O que é e como calcular o Custo Efetivo Total

Escrito por: Rafael Massadar em 13 de novembro de 2018

Custo Efetivo Total (CET) é o valor total que uma pessoa ou empresa paga ao contratar algum tipo de financiamento, empréstimo ou mesmo leasing (locação financeira ou arrendamento mercantil). Isso vale para as contratadas ou ofertadas a pessoas físicas, microempresas ou empresas de pequeno porte.

O Banco Central determina que as instituições financeiras informem o CET anual antes de o cliente contratar a operação. No entanto, nem sempre isso é o suficiente para que ele entenda o que está acontecendo.

Por isso, é preciso estar atento a todos os valores da transação. Isso porque muitas vezes as pequenas tarifas, em conjunto, são as principais responsáveis por encarecer a operação.

O Custo Efetivo Total deve ser expresso na forma de taxa percentual anual. Ele deve englobar todos os encargos e despesas das operações, como tarifas, tributos, seguros e outras despesas cobradas do cliente.

Em suma, o CET tem por objetivo deixar mais fácil para o consumidor a comparação entre diferentes ofertas de crédito feitas por instituições financeiras. Isso gera maior concorrência, e e forma mais transparente.

Custo Efetivo Total

Como é formado o Custo Efetivo Total

Veja algumas despesas que podem ser inseridas nas operações financeiras e nem sempre são divulgadas pela instituição, mas estão incluídas no CET:

– Taxas de juros;

– Taxas de análise de crédito;

– Tac – Tarifa de Abertura de Cadastro;

– Taxas administrativas em geral;

– Seguros em geral;

– Tarifas em geral;

– Tributos em geral IOF (Imposto sobre Operação Financeira).

Como deve ser prestada a informação sobre o CET

A planilha de cálculo do Custo Efetivo Total deve ser fornecida ao interessado previamente à contratação da operação. Caso a operação seja contratada, a planilha deve ser inserida no respectivo contrato de forma destacada.

Portanto, é muito importante que se analise atentamente essa planilha. Uma vez que nela devem estar explícitos todos os custos adicionais eventualmente embutidos na operação.

A instituição deve assegurar-se de que o tomador, na data da contratação, ficou ciente dos fluxos considerados no cálculo do CET. Além de saber que essa taxa representa as condições vigentes na data do cálculo.

O CET também deve estar presente nos informes publicitários de operações destinadas à aquisição de bens e de serviços. Isso deve ocorrer quando forem veiculadas ofertas específicas. Tais quais divulgação do valor a ser financiado, da taxa de juros cobrada e do valor das prestações.

Custos do CET

Segundo a Resolução CMN n° 3.517, de 2017, o cálculo do CET é feito pela seguinte equação:

Onde:

– FC0 é o valor do crédito dado, deduzido das despesas e tarifas pagas de modo antecipado;

– FCj significa valores cobrados, incluindo juros, amortizações, tarifa de cadastro, prêmio de seguro ou taxa de renovação de cadastro, além de qualquer outro encargo, tributo ou custo cobrado;

– J é o intervalo entre a data do pagamento das quantias periódicas e o dia do desembolso inicial, sendo definido em dias corridos;

– N é o prazo do contrato, sendo descrito em dias corridos;

– dj consiste na data do pagamento das quantias cobradas, sendo periódicos ou não (FCj);

– d0 é a data de liberação do empréstimo/crédito pela instituição financeira (FC0).

Por que saber o que é o CET?

Ao saber o Custo Efetivo Total, você poderá fazer um bom planejamento financeiro . Você terá condições de contratar uma operação de crédito com maior segurança e economia.

Contudo, é importante pesquisar bem para encontrar opções mais vantajosas de diferentes modalidades, indo além das alternativas tradicionais.

Em suma, o CET facilita sua vida. Isso porque com ele é possível descobrir, verdadeiramente, qual é a opção mais barata de empréstimo. Afinal, assim fica mais fácil comparar a taxa em várias instituições.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

serasa score
renda extra na crise
Consórcios
Casamento requer planejamento financeiro
Como funciona o Consórcio Honda