esta quarta-feira (10), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Ao todo, o BC já rolou US$ 3,195 bilhão, ou cerca de 32% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 10/03/2016 08:16:39







Câmbio – Dólar ainda deve oscilar na busca de um novo patamar

Câmbio – Dólar ainda deve oscilar na busca de um novo patamar


São Paulo, 09/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada de ontem com desvalorização de 1,0% com a divisa encerrando a R$ 3,7510, permanecendo assim abaixo do patamar de R$ 3,80 atingido na semana passada em meio aos novos passos da Operação Lava Jato.

Para hoje, a tendência tende é incerta, uma vez que o mercado ainda indica uma pressão para que a divisa permaneça em queda, mesmo com um forte volume de compra nos mercado com a moeda americana.

Cenário Externo

A agenda desta quarta-feira é mais uma vez fraca, sem indicadores de destaque, o que leva mais uma vez a atenção dos investidores para o cenário externo. Além disso, destaque para os dados dos estoques de petróleo dos Estados Unidos, que podem mexer no preço da commodity e puxar as bolsas.

Cenário Interno

O mercado local opera em compasso de espera, com os investidores atentos aos próximos passos do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e também nos dados do exterior.

Swap

O Banco Central agendou para esta quarta-feira (9), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Ao todo, o BC já rolou US$ 2,723 bilhão, ou cerca de 27% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 09/03/2016 08:33:25







Câmbio – Após semana bomba dólar abre semana em busca de novo patamar

Câmbio – Após semana bomba dólar abre semana em busca de novo patamar


São Paulo, 07/03 (Enfoque) –

A última semana foi absolutamente atípica nos negócios com o dólar comercial, em um período marcado por uma série de desdobramentos da Operação Lava Jato, que começou com a prisão do marqueteiro do PT, João Santana, teve a suposta delação premiada de Delcidio do Amaral e encerrou com a condução coercitiva do ex-presidente Lula para depor na Polícia Federal. Com isso, a divisa perdeu 5,7% em encerrou a R$ 3,7710. Para esta semana, há uma tendência de ajuste da divisa nos primeiros dias, mas o certo é que o a moeda busca um novo patamar.

A semana reserva poucos indicadores de destaque em Wall Street, com o cenário interno tendo como destaque a divulgação do IPCA de fevereiro, além da ata da última reunião do Copom. As repercussões da última reunião do Partido Comunista Chinês também estão no radar dos investidores.  

Fique de olho

7/3 – Balança Comercial – China
7/3 – Pedidos às Fábricas – Alemanha
8/3 – Produção Industrial – Alemanha
8/3 – PIB – zona do euro
8/3 – Produção Industrial – Reino Unido
8/3 – CPI e PPI – China
9/3 – Balança Comercial – Alemanha
9/3 – Produção Industrial – França
9/3 – Decisão do BCE – zona do euro
9/3 – IPCA – Brasil
9/3 – Ata do Copom – Brasil
10/3 – CPI – Alemanha
10/3 – Preços dos Importados e Exportados – EUA

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 07/03/2016 07:53:39







Câmbio – Com Lava Jato, dólar deve ter novo dia de desvalorização

Câmbio – Com Lava Jato, dólar deve ter novo dia de desvalorização


São Paulo, 04/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com forte desvalorização de 2,2% com a divisa encerrando a R$ 3,8080, atingindo assim o menor valor desde o início de dezembro em um cenário que soma um clima favorável tanto no mercado interno e externo.

Para hoje, a tendência indica é de forte alta para a divisa, uma vez que a nova etapa da Operação Lava Jato, que atinge diretamente o ex-presidente Lula e a família foi deflagrada nesta manhã.

Cenário Externo

A agenda desta sexta-feira reserva indicadores do mercado de trabalho americano, que servirá de base para que o mercado especule e estime os próximos passos do Federal Reserve em sua política monetária.

Cenário Interno

A tendência é que nesta sexta-feira o mercado interno ignore qualquer fator econômico que venha a surgir nos EUA, ou mesmo no Brasil, por conta da nova etapa da operação Lava Jato

Swap

O Banco Central agendou para esta sexta-feira (4), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Ao todo, o BC já rolou US$ 1,402 bilhão, ou cerca de 14% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 04/03/2016 08:32:51







Câmbio – Após Livro Bege e Copom, dólar pode passar por ajuste nesta quinta-feira

Câmbio – Após Livro Bege e Copom, dólar pode passar por ajuste nesta quinta-feira


São Paulo, 03/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com desvalorização de 1,3% com a divisa encerrando a R$ 3,8920, atingindo assim o menor valor de 2016 em um cenário que soma um clima favorável tanto no mercado interno e externo.

Para hoje, a tendência indica ser de ajuste na cotação da divisa, com o clima externo misto após a queda expressiva da moeda americana nos últimos dias. Os números do mercado externo nesta quinta-feira não permitem traçar um cenário claro para a divisa.  

Cenário Externo

A agenda desta quarta-feira reserva indicadores de destaque, como o de Produtividade e Custos e o de Pedidos de Bens Duráveis, além do ISM Services. Os investidores estão de olho também nos números que serão divulgados amanhã, que são os do mercado de trabalho americano.   

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, as questões políticas e a repercussão da decisão do Copom de manter os juros podem afetar o rumo dos negócios.

Swap

O Banco Central agendou para esta quarta-feira (3), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Ao todo, o BC já rolou US$ 936 milhões, ou cerca de 9% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 03/03/2016 08:26:10







Câmio – Dólar terá dia de ajuste de olho nos EUA e no Copom

Câmio – Dólar terá dia de ajuste de olho nos EUA e no Copom


São Paulo, 02/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com desvalorização de 1,4% com a divisa encerrando a R$ ,39440, voltando assim a ficar abaixo do patamar de R$ 4,00 em um cenário positivo do ponto de vista externo e também interno.

Para hoje, a tendência indica ser de ajuste na cotação da divisa, com o clima externo misto após a queda expressiva da moeda americana na véspera. Os números do mercado externo nesta quarta-feira não permitem traçar um cenário claro para a divisa.  

Cenário Externo

A agenda desta quarta-feira reserva indicadores de destaque, como o de Vagas de Trabalho do Setor Privado e o Livro Bege. São dados importantes que podem indicar quais serão os próximos passos da autoridade monetária americana. Uma melhora os dados podem levar o banco central americano a elevar os juros.  

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, os aspectos políticos e as questões envolvendo a Operação Lava Jato podem mudar os rumos dos negócios. Destaque para a reunião do Copom, que divulgará na noite de hoje a o resultado de sua reunião.

Swap

O Banco Central agendou para esta quarta-feira (2), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

Se mantiver o ritmo e vender a oferta integral até o penúltimo pregão do mês, como de praxe, o BC rolará integralmente o lote de abril, equivalente a US$ 10,092 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 02/03/2016 08:34:48







Câmbio – Cenário externo pode levar a nova desvalorização do dólar

Câmbio – Cenário externo pode levar a nova desvalorização do dólar


São Paulo, 01/03 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com valorização de 0,1% com a divisa encerrando a R$ 4,0010, voltando assim ao patamar de R$ 4,00 em um cenário incerto do ponto de vista externo, mas ainda positivo no interno.

Para hoje, a tendência indica ser de uma queda para a cotação da divisa, com o clima externo animando os investidores, com o desempenho das bolsas europeias e asiáticas indicando o dia favorável ao real.

Cenário Externo

A agenda desta terça-feira reserva poucos indicadores de destaque para a economia americana. Com isso, os dados da Europa e Ásia tem papel importante. No entanto, os investidores estão de olho nos dados do mercado de trabalho e no Livro Bege, que serão divulgados na quarta-feira.

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, os aspectos políticos e as questões envolvendo a Operação Lava Jato podem mudar os rumos dos negócios.

Swap

O Banco Central agendou para esta terça-feira (1), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 9,6 mil contratos de abril de 2016 para agosto e dezembro de 2016, além de abril de 2017.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 01/03/2016 08:25:07







Cenário Cambial – Livro Bege e Copom ditam rumos do dólar durante a semana

Cenário Cambial – Livro Bege e Copom ditam rumos do dólar durante a semana


São Paulo, 29/02 (Enfoque) –

No decorrer da última semana, o dólar comercial teve uma forte alta no início da semana, mas nos dias seguintes a divisa apresentou uma tendência de desvalorização, mas mesmo assim fechou o período com leve valorização de 0,1%, encerrando a R$ 3,9960.  

A semana reserva alguns indicadores de destaque da zona do euro, como o PMI industrial e também o composto, além de dados do mercado de trabalho, vendas do varejo e inflação ao consumidor. Na China, destaque para o PMI de Serviços, enquanto nos EUA as atenções estão voltadas para o Livro Bege.

No cenário local, os investidores estão atentos aos dados internacionais, mas a reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central será fundamental para que os mercado tenha uma noção mais clara dos próximos passos do BC.  

Fique de olho

29/2 – Vendas do Varejo – Alemanha
29/2 – CPI – Alemanha e Itália
29/2 – PMI Manufacturing – China
1/3 – PMI Manufacturing – zona do euro, França e Alemanha
1/3 – Taxa de Desemprego – zona do euro e Alemanha
2/3 – PPI – zona do euro
2/3 – Vagas de Trabalho no Setor Privado – EUA
2/3 – Livro Bege – EUA
2/3 – PMI Services – China
2/3 – Copom – Brasil
3/3 – Taxa de Desemprego – França
3/3 – PMI Composto – França, Alemanha e zona do euro
3/3 – Vendas do Varejo – zona do euro
4/3 – Vagas de Trabalho e Taxa de Desemprego – EUA

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 29/02/2016 08:04:59







Câmbio – Dia mais tranquilo no mercado externo abre espaço para nova queda do dólar

Câmbio – Dia mais tranquilo no mercado externo abre espaço para nova queda do dólar


São Paulo, 26/02 (Enfoque) –

O dólar comercial encerrou a jornada com desvalorização de 0,2% com a divisa encerrando a R$ 3,9450, permanecendo abaixo de R$ 4,00 em um cenário melhor do ponto de vista externo, mas ainda negativo e incerto no interno.

Para hoje, a tendência indica ser de uma nova queda para a cotação da divisa, com o clima externo animando os investidores, o que pode levar a divisa para uma nova desvalorização.

Cenário Externo

A agenda desta sexta-feira reserva indicadores como o do PIB do último trimestre do ano passado e também o de renda pessoal e gastos dos consumidores. A expectativa da reunião do G-20 e a cotação do petróleo também afetam os negócios.

Cenário Interno

Por aqui, mais uma vez os indicadores do mercado local têm pouco poder para afetar o desempenho do dólar e da bolsa. No entanto, os aspectos políticos e as questões envolvendo a Operação Lava Jato podem mudar os rumos dos negócios.

Swap

O Banco Central agendou para esta sexta-feira (26), uma sessão de leilão de rolagem de swap cambial. Ele está marcado para as 11h30, com duração de 10 minutos, vai ofertar aos mercados até 11.900 contratos de março de 2016 para agosto e novembro de 2016, além de janeiro de 2017.

Ao todo, a autoridade monetária já conseguiu rolar US$ 9,276 bilhões, ou cerca de 92% do lote total, que equivale a US$ 10,118 bilhões.

(por Gabriel Codas)


Fonte: Enfoque
Publicado em: 26/02/2016 08:26:26