Início Notícias Investimentos Investimento em DeFi: o que é e como funciona? Vale a pena?

Investimento em DeFi: o que é e como funciona? Vale a pena?

0
Painel eletrônico escrito DeFi
5
(1)

Deseja aumentar a sua carteira de investimento? Uma opção é iniciar um investimento em DeFi, que nada mais é que a abreviação de “Decentralized Finance”, que traduzindo para o português, significa “finança descentralizada”.

Contudo, por mais simples que a tradução seja, mais complexo são seus significados e potenciais em meio ao contexto econômico ao qual estamos costumeiramente inseridos. Calma, vamos explicar o que é isso!

Da mesma forma que o bitcoin é um tipo de moeda que não é controlada por nenhum banco ou estado, o DeFi inclui processos financeiros que não tem nenhuma instituição envolvida em suas operações.

Basicamente, é um sistema referente a serviços financeiros que não giram em torno de uma autoridade central , nem tem alguém no comando.

Ele é construído sobre as tecnologias de blockchain e usa dinheiro descentralizado (criptomoedas), que pode ser programado para atividades automatizadas como transações, empréstimos e investimentos.

+ Blockchain: confira o que é e como funciona

É um sistema aberto, interconectado e sem permissão . Não existem aquelas barreiras burocráticas que os bancos impõem aos usuários. Isso torna o DeFi um sistema financeiro mais inclusivo e acessível para todos!

Um exemplo visível dessa desburocratização é a falta de necessidade das várias comprovações que são exigidas pelos bancos, como comprovante de endereço, por exemplo.

As transações são feitas de forma direta entre as pessoas interessadas, independente da região onde elas estejam.

Qual a finalidade do DeFi?

A tecnologia possibilita mandar dinheiro para qualquer lugar do mundo, efetuar pagamentos em fluxos contínuos, operar com empréstimos, entre outras ações.

Na verdade, tudo o que o sistema financeiro convencional faz hoje pode ser feito por DeFi, de forma mais econômica, sem deixar de lado a segurança.

Portanto, a agilidade e a democratização do sistema são suas grandes vantagens.

Como investir em DeFi?

Investidores que pretendem começar a operar no universo das finanças descentralizadas, é muito importante se certificar de não estar investindo em um protocolo fantasma.

Ou seja, quando uma pessoa deposita em uma carteira e a outra desaparece com os tokens.

Dito isso, no momento há duas opções disponíveis para quem deseja investir nos projetos: por meio das corretoras de criptomoedas e dos fundos de investimentos.

+ Saiba o que é a inovação no uso do blockchain, além da criptomoeda

Vale ressaltar que é importante procurar por corretoras especializadas. Elas devem ser associadas à Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto). Entre as que disponibilizam o criptoativo em suas plataformas estão:

  • Mercado Bitcoin;
  • Nova Dax;
  • Foxbit.

Entre outras mais conhecidas e seguras são: Binance, Aave, Maker, Curve, Rede Celsius, Crypto.com, Uniswap, YouHodler, BlockFi e Hodlnaut.

O mercado DeFi é um dos lugares mais lucrativos para se investir, mas o espaço pode ser opressor para iniciantes

Alguns dos projetos existentes?

O valor de mercado dos tokens de DeFi superam o valor de U$60 bilhões e podem ser comprados através de exchanges (corretoras de criptos).

Ou seja, para quem almeja investir em DeFi, é um segmento com grande potencial de ganhos. Confira os 5 principais projetos de tokens DeFi para ficar de olho em 2022:

Uniswap

Uniswap é uma exchange descentralizada para troca de criptomoedas, provendo maior liquidez para outros protocolos de DeFi, por meio do seu sistema de troca.

Ela alavanca vários criptoativos, incluindo a UNI, sua criptomoeda nativa, para fornecer um serviço semelhante a uma bolsa tradicional.

Aave (AAVE)

Aave é um protocolo descentralizado que permite às pessoas emprestar e tomar emprestado criptomoedas. Credores ganham juros sobre as moedas digitais, sem intermediários.

Esse sistema provê liquidez ao mercado e dá oportunidades de quem precisa de dinheiro ou quer um rendimento maior ao emprestar.

PancakeSwap (CAKE)

PancakeSwap é outro protocolo financeiro descentralizado emergente. Este projeto DeFi foi apresentado há apenas um ano, com base na Binance Smart Chain como um criador de mercado de criptografia automatizado.

Como Aave, PancakeSwap é um provedor de liquidez de negociação.

Filecoin

Filecoin é um sistema de armazenamento digital em nuvem, de forma descentralizada. Ao contrário dos concorrentes de armazenamento em nuvem.

Tais como Google Drive ou Dropbox, Filecoin não utiliza um servidor centralizado para gerir a informação no seu sistema e sim os dados são armazenados na rede Blockchain.

Portanto, fornece incentivos financeiros para os utilizadores que fornecem espaço nos seus próprios computadores.

Fantom (FTM)

Ethereum foi a primeira criptomoeda a fornecer contratos inteligentes. No entanto, tem enfrentado problemas de congestionamento e altas taxas de transação desde então.

Como resultado, várias alternativas foram desenvolvidas, oferecendo processamento de transações mais rápido a um custo menor.

Uma das alternativas é a Fantom, uma plataforma de contratos inteligentes de código aberto para dApps e ativos digitais.

Essa plataforma simplifica o empréstimo, o empréstimo e a negociação de ativos sintéticos. Tudo o que você precisa fazer é acessar sua carteira digital, depositar tokens e começar a ganhar.

Fundos de investimentos

Quem deseja utilizar o DeFi através dos fundos de investimentos terá dois fundos à sua disposição: um voltado para o público em geral, o Bitcoin DeFi. E outro para o investidor qualificado, o Cripto DeFi. Eles são oferecidos pela Vitreo.

Saiba um pouco mais sobre esses ativos:

  • Bitcoin DeFi: voltado para qualquer pessoa, o investimento mínimo é de R$1 mil, com custo de administração de 0,05%, mais a taxa dos fundos investidos.
  • Cripto DeFi: este é voltado para os investidores com mais de R$1 milhão em aplicações. O fundo exige uma aplicação mínima de R$5 mil e tem custo de administração de 1,5% ao ano e taxa de performance de 20% sobre o que exceder 100 % do ICE US Treasury Short Bond Index TR +2% em reais.

    + Light DeFi: confira tudo sobre a nova criptomoeda lançada no Brasil

Quais são as vantagens de investir em DeFi?

As finanças descentralizadas oferecem aos usuários a flexibilidade de realizar transações e negócios quando e onde quiser, apenas com uma conexão à Internet.

Os benefícios mais imediatos do DeFi são transferências instantâneas ou extremamente rápidas e taxas drasticamente reduzidas.

Além disso, como há menos intermediários pegando uma fatia do bolo financeiro, os usuários recebem benefícios adicionais não vistos nas finanças tradicionais. Ou seja, investir em em DeFi pode gerar uma boa rentabilidade!

Por exemplo, os protocolos de empréstimos DeFi geralmente oferecem taxas de juros muito mais altas para depósitos, bem como taxas mais baixas e termos mais favoráveis ​​em empréstimos e linhas de crédito.

Além disso, o DeFi oferece a oportunidade de dar acesso equitativo aos serviços financeiros. Afinal, existem milhões de pessoas que não têm acesso a serviços financeiros devido ao isolamento, falta de fundos, opressão política e assim por diante.

Ademais, outro benefício do DeFi é a negociação de rendimento extremamente alto, conhecida como “agricultura de rendimento”.

Ela que permite aos investidores tomar emprestado e emprestar suas criptomoedas a taxas muito mais altas do que os bancos e investimentos tradicionais.

Você gostou deste texto e ele foi relevante para você? Então siga o FinanceOne nas redes sociais e esteja sempre atualizado sobre o mercado financeiro. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin.

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui